molho à putanesca cru

Com um acúmulo delirante de tomates na cozinha, busquei por algo diferente para usá-los e essa foi a receita perfeita para cozinhar com tomates um domingo tórrido de verão. A receita original pede espaguete, mas eu fiz o macarrão em casa. Acrescentei no final um pouco de um molho de manjericão que fiz para gastar um maço que já iria começar a ficar feio. Mas esse detalhe não é necessário. Estava meio assim com o fato do molho ser frio, mas ficou absolutamente delicioso!

2 tomates grandes cortados ao meio, sementes removidas
2 dentes de alho
1 colher de chá de pimenta vermelha em flocos
2 colheres de chá de sal kosher
1 e 1/2 xícaras de tomates cereja cortados ao meio
1 xícara de azeitonas Castelvetrano, sem caroço picadas
2 colheres de sopa de alcaparras drenadas
1/4 de xícara de azeite extra-virgem
350 gr de espaguete [usei meu macarrão caseiro]
1/2 xícara de salsinha picada [usei manjericão]
3 colheres de sopa de manteiga sem sal [usei manteiga vegana]

Coloque os tomates grandes no liquidificador ou processador, acrescente o alho, flocos de pimenta vermelha e 2 colheres de chá de sal. Bata bem até ficar um creme. Transfira o molho para uma tigela grande e misture com os tomates cereja, as azeitonas, alcaparras e 1/4 xícara de azeite. Reserve.

Cozinhe o espaguete em uma panela grande de água fervente com sal, mexendo ocasionalmente, até a pasta ficar al dente. Escorra a massa. Misture um pouco da manteiga no espaguete escorrido. Junte o molho. Misture bem. Decore com folhas de manjericão ou com a salsinha picada, regue com azeite. Se fizer o molho de manjericão, coloque um pouco dele por cima de tudo, e sirva.

molho de manjericão com limão preservado no sal
Um maço de manjericão fresco
Um limão preservado no sal, sementes removidas
Azeite o quanto baste

Todo inverno eu faço esses limões preservados no sal. Faço com o limão siciliano, com o rosa e com o meyer. Pra essa receita usei um meyer inteiro. Coloquei manjericão e limão no liquidificador e fui acrescentando azeite até formar um molho bem cremoso. Depois é só usar. Ficou tão bom que fiquei lambendo a espátula. hohoho!

molho à putanesca cru

molho de manjericão com limão

focaccia

Nunca tinha feito uma focaccia. Não que me lembre. Um dia decidi fazer e peguei essa receita da revista Bon Appétit. Tenho um hábito horrível de ler apenas a lista de ingredients e dar uma passada de olhos nas intruções. Me danei com essa receita quando vi que teria que esperar muitas horas [8!!] da primeira pra segunda fermentação. Então comecei esse pão num dia e terminei no outro. Mas valeu à pena, ficou uma gostosura total! A adição do alecrim e dos tomatinhos foi por minha conta.

6 e 1/4 de xícaras de farinha de trigo
2 e 1/4 colher de chá ferment de pão [levedura seca ativa—a partir de um pacote de 7gr]
1 pitada de açúcar
2 colheres de sopa de sal
5 colheres de sopa de azeite de oliva extra-virgem, dividido, e mais extra para untar a forma e depois regar
Sal marinho em flocos [Maldon]

Combine a farinha e 2 e 1/2 xícaras de água em temperatura ambiente na tigela de um batedeira equipada com o gancho de massa. Misture em velocidade baixa, raspando os lados com uma espátula conforme necessário para incorporar qualquer farinha seca, até formar uma massa desgrenhada. Retire o gancho e cubra a vasilha com plástico. Deixe- descansar enquanto prepara o fermento [você pode deixar a massa nesse estado até 2 horas].

Misture o fermento, o açúcar e 1/2 xícara de água morna com um garfo em uma tigela pequena para dissolver. Deixe descansar até que o fermento fique espumoso, cerca de 5 minutos.

Despeje a mistura de levedura na tigela da batedeira e misture em velocidade baixa até que a massa absorva toda a água adicional, por cerca de 1 minuto . Adicione o sal e continue a misturar, aumentando a velocidade para médio, até que a massa fique extremamente elástica e pegajosa [pode grudará nas laterais da tigela), cerca de 5 minutos.

Despeje 3 colheres de sopa. óleo em uma tigela grande (de preferência de vidro) e espalhe para cobrir os lados. Remova a da tiigela da batedeira massa com uma espátula grande. Coloque na tigela de vidro untada com azeite e cubra com um pano. Coloque em um local fechado e quentinho até que a massa dobre de volume, de 1 a 2 horas.

