bolinhos toscanos de limão

bolinho limão

Essa foi mais uma das minhas investidas para gastar a tonelada de limões Meyer que eu acumulei durante o inverno. Procurei por uma receita diferente, porque acho que receitas de bolos ou bolinhos com limão geralmente seguem um certo padrão. Achei essa na revista Cooking Light e adorei que vai ricota na massa. Não sou muito inclinada a fazer esse tipo de bolinho, mas gostei muito do resultado.

1 e 3/4 xícaras de farinha de trigo
3/4 xícara de açúcar
2 e 1/2 colheres de chá de fermento em pó
1/4 colher de chá de sal
3/4 xícara de ricota
1/2 xícara de água
1/4 xícara de azeite
1 colher de sopa de casca ralada de limão [*usei o Meyer]
2 colheres de sopa de suco de limão [*usei o Meyer]
1 ovo caipira grande levemente batido
2 colheres de sopa de açúcar turbinado

Pre-aqueça o forno a 375°F/190°C. Numa vasilha misture a farinha e os próximos três ingredientes [até de sal]; faça um buraco no centro. Numa outra vasilha combine ricota e próximos 5 ingredientes [até o ovo]. Adicione a mistura de ricota na mistura de farinha, mexendo delicadamente até formar uma massa úmida.

Coloque a massa em 12 forminhas de muffin untadas com óleo ou forradas com forminhas de papel. Polvilhe cada bolinho com açúcar turbinado e leve ao forno por uns 16 minutos ou até que a massa esteja cozida no centro. Remova do forno, deixe esfriar sobre uma grade, desenforme os bolinhos e sirva.

amendoeiras em flor
almond blossoms
almond blossomsalmond blossoms
almond blossoms
almond blossomsalmond blossoms
Capay Valley, Califórnia — Fev 2015
sobremesa de laranja

sobremesa de laranja

Como é bom ganhar frutas das árvores de amigos, colegas ou vizinhos! Essa é uma das coisas que mais me deixam felizes, em qualquer época do ano. Eu e minha amiga Leila nos encontramos outro dia, fomos jantar fora e ela aproveitou pra me trazer uma sacola cheia de laranjas do quintal dela. Fiz muitas coisas gostosas com as laranjas, que era pequenas, suculentas e doces. Uma das delícias que fiz foi essa receita simplérrima que fez muito sucesso.

faz 6 porções:
8 laranjas
1/4 de colher de chá de água de flor de laranjeira
6 bolas de sorvete de baunilha
12 tâmaras sem caroço e cortadas ao meio
1/3 xícara de amêndoas torradas em lascas

Um dia antes, ou pelo menos algumas horas antes de servir, prepare as laranjas. Descasque e remova toda a parte branca de 6 laranjas e separe em gomos. Reserve o suco que sair durante o processo. Numa vasilha coloque os gomos das laranjas, o suco que saiu delas durante o processo de fazer os gomos e o suco extra de 2 laranjas. Adicione a água de flor de laranjeira. Cubra e leve à geladeira até a hora de servir. Na hora de servir divida os gomos das laranjas e o suco uniformemente entre seis cumbucas. Coloque no centro uma pequena bola de sorvete de baunilha. Distribua as tâmaras em volta do sorvete e polvilhe com as amêndoas picadas. Rale um pouco de canela por cima se quiser [eu não quis] e sirva imediatamente.

laranjas da Leilalaranjas da Leila
salada de grão de bico ao curry

garbanzo curry

Essa é uma receita para se imprimir e poder ter sempre a mão para refazer, refazer, refazer. Fica uma delícia! E assim vou gastando aquele pote de cúrcuma. *pisc!

