brownies de feijão moyashi

Eu compro muitos livros de receita no Kindle, agora priorizando apenas os vegetarianos de veganos. O livro Eat Feel Fresh da Sahara Rose Ketabi eu comprei há muito tempo, quando estava namorando as ideias da ayurveda. Nunca tinha feito nenhuma receita dele, essa foi a primeira. Esses brownies de feijão moyashi ficaram preciosos! Imagino que os feijõezinhos possam ser substituídos por outro do mesmo estilo, como o azuki. Coloquei pouquíssimo açúcar, porque estamos desacostumados às coisas muito doces, as se quiser um pouco mais doce pode aumentar um pouco a quantidade do açúcar ou das tâmaras. O melhor é comer esse brownie no mesmo dia, mas as sobras que foram pra geladeira também foram devoradas.

1 e 1/2 xícaras de feijão moyashi cozido
1/2 xícara de cacau em pó sem açúcar
1/2 xícara de aveia
1 colher de sopa de açúcar ou 6-8 tâmaras Medjool sem caroço
2 colheres de sopa de óleo de coco derretido
2 colheres de chá de extrato de baunilha
1/2 colher de chá de fermento em pó
1/4 colher de chá de sal marinho
1/2 xícara de gotas de chocolate amargo sem leite

Pré-aqueça o forno a 350°F/176°C. Forre uma assadeira quadrada com papel vegetal ou manteiga.

Em um processador de alimentos coloque todos os ingredientes, exceto as gotas de chocolate. Bata até ficar homogêneo. Acrescente
Acrescente as gotas de chocolate. Leve ao forno e asse por 16-20 minutos até que uma faca saia limpa quando espetada na massa.

Retire do forno, coloque sobre o bolo ainda quente mais 2 colheres de sopa de gotas de chocolate e deixe esfriar por 15 minutos antes de retirar da forma. Corte em quadrados e sirva. As sobras devem ser guardadas na geladeira, que podem ser re-aquececidas.

bolo vegano de limão & amêndoa

Vez ou outra sinto vontade de fazer um bolo, como era meu costume no passado—o bolo do domingo à noite. Desta vez teria que ser um bolo de limão, porque catei muitos numa árvore pública, aproveitei para fazer uma marmalade de limão Meyer & gengibre, mas ainda sobraram bastante. Procurei por receitas veganas e elas são quase todas a mesma coisa. Achei essa receita mas não estava muito confiante porque ela tinha alguns erros [não diz a quantidade do maple syrup, por ex] e faltava mais explicações. Arrisquei mesmo assim. O bolo saiu bom, bem fofinho mas não é açúcarado o suficiente, nem mesmo pro meu gosto de pouco açúcar. É perfeito para ser consumido com alguma geléia. E foi o que fizemos, usando a marmalade de limão Meyer & gengibre que eu tinha preparado naquela manhã.

1 xícara de farinha de amêndoa
1 xícara de farinha de trigo integral
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1/2 xícara de água
4 colheres de sopa de azeite
3 colheres de sopa de xarope de bordo* [maple syrup]
*adicione mais, se quiser um bolo mais doce
1 colher de sopa de rum, licor de laranja ou extrato de baunilha
1 limão, suco e raspas da casca

Unte uma forma de pão com óleo. Pré-aqueça o forno a a 375F/200C. Misture os ingredientes secos e reserve. Misture os ingredientes líquidos numa outra vasilha e junte na mistura de ingredientes secos usando uma espátula. Leve ao forno e asse por 45-50 minutos. Remova do forno e deixe esfriar. Desenforme e deixe esfriar completamente antes de cortar. Esse bolo esfarela bastante, mesmo depois de frio.

bolo alemão de maçã—apfelkuchen [versão vegana]

Só vou dizer que comprei muitas maças neste outono e ainda ganhei mais um monte de um amigo com macieira ultra produtiva no quintal. Temos comido as maças puras mesmo, de sobremesa, mas deu vontade de comer um bolo. Achei essa receita e gostamos muito. como faz um bolo pequeno, não vou ter que fazer “doações”. Minha versão não ficou tão bonita como a original, ainda tenho que melhorar muito nesse quesito de fotogenidade das receitas que faço.