Espalhe 2 colheres de sopa de azeite sobre uma assadeira rasa e grande, dobre a massa dentro da tigela por duas vezes para esvaziar o ar e então rcoloque sobre a assadeira preparada. Usando as mãos lubrificadas com azeite, levante massa e dobre-a ao meio, em seguida, girar a assadeira em 90° e dobre a massa ao meio novamente.Cubra a massa com um pedaço de plástico e deixe descansar 10 minutos para deixar o glúten relaxar.

Com as mãos lubrificadas, estique delicadamente a massa puxando ao longo do comprimento e largura da assadeira em uma camada uniforme. Cubra novamente com o mesmo pedaço de plástico e deixe descansar por pelo menos 8 horas e até 24 horas dentro da geladeira.

Remova a assadeira da geladeira e deixe descansar em um local aquecido até que a massa fique crescida e borbulhante e quase dobre em altura, por 45 a 65 minutos . Enquanto isso, coloque a grade no centro do forno e pré-aqueça a 450°F/232°C.

Retire o plástico e regue a massa com mais azeite. Lubrifique as mãos novamente e pressione as pontas dos dedos firmemente na massa, fazendo buracos. Coloque um tomatinho em cada buraco, salpique com folhas de alecrim fresco e sale m flocos [Maldon ou sal grosso].

Asse a focaccia por 25 e 35 minutos até que a superfície fique dourada. Deixe esfriar na forma por 10 minutos. Deslize uma espátula de metal fina por baixo da focaccia para soltar da forma e transfira para uma grade. Deixe esfriar completamente antes de cortar e servir. Eu servi a minha na forma mesmo!

salada de trigo [com tomate, vagem, rabanete & alho-poró]

Essa salada é um bom exemplo de como usar muitos ingredientes num prato só. Recebi grãos de trigo [wheat berries] na minha cesta orgânica. Sempre deixo os grãos de molho de um dia para o outro, dreno a água no dia seguinte, lavo bem e cozinho na panela de pressão com umas folhinhas de louro. Depois foi só refogar um talo de alho-poró picadinho no azeite, picar uns rabanetes, uns tomatinhos e umas vagens chinesas levemente cozidas no vapor. Colocar tudo numa travessa e temperar com um vinagrete clássico—vinagre de vinho, azeite, sal & pimenta do reino moída na hora. Se quiser pode adicionar um pingo de agave ou maple no vinagrete. Mistura e serve. Essa salada guarda muito bem e continua muito boa no dia seguinte.

salada de grão de bico, lentilha & rabanete

Estamos surfando uma ondaça de calor. A primeira do verão, que nem começou ainda oficialmente. No dia que fez 41C, meu jantar foi essa salada. Eu já tinha grão de bico cozido na geladeira [que sempre deixo de molho e depois cozinho na panela de pressão antecipadamente] e só cozinhei a lentilha, coisa rápida. Daí é só misturar tudo, temperar e comer!

para a salada:
1 xícara de grão de bico cozido
1 xícara de lentilha [usei a francesa, verde] cozida al dente
2 ou 3 rabanetes fatiados finos
folhas de coentro e de hortelã inteiras
para temperar:
Suco e raspas da casca de 1 limão
Sal e pimenta do reino moída na hora
1 colher de chá de mostarda [usei uma com cognac]
Azeite

tofu grelhado [com molho de coentro e gengibre]

Receita que tirei da revista da Martha Stewart, que agora pego de graça pra ler pelo Amazon Prime. A maioria das revistas não me interessam mais, por causa da falta de interatividade na leitura no iPad ou porque quase todas as receitas levam carne. Essa se salvou. Fiz e ficou muito boa. Usei um tofu extra firme com alto teor de proteína.

2 xícaras de folhas de coentro fresco
1/4 xícara mais 1 colher de sopa de óleo vegetal
1/2 pimenta jalapeño sem sementes e picado
1 colher de chá de gengibre fresco ralado
2 colheres de sopa de suco de limão Tahiti fresco
3 cebolinhas picadas
Sal kosher e pimenta do reino moída na hora
400 gr de tofu extra-firme drenado e cortado em fatias

Em um processador de alimentos, misture o coentro, 1/4 xícara de óleo, pimenta jalapeño, gengibre, suco de limão e cebolinha. Processe bem e tempere com sal e pimenta. Coloque as fatias de tofu num refratário e cubra com o molho. Deixe marinar algumas horas ou de um dia para o outro, coberto na geladeira. Remova as fatias de tofu do molho e grelhe tofu numa frigideira própria untada com 1 colher de sopa de óleo ou faça na churrasqueira, como eu fiz. Remova da grelha e sirva com o molho numa vasilha separada.