4 colheres de chá de azeite de oliva da melhor qualidade
1 xícara de cebola picada
1/2 colher de chá de cúrcuma em pó
1/2 colher de chá de cominho em pó
1/2 colher de chá de coentro em pó
1/4 colher de chá de pimenta caiena
2 latas de grão de bico cozido, lavado e escorrido
4 colheres de chá de suco de limão
1/4colher de chá de sal
2 colheres de sopa de coentro ou salsinha fresca picada

Numa frigideira ou panela grande em fogo médio, adicione o azeite, em seguida a cebola e refogue por cerca de 6-8 minutos, mexendo periodicamente. Adicione a cúrcuma, o cominho, o coentro e pimenta caiena e continue a refogar até que as especiarias soltem um aroma, por cerca de 3 minutos. Adicione o grão de bico, o suco de limão, sal a gosto e cozinhe por mais 5 minutos para misturar os sabores. Retire do fogo e deixe esfriar. Adicione as folhas de coentro fresco e sirva.

bolo de laranja [estilo pioneiro]

bolo-laranja-pioneiro1.jpg

Fiz esse bolo para a festa de despedida de um colega que saiu da nossa divisão para juntar-se ao time de ergometria do Google. As laranjas que usei eu tinha ganhado de uma outra colega. Não usei o estilo pioneiro para bater a massa e a cobertura. Fui no estilo século 21 mesmo, usando uma moderna batedeira Kitchen Aid. Estou ficando famosa lá no meu trabalho por causa das comidas que levo nas festas e confraternizações. Todo mundo que prova, adora. Esse bolo seguiu a regra. As pessoas me perguntavam—qual é prato que você trouxe? Depois veio um festival de confetes, todo mundo elogiando o bolo, que segundo a maioria foi o mais gostoso da festa!

para o bolo:
1/2 xícara [113gr] de manteiga sem sal em temperatura ambiente
3/4 xícara de açúcar
2 colheres de chá de raspas de laranja
2 ovos caipiras
1/2 xícara de sour cream
1/4 xícara de suco de laranja
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/4 colher de chá de sal

Preaqueça o forno a 350ºF/176ºC. Unte uma assadeira redonda de 20cm com manteiga. Bata a manteiga, o açúcar e raspas de laranja até ficar cremoso. Adicione os ovos um de cada vez e em seguida o suco de laranja e o sour cream seguido pelos ingredientes secos, misturando até ficar bem combinado. Despeje a mistura na forma preparada e asse por 30-35 minutos. Deixe esfriar na forma por 10 minutos, depois inverta num prato ou travessa. Deixe esfriar completamente e cubra com a cobertura de laranja. Sirva em temperatura ambiente.

para a cobertura
1 pacote de 8oz/225gr de cream cheese em temperatura ambiente
4 colheres de sopa de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 xícara de açúcar de confeiteiro
1 colher de sopa de suco de laranja fresco
1 colher de chá de baunilha
1/3 xícara de sour cream
Raspas da casca de 1 laranja

Bata o cream cheese e manteiga. Adicione o açúcar, o suco de laranja e baunilha, em seguida, o sour cream e as raspas de laranja. Cubra e leve à geladeira até ficar firme o suficiente para espalhar sobre o bolo, por uns 10 minutos. Cubra o bolo.

bolo-laranja-pioneiro2.jpgbolo-laranja-pioneiro2.jpg
abóbora assada com gergelim & pasta de pimenta fermentada

abobora-gergelim

Esse é uma delicia de acompanhamento, receita da revista Bon Appétit. Já fiz várias vezes, pra comer com carne ou num prato de cereais cozidos e verduras. Essa pimenta coreana é muito versátil, aqui encontra-se em qualquer supermercado, na seção de produtos asiáticos.

2 colheres de sopa de sementes de gergelim
2 colheres de sopa de óleo vegetal
1 colher de sopa gochujang [pasta de pimenta fermentada coreana]
2 colheres de chá de molho de soja
1 abóbora [butternut squash] de tamanho médio, descascada e cortada em fatias
Cebolinha verde picadinha
Sal marinho [tipo Maldon]

Pré-aqueça o forno a 425°F/220°C. Misture as sementes de gergelim, o óleo, a pasta gochujang e molho de soja em uma tigela grande. Adicione as fatias de abóbora e misture bem. Espalhe as fatias numa assadeira grande, numa única camada. Asse por 25a 30 minutos virando as fatias no meio tempo. Coloque numa travessa, salpique com cebolinha picada e sal. Sirva.

torta pudim de maçã

Torta pudim de maçã

No dia do super bowl, o final do campeonato de futebol norte-americano, chegou um e-mail do Food 52 dizendo—fique em casa neste domingo e cozinhe muito. A primeira foto na mensagem era a dessa receita. Que coisa mais linda! Então naquele domingo, enquanto o meu marido assistia ao interminável jogo trancado na sala de televisão para não ser incomodado pelos gatos, eu preparei essa torta-pudim deliciosa. Ela é praticamente uma massa de maçãs. Muito melhor que bolo, muito melhor que torta na minha opinião. Antes de servir o pudim acompanhado por xícaras de chá Earl Grey com leite, tirei essa foto horrorosa, que no final tornou-se o único registro da curta existência dessa receita fenomenal.