para o bolo:
2 maçãs de tamanho médio, descascadas, sem caroço e cortadas longitudinalmente em fatias [*fiquei com preguiça de descascar, foi com casca mesmo]
1/2 xícara de óleo vegetal
1/2 xícara de açúcar
2 colheres de sopa de farinha de linhaça + 4 colheres de sopa de água, misturadas [*ao invés da farinha, triturei as sementes de linhaça inteiras num moedor]
1/4 xícara de leite de amêndoa
1/2 colher de chá de extrato de amêndoa
1 1/4 xícaras de farinha de espelta [*se não tiver espelta, usa a integral]
2 colheres de chá de fermento em pó
1 colher de chá de gengibre em pó

para a cobertura
2 colheres de sopa de açúcar [usei o de coco]
1/2 colher de chá de canela em pó

Pré-aqueça o forno a 375F/200C. Unte levemente com óleo uma forma redonda de 20 cm e forre com papel vegetal. Reserve. Misture a farinha de linhaça e a água e deixe descansar por 5 minutos.

Em uma tigela grande misture o óleo vegetal, o açúcar, o leite de amêndoa, o extrato de amêndoa e a mistura de linhaça. Em uma tigela pequena peneire a farinha, o fermento e o gengibre em pó. Adicione os ingredientes secos aos ingredientes úmidos e misture com uma espátula apenas até combinar.

Espalhe a massa uniformemente na forma preparada e organize as fatias de maçã por cima. As minhas não ficaram muito bonitas, prometo ser mais artística quando refizer essa receita. Misture o açúcar e a canela em uma tigela pequena e polvilhe sobre o bolo, cobrindo toda a superfície.

Asse o bolo no forno pré-aquecido por aproximadamente 45-50 minutos ou até que o centro esteja cozido. Deixe o bolo repousar por 10 minutos antes de desenformar. Deixe esfriar completamente antes de servir.

bolo de chocolate com cobertura & fruta [vegano]

Eu tinha visualizado um bolo de chocolate para uma tarde de domingo. Comprei até umas framboesas de Salinas, CA. Há muitas opções veganas para bolos de chocolate, Peguei essa receita neste blog e usei para a cobertura uma receita antiga feita com azeite que eu adoro e vai bem com tudo. Ficou um bolo festivo, apesar de não haver festa. Meu filho pegou uma fatia no dia seguinte e me mandou um texto dizendo—que bolo!!

2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
1 xícara de cacau em pó
1 colher de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de sal
1/3 xícara de nibs de cacau [*opcional, eu coloquei porque tinha]

2 e 2/3 de xícaras de leite vegetal [usei de amêndoa]
2/3 xícaras de óleo vegetal
2 colheres de sopa de vinagre de maçã
1 colher de sopa de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 356°F/ 180°C. Prepare uma forma de bolo grande untando com óleo e polvilhando com cacao.

Em uma tigela grande misture todos os ingredientes secos e reserve.

Em uma tigela média misture todos os ingredientes molhados. Despeje os ingredientes molhados nos ingredientes secos e misture delicadamente até tudo se incorporar. Não misture demais. Coloque a massa na forma preparada e leve ao forno. Asse por cerca de 40-50. Remova do forno, deixe esfriar, desenforme e espere esfriar completamente antes de colocar a cobertura. Depois que colocar a cobertura, decore com framboesas frescas ou outra fruta da época ou da sua preferência.

cobertura de chocolate
Raspas da casca de 1 laranja
1/4 de xícara de suco de laranja
100 gr de chocolate amargo [70 a 72%] picado
2 colheres de chá de azeite de oliva extra- virgem frutado
1/4 colher de chá de extrato de baunilha
1/8 colher de chá de sal fino

Combine as raspas, suco da laranja e chocolate em uma panela pequena. Cozinhe em fogo baixo até que o chocolate comece a derreter. Retire do fogo e mexa até que o chocolate esteja completamente derretido. Misture o azeite, a baunilha e o sal. Despeje numa tigela de vidro e deixe esfriar à temperatura ambiente durante 20 a 25 minutos. Misture algumas vezes com um batedor de arame antes de usar. Despeje sobre o bolo e alise com uma espátula.