bolo de banana [vegano] com gergelim

Uma vez por mês eu cozinho num abrigo para moradores de rua na minha cidade. A gente faz o jantar com ingredientes doados. Sempre tem toneladas de coisas e infelizmente nem tudo consegue ser usado a tempo. No último dia que fui fazer o jantar lá tinha muitas caixas cheias de bananas extremamente maduras. Servimos o que deu e eu trouxe dois pacotes pra casa. Fiz com algumas delas esse bolo de banana vegano e o resto eu congelei. Eu apenas diminuí a quantidade de açúcar da receita original e acrescentei gergelim extra na massa. Levei o bolo inteiro pra dividir com meus colegas de trabalho no dia seguinte e nunca vi nada desaparecer tão rápido. Ficou muito bom!

1 e 3/4 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
4 bananas bem maduras amassadas [cerca de 1 e 1/2 xícaras]
1/3 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de óleo de coco derretido
2 colheres de sopa de tahine
2 colheres de sopa de extrato de baunilha
1 colher de chá de vinagre de maçã
1/4 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de sementes de gergelim tostadas

Preaqueça o forno a 350°F/176°C. Unte uma forma de pão com óleo e forre o fundo com papel vegetal. Em uma tigela de tamanho médio misture a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio. Reserve. Em outra tigela misture as bananas amassadas, o açúcar mascavo, o óleo de coco derretido, o tahine, a baunilha, o vinagre e o sal e misture até incorporar bem. Misture os ingredientes secos na mistura de banana até ficar tudo totalmente combinado. Eu coloquei um pouco de sementes de gergelim na massa, umas 2 colheres de sopa. Despeje a massa na forma de pão preparada e polvilhe a superfície com sementes de gergelim. Leve ao forno e asse por 55 a 60 minutos. Remova do forno, desenforme e deixe esfriar antes de servir.

bolo de chocolate [vegano]

Fiz esse bolo duas vezes, receita do blog Love & Lemons. Não fiz a cobertura de batata doce da receita, porque quis simplificar, então usei uma de azeite e laranja que sempre faço e sempre arrasa Péris in Chammas. Receitas de bolo de chocolate vegano abundam e são sempre fáceis de fazer. Essa não é exceção. Faz um bolo pequeno, o que é bom para a minha casa, onde não tem criança e nem comemos muitos doces. Fiz a primeira versão decorada com cascas de laranja cristalizadas que eu mesma fiz no inverno. A segunda versão, onde adicionei chocolate granulado e açúcar colorido por cima, fiz pro almoço de páscoa, ou da celebração da primavera como prefiro chamar essa festividade.

3/4 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de farinha de trigo integral
1/2 xícara de cacau em pó sem açúcar
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal marinho
1/4 colher de chá de canela
1 xícara de leite de amêndoa ou outro leite vegetal
3/4 xícara xarope de bordo [maple]
1/4 xícara de azeite extra-virgem
1 colher de chá de vinagre de maçã
1 colher de chá de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno em 350°F/176°C e unte bem uma assadeira pequena. Em uma tigela grande misture as farinhas, o cacau em pó, o bicarbonato de sódio, o sal e a canela. Numa outra tigela, adicione o leite de amêndoa, o xarope de bordo, o azeite, o vinagre de maçã e a baunilha. Junte os ingredientes líquidos aos secos e misture bem. Despeje a massa na assadeira preparada e asse por 25 a 30 minutos. Remova o bolo do forno e deixe esfriar por 10 minutos. desenforme com cuidado e deixe esfriar completamente. Cubra com a cobertura, decore se quiser e sirva.

cobertura de chocolate
Raspas da casca de 1 laranja
1/4 de xícara de suco de laranja
100 gr de chocolate amargo [70 a 72%] picado
2 colheres de chá de azeite de oliva extra- virgem frutado
1/4 colher de chá de extrato de baunilha
1/8 colher de chá de sal fino

Combine as raspas, suco da laranja e chocolate em uma panela pequena. Cozinhe em fogo baixo até que o chocolate comece a derreter. Retire do fogo e mexa até que o chocolate esteja completamente derretido. Misture o azeite, a baunilha e o sal. Despeje numa tigela de vidro e deixe esfriar à temperatura ambiente durante 20 a 25 minutos. Misture algumas vezes com um batedor de arame antes de usar. Despeje sobre o bolo e alise com uma espátula.