3 maçãs orgânicas médias
1/2 xícara de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
2 ovos caipiras
1/3 xícara de açúcar
1 pitada de sal marinho fino
2 colheres de chá de extrato de baunilha
6 colheres de sopa de leite integral
2 colheres de sopa de manteiga sem sal derretida e esfriada, mas ainda líquida
Açúcar de confeiteiro para decorar

Aqueça o forno a 400°F/205°C. Unte uma forma quadrada com manteiga e forre o fundo com papel vegetal. Descasque as maçãs. Se você tiver um mandoline corte as maçãs em fatias finas. As fatias devem ser finas, mas não transparente. Se você não tiver um mandoline corte o mais fino que puder com uma faca afiada [com cuidado!]. Em uma tigela misture a farinha e o fermento em pó. Em outra tigela maior, misture os ovos, açúcar e o sal e bata com um batedor de arame por alguns minutos, ou até que se o açúcar se dissolva. Em seguida misture a baunilha e depois o leite e a manteiga derretida. Adicione a farinha e misture até ficar uma massa homogênea. Com uma espátula misture delicadamente nas maçãs na massa, até todas as fatias ficarem revestidas. Coloque a massa na forma untada e alise o topo com uma espátula. Asse o bolo por 40 a 50 minutos ou até ele ficar dourado. Remover do forno, deixar esfriar, remover da forma, polvilhar com açúcar de confeiteiro, cortar em quadrados e servir.

quinoa com pistaches & salsinha

quinoa-tumeric

Tirei essa receita da revista Bon Appétit de janeiro/2015. Substituí os pinoles pedido nos ingredientes originais por pistaches, que era o que eu tinha. Ficou um prato muito saboroso e foi uma oportunidade de gastar o pacotão de cúrcuma que comprei sem querer comprar naquela minha visita à lojinha de produtos indianos.

2 colheres de sopa de azeite
1 cebola picadinha
Sal kosher a gosto
3/4 colher de chá de cúrcuma
1 pitada de pimenta vermelha em flocos, de preferência Marach ou Aleppo
1 e 1/4 de xícaras de quinoa vermelha lavada [*usei uma mista]
1/2 xícara de salsinha picada
1/4 xícara de pistaches

Aqueça o azeite em uma panela média em fogo médio-alto. Adicione a cebola e tempere com sal. Cozinhe, mexendo sempre, até a cebola ficar macia e perfumada mas nãodourar, cerca de 4 minutos. Reduza o fogo para médio e misture a curcuma e a pimenta vermelha. Cozinhe até ficar perfumado, cerca de 30 segundos. Adicione 1 e 1/2 xícaras de água e leve para ferver. Misture quinoa, abaixe o fogo. Tampe e cozinhe até a quinoa ficar bem macia e a água ser totalmente absorvida, de 12 a 15 minutos. Retire do fogo. Deixe descansar tampado por 10 minutos. Misture a salsa e os pistaches, regue com azeite e sirva.

smoothie verde [com matcha]

supergreenjuice

Não sou uma pessoa de fazer grandes sucos. Gosto de comer muitas frutas e de beber água e vinho. Mas de vez em quando algo assim liquido chama a minha atenção e geralmente é por causa de um ou de uma combinação interessante de ingredientes. Por isso me aventurei nessa bebida vitaminada, que é bem gostosa. Pode adoçar ou não. Eu fiz das duas maneiras. Também fiz sem e com o abacaxi. De todas as maneiras fica muito bom, pois o sabor predominante é o do matcha. E eu estou num momento de extrema simpatia com esse chá.

faz dois copos
1 banana congelada
1 xícara de pedaços de abacaxi congelados
1 xícara de folhas verdes [salsinha, espinafre, couve]
1 xícara de leite de amêndoas sem açúcar
2 colheres de sopa de manteiga de amêndoas
1 colher de chá de néctar de agave [opcional]
1 colher de chá de matcha—chá verde em pó
1/2 colher de chá de gengibre fresco ralado bem fino

No liquidificador coloque todos os ingrediente e bata bem até virar um creme nem muito denso, nem muito aguado. Sirva.