bolo de banana [vegano] com gergelim

Uma vez por mês eu cozinho num abrigo para moradores de rua na minha cidade. A gente faz o jantar com ingredientes doados. Sempre tem toneladas de coisas e infelizmente nem tudo consegue ser usado a tempo. No último dia que fui fazer o jantar lá tinha muitas caixas cheias de bananas extremamente maduras. Servimos o que deu e eu trouxe dois pacotes pra casa. Fiz com algumas delas esse bolo de banana vegano e o resto eu congelei. Eu apenas diminuí a quantidade de açúcar da receita original e acrescentei gergelim extra na massa. Levei o bolo inteiro pra dividir com meus colegas de trabalho no dia seguinte e nunca vi nada desaparecer tão rápido. Ficou muito bom!

1 e 3/4 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
4 bananas bem maduras amassadas [cerca de 1 e 1/2 xícaras]
1/3 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de óleo de coco derretido
2 colheres de sopa de tahine
2 colheres de sopa de extrato de baunilha
1 colher de chá de vinagre de maçã
1/4 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de sementes de gergelim tostadas

Preaqueça o forno a 350°F/176°C. Unte uma forma de pão com óleo e forre o fundo com papel vegetal. Em uma tigela de tamanho médio misture a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio. Reserve. Em outra tigela misture as bananas amassadas, o açúcar mascavo, o óleo de coco derretido, o tahine, a baunilha, o vinagre e o sal e misture até incorporar bem. Misture os ingredientes secos na mistura de banana até ficar tudo totalmente combinado. Eu coloquei um pouco de sementes de gergelim na massa, umas 2 colheres de sopa. Despeje a massa na forma de pão preparada e polvilhe a superfície com sementes de gergelim. Leve ao forno e asse por 55 a 60 minutos. Remova do forno, desenforme e deixe esfriar antes de servir.

bolo de chocolate [vegano]

Fiz esse bolo duas vezes, receita do blog Love & Lemons. Não fiz a cobertura de batata doce da receita, porque quis simplificar, então usei uma de azeite e laranja que sempre faço e sempre arrasa Péris in Chammas. Receitas de bolo de chocolate vegano abundam e são sempre fáceis de fazer. Essa não é exceção. Faz um bolo pequeno, o que é bom para a minha casa, onde não tem criança e nem comemos muitos doces. Fiz a primeira versão decorada com cascas de laranja cristalizadas que eu mesma fiz no inverno. A segunda versão, onde adicionei chocolate granulado e açúcar colorido por cima, fiz pro almoço de páscoa, ou da celebração da primavera como prefiro chamar essa festividade.

3/4 xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de farinha de trigo integral
1/2 xícara de cacau em pó sem açúcar
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal marinho
1/4 colher de chá de canela
1 xícara de leite de amêndoa ou outro leite vegetal
3/4 xícara xarope de bordo [maple]
1/4 xícara de azeite extra-virgem
1 colher de chá de vinagre de maçã
1 colher de chá de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno em 350°F/176°C e unte bem uma assadeira pequena. Em uma tigela grande misture as farinhas, o cacau em pó, o bicarbonato de sódio, o sal e a canela. Numa outra tigela, adicione o leite de amêndoa, o xarope de bordo, o azeite, o vinagre de maçã e a baunilha. Junte os ingredientes líquidos aos secos e misture bem. Despeje a massa na assadeira preparada e asse por 25 a 30 minutos. Remova o bolo do forno e deixe esfriar por 10 minutos. desenforme com cuidado e deixe esfriar completamente. Cubra com a cobertura, decore se quiser e sirva.

cobertura de chocolate
Raspas da casca de 1 laranja
1/4 de xícara de suco de laranja
100 gr de chocolate amargo [70 a 72%] picado
2 colheres de chá de azeite de oliva extra- virgem frutado
1/4 colher de chá de extrato de baunilha
1/8 colher de chá de sal fino