Roux

tofu frito & bok choy

tofu-bokchoy.jpg

Tudo começou com um bloco de tofu e alguns bok choys orgânicos acumulados na geladeira. Dai eu vi essa receita no livro New Complete Vegetarian da Rose Elliot e fiquei toda animada e serelepe. Até ver que eu precisava de um vinagre de ameixa umeboshi para fazer a marinada. Olha, ninguém precisa fazer o que eu fiz—rodar todos os supermercados da cidade e atormentar os funcionários querendo saber se ali vendia o vinagre de ume plum. Tenho certeza que dá pra usar um vinagre qualquer. Mas eu não desisti até achar o tal vinagre, quando finalmente entrei no lugar certo—a lojinha de produtos asiáticos de Davis. Fiz esse prato pra um almoço de um domingo e preciso destacar o ri-fi-fi que foi na hora de fritar o tofu. Não sei o que fiz, se o fogo alto estava mesmo muito alto, porque a frigideira ficou em chamas umas três vezes, a casa se esfumaçou de uma maneira absurda e o exaustor em cima do fogão ficou todo preto. O Uriel depois me ajudou na limpeza e levou um tempão removendo o pretão do exaustor. No final ele pediu—vamos dar um tempo fazendo receitas asiáticas, por favor? Mas essa comida ficou tão, tão, tão, mas tão deliciosa. Não sei se foi também culpa do fogaréu, que deu um toque defumado ao tofu, mas essa marinada é de lamber os beiços!

1 bloco de 350 gr de tofu firme [*usei o sprouted]
2 ou 3 bok choys pequenos cortados ao meio
Sementes de gergelim para decorar
para a marinada:
2 colheres de sopa de vinagre de ameixa umeboshi
[*pode substituir por vinagre de vinho branco com um pouco de sal]
2 colheres de sopa de azeite de oliva
2 colheres de sopa de molho de soja [shoyo]
2 colheres de chá de gengibre fresco ralado
2 dentes de alho espremidos
2 colheres de sopa de molho de pimenta doce [*usei a gochujang coreana e adicionei um pouquinho de açúcar]

Escorra e seque bem o tofu. Corte o bloco ao meio e depois em fatias. Misture todos os ingredientes da marinada numa vasilha larga e rasa onde se possa colocar todos os pedaços de tofu numa única camada. Deixe o tofu marinando por uns 30 minutos. Aqueca uma frigideira em fogo alto e adicione as fatias de tofu, fritando por 2 a 3 minutos de cada lado. Transfira os tofus fritos para uma travessa. Coloque uma panela grande com água e deixe ferver. Mergulhe os bok choy na água fervente, cubra com uma tampa e deixe cozinhar por uns 4 minutos. Remova as verduras da água e escorra bem. Coloque na travessa com o tofu e regue tudo com a marinada. Polvilhe com sementes de gergelim e sirva imediatamente. Eu adicionei uns mini gyozas de camarão que comprei congelado na lojinha asiática. Preparei eles no vapor e adicionei ao prato.

panna cotta de limão meyer
[outra versão]

panna cotta de limão

Umas amigas vieram jantar comigo numa noite durante a semana. Eu preparei uma receita de macarrão feito em casa com molho pesto de salsinha. Elas trouxeram sopa, saladas, pão feito em casa. Como eu tinha muitos limões dando sopa, resolvi fazer uma sobremesa. Já tinha feito uma panna cotta de limão meyer antes, mas quando achei essa receita pensei que ela era muito perfeita para ser ignorada. Panna cottas são deliciosas e super fáceis de fazer. Essa rendeu 8 porções, usei tacinhas de formatos diferentes, só pra deixar a coisa divertida. Todo mundo adorou a sobremesa, mas ninguém comentou minha inventividade com os potinhos—fuén!