Combine as raspas, suco da laranja e chocolate em uma panela pequena. Cozinhe em fogo baixo até que o chocolate comece a derreter. Retire do fogo e mexa até que o chocolate esteja completamente derretido. Misture o azeite, a baunilha e o sal. Despeje numa tigela de vidro e deixe esfriar à temperatura ambiente durante 20 a 25 minutos. Misture algumas vezes com um batedor de arame antes de usar. Despeje sobre o bolo e alise com uma espátula.

bolo de polenta & grapefruit

Fiz essa receita da revista Food & Wine para usar grapefruits que abundaram na minha cozinha durante o inverno. Eu fui colher a fruta na fazenda da universidade e na mesma semana meu diretor trouxe um balde cheio deles, que ninguém quis. Fiz muitas coisas com esses grapefruits todos e esse bolo foi uma delas. Se não tiver grapefruit, use laranja ou limão. Traduzi o cornmeal da receita original como polenta, porque é o ingrediente mais próximo da textura do primeiro.

para o bolo:
180gr de manteiga sem sal, derretida e resfriada [*uso a vegana]
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de polenta [cornmeal de moagem média]
1 xícara de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de sal kosher
3 ovos caipiras grandes
1 colher de sopa de raspas de grapefruit [toranja] mais 1/4 xícara do suco de grapefruit fresco
para o glacê:
2 xícaras de açúcar de confeiteiro, peneiradas
1/4 xícara de sementes de papoula
1/4 xícara de suco de grapefruit [toranja] fresco

faça o bolo:
Pré-aqueça o forno a 350F°/176C°. Unte uma forma de bolo com manteiga. Forre o fundo com papel vegetal e passe manteiga sobre o papel.

Em uma tigela média misture a farinha com a polenta, o açúcar, o fermento e o sal. Em outra tigela média bata a manteiga derretida com os ovos, junte as raspas da casca e o suco de grapefruit. Adicione a mistura de manteiga à mistura de farinha aos poucos, mexendo constantemente até ficar tudo bem misturado. Coloque a massa na forma preparada e leve ao forno por cerca de 40 minutos, até dourar e estar cozido no centro. Transfira o bolo para uma grade e deixe esfriar por 10 minutos. Inverta numa travessa ou prato, remova o papel vegetal. Deixe esfriar por cerca de 30 minutos.

faça o glacê:
Em uma tigela média, misture o açúcar de confeiteiro e as sementes de papoula. Mexendo constantemente vá despejando lentamente o suco de grapefruit até formar um glacê delicado e espesso. Despeje o glacê por cima do bolo e espalhe bem por cima. Deixe repousar por cerca de 30 minutos para o glacê solidificar.

bolo de chocolate com maçã [vegano]

Outra receita do livrão vegano da editora Phaidon. Muito fácil de fazer e fica muito fofo e delicado. Fiz numa quarta-feira à noite, antes de dormir, e comi no dia seguinte. Achei a mistura de chocolate e maçã muito intrigante, foi aprovado! Eu sempre uso maçãs organicas, porque essa fruta está na dirty dozen, lista dos 12 produtos mais contaminados por agrotóxicos. Veja a lista do seu país e decida.

2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
1 colher de sopa de amido de milho
2 colheres de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1 colher de chá de canela em pó
1/2 xícara de cacau em pó [sem açúcar]
500 gr de purê de maçã orgânico [sem açúcar]
2 maças orgânicas cortadas em cubinhos [*usei a red delicious, e não descasquei]

Pré-aqueça o forno em 325ºF/ 162ºC. Unte uma forma com manteiga vegana ou óleo vegetal. Reserve. Misture os ingredientes secos numa vasilha. Adicione o purê de maçãs e misture bem com uma espátula. Junte os cubinhos de maçã. Misture bem e despeje na forma untada. Leve aio forno e asse por 6o minutos, ou até que o centro do bolo esteja firme e totalmente cozido. Remova do forno, deixe esfriar completamente. Desenforme e sirva.

bolo siciliano de laranja

Eu ganhei muitas laranjas neste inverno. Eu sempre ganho, mas este ano a árvore do vizinho do meu chefe, que é imensa e muito prolífica, perdeu um galho durante uma das várias tempestades que tivemos aqui. Deste galho quebrado saiu uma quantidade absurda de laranjas [nem, posso imaginar o tamanho da árvore] que meu chefe dividiu generosamente comigo. Fiz algumas receitas com elas, além de devorá-las pura como sobremesa. Ainda tenho muitas.

Quis fazer um bolo de laranja usando a fruta inteira. Já fiz receitas assim e publiquei aqui, um com amêndoas que sempre refaço. Mas queria algo diferente e dei de cara com essa receita, uma adaptação de uma receita siciliana. Fiz como foi recomendado, pesando os ingredientes [pra quem não quiser pesar, tem a quantidade em xícaras entre parênteses]. A textura desse bolo é uma coisa incrível. Adaptei a manteiga e o iogurte pra versão vegana, porque não uso mais nenhum derivado do leite. Mas foi minha opção. Não deixe de fazer o glacê e espere ele esfriar totalmente antes de cortar. Eu fiz numa tarde e só cortei no dia seguinte. É um bolo, mas pode ser servido como sobremesa, pois fica simplesmente luxuoso!

para o bolo
3 ovos caipiras
250g [1 e 1/4 xícara] de açúcar
275g [1 e 3/4 ] de farinha de trigo
2 e 1/2 colher de chá de fermento em pó
100g de manteiga amolecida [*usei a vegana]
110g [1/3 xícara] de iogurte grego [*usei o vegano de amêndoas]
1 laranja orgânica grande pesando cerca de 300g, lavada e cortada em pedaços [retire as sementes]

para a calda
Suco de uma laranja orgânica
100 gr [1/3 xícara] de açúcar

Preaqueça o forno a 350°F/176°C.Unte uma forma de fundo removível com manteiga ou óleo vegetal e forre com papel vegetal.Unte sobre o papel também. Reserve.

Em um processador de alimentos, coloque a laranja inteira e processe até que vire quase um purê. Reserve.

Coloque o açúcar e os ovos em uma tigela grande e bata com a batedeira até ficar bem leve e fofo.

Numa outra tigela peneire a farinha com o fermento. Acrescente a farinha à mistura dos ovos, um pouco de cada vez, alternando com a manteiga amolecida. Continue a misturar alternadamente até toda a farinha e manteiga ser incorporada. Adicione o iogurte. Por último adicione o purê de laranja e mexa bem com uma espátula. Despeje tudo na forma preparada e leve ao forno pré-aquecido.

Asse por 50-60 minutos. Cheque à partir dos 50, o meu levou 60 minutos pra assar totalmente. Remova do forno, deixe esfriar por cerca de 15 minutos e desenforme.

Enquanto o bolo esfria faça o glacê. Junte o açúcar e o suco de laranja e leve ao fogo, deixe cozinhar por alguns minutos até que o líquido tenha uma consistência de xarope. Com uma colher despeje o liquido sobre o bolo. Deixe esfriar completamente e então fatie e sirva.

bolo de limão [de liquidificador]

Desencantei essa receita deste post antigo. Fiz o bolo de laranja adaptado pra o limão. Ficou muito bom e refiz essa receita muitas vezes, levei até para uma festa no trabalho, o bolo decorado com um glacê feito com açúcar de confeiteiro, suco e raspinhas de limão. Usei o limão Meyer, que é bem aromático e tem uma casca bem fina. Mas com o siciliano também deve ficar bom.

1 limão meyer ou siciliano grande [ou dois pequenos] inteiros, com casca e tudo, cortado em quatro e sem sementes
1 xícara de óleo vegetal [*sempre uso o de semente de uva]
3 ovos caipiras
2 xícaras de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Pré-aqueça o forno em 400ºF/205ºC. Unte e enfarinhe uma forma de buraco no meio. Bata os limões, os ovos e o óleo no liquidificador até ficar um liquido. Numa vasilha separada junte o açúcar, a farinha e o fermento. Despeje o liquido do liquidificador nessa mistura seca. Mexa bem com uma espátula e despeje em numa forma untada e enfarinhada. Leve ao forno e asse por 10 minutos, depois baixe a temperatura para 350ºF/176ºC e asse por mais uns 25 minutos. Remova do forno, deixe esfriar e desenforme.