1 envelope [7gr] de gelatina em pó sem sabor
1 xícara + 2 colheres de sopa de açúcar
1 xícara de creme de leite fresco
1 xícara de suco de limão Meyer
2 colheres de sopa de raspas de casca de limão Meyer
1 copo de iogurte grego desnatado

Numa vasilha pequena polvilhe o gelatina sobre 1/2 xícara de água fria e deixe amolecer por 5 minutos. Misture o açúcar e 1/2 xícara de água em uma panela. Deixe ferver e mexa até o açúcar dissolver. Desligue o fogo e adicione na mistura de gelatina, mexendo até que se ela se dissolva completamente. Adicione o creme de leite, suco e as raspas de limão. Deixe esfriar um pouco. Coloque o iogurte em uma tigela e bata para deixá-lo cremoso. Adicione a mistura de gelatina ao iogurte pouco a pouco, mexendo com delicadeza. Despeje a mistura em copinhos. Leve para gelar por pelo menos 6 horas ou de um dia para o outro.

panna cotta de limãopanna cotta de limão
molho para salada
com limões inteiros & aliche

molho de limão e aliche

Estava procurando por um molho de salada caesar quando encontrei essa receita e parei tudo! Achei a maravilha das maravilhas usar o limão inteiro e não só o suco e as raspinhas. Fiz e usei para temperar uma salada simplésima de acelga cortada bem fininha e salsinha picadinha. Ficou uma delicia. Quero refazer com outras folhas verdes ou outra mistura de verdura e legumes. Remover as membranas do limão é um trabalhinho extra, mas como vale a pena. Esse molho fica simplesmente sensacional!

2 limões [*usei o Meyer]
4 filés de aliche embalados em óleo, escorridos e bem picadinhos
1/2 xícara de azeite de oliva
1/4 colher de chá de pimenta vermelha em flocos
Sal Kosher a gosto

Remover toda a casca e parte branca dos limões [eu ralei a casca antes, para aproveitar as raspinhas]. Corte os limões em gomos e remova toda a membrana, deixando somente a polpa. Numa tigela misture a polpa dos limões com os filés de aliche picadinhos, o azeite e a pimenta vermelha. Tempere com sal a gosto e sirva.

bolo [simples] de limão

bolo simples de limão

O que fazer quando se ganha uma quantidade razoável de limões meyer? Sai procurando por MAIS UMA receita de bolo de limão. E a Martha Stewart tem todas, incluindo essa que usa limões cozidos na massa. Eu adorei a ideia, porque pra mim, tudo que é feito com limão tem que ter um gosto acentuado de limão. Só as raspinhas não colam. Esse bolo desapareceu com uma rapidez incomparável—o Uriel comeu metade, o Gabriel comeu outra metade.

1 tablete de 113gr de manteiga em temperatura ambiente
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 limões cortado em fatias finas e sementes removidas [*usei o Meyer]
Uma pitada de sal grosso
1/4 xícara de suco de limão [*usei o Meyer]
1 e 1/2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá bicarbonato de sódio
1 xícara de açúcar
2 ovos caipiras grandes
1/2 xícara de buttermilk
1 colher de chá de extrato de baunilha
Açúcar de confeiteiro, para polvilhar

Pré-aqueça o forno a 350ºF/ 176ºC. Unte uma forma redonda regular de bolo com manteiga e polvilhe com farinha de trigo. Reserve. Em uma panela média coloque as fatias de limão e cubra com 3 xícaras de água. Adicione a pitada de sal, tampe e leve ao fogo até ferver. Diminua o fogo e cozinhe os limões na panela parcialmente coberta, até eles ficarem bem tenros, uns15 minutos. Escorra os limões em uma peneira e transfira para o processador de alimentos, juntamente com suco de limão; processe até ficar homogêneo e reserve. Em uma tigela pequena misture a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato de sódio e 1/2 colher de chá de sal. Na batedeira, bata a manteiga na velocidade média por 2 minutos. Gradualmente adicione o açúcar e continue a bater até formar um creme bem claro e liso, por cerca de 3 a 4 minutos. Adicione os ovos, um de cada vez, batendo após cada adição. Com a batedeira em velocidade baixa, gradualmente adicione a mistura de farinha em três adições, alternando com duas adições do buttermilk. Juntar a baunilha e despejar tudo na mistura de limão. Despeje a massa na forma untada e leve ao forno por 35 a 40 minutos. Remova do forno, deixe esfriar um pouco. Retire o bolo da forma e deixe esfriar completamente. Polvilhe com açúcar de confeiteiro.

bolo simples de limãobolo simples de limão