cepallas ou crispelas
[da tia Miquelina]

Uma das tradições de Natal na minha família sempre foi fazer e comer as cepallas. Minha mãe faz essa receita, da Miquelina, sua tia-avó. As cepallas [ou crispelas] são flores fritas, feitas de massinha aromatizada com anisette, depois polvilhadas com açúcar de confeiteiro e servidas regadas de mel. Esse doce tem gosto de infância pra mim e essa foi a primeira vez que fiz a receita herdada e guardada com todo cuidado pela minha mãe. Percebi que outras famílias italianas de diferentes regiões têm doces similares, com outros nomes. Não achei nada com nome similar nas receitas de doces natalinos da Basilicata, então pode ser que esses nomes tenham sido abrasileirados. Essa receita rende bastante cepallas. Elas crescem durante a fritura.

1/2 quilo de farinha de trigo
1 colher de sopa de manteiga sem sal amolecida
5 ovos caipiras
2 cálices de anisette [ou outra bebida de anis]
1 colher de chá de fermento em pó
1 pitada de sal

Misturar todos os ingredientes e amassar bem, como se estivesse fazendo massa de macarrão. Cortar a massa em pedaços e passar na máquina de macarrão até o número 5 apenas. Cortar asa tiras com um cortador de massa [usei um pra fazer risoles] e dobrar em circulo, apertando a massa para formar as pétalas das flores. Frite em óleo bem quente, escorra para um prato forrado com papel. Salpique com açúcar de confeiteiro e guarde em caixas ou latas com tampa. Sirva com mel.

cenouras assadas com limão [e molho de harissa & maple]

Fiz essas cenouras assadas num domingo qualquer e depois repeti para a ceia de natal. As cenouras ficam caramelizadas no maple e os limões dão um toque delicioso.

2 dentes de alho picados
1/4 xícara de azeite
1/4 xícara de xarope de bordo [maple] puro
1 colher de sopa de pasta de harissa
2 colheres de chá de sementes de cominho
Sal e pimenta do reino moída na hora
1 quilo de cenouras orgânicas descascadas e cortadas em pedaços
[da segunda vez eu assei elas inteiras]
1 limão [usei o Meyer] sem sementes cortado em fatias finíssimas

Pré-aqueça o forno a 450°F/233°C. Misture o alho, o azeite, o xarope de bordo, a harissa, e sementes de cominho em uma tigela pequena; Tempere com sal e pimenta.

Misture as cenouras e o limão em fatias com a mistura de alho e maple. Espalhe numa assadeira e asse por 35-40 minutos, virando as cenouras no meio tempo, até que elas estejam cozidas e caramelizadas. Remova do forno, coloque numa travessa e sirva.

carrots-harissa

torta de maçã com sour cream

apple sour

Meu amigo contou que iria passar o final de semana fazendo cookies tradicionais de Natal. Ele faz muitas coisas gostosas, receitas típicas do país dele, a República Tcheca. Torta de maçãs é uma delas. Mas ele me contou que tinha feito uma receita de torta de maçã co sour cream que foi uma novidade surpreendente pra ele. Essa torta levava sour cream no recheio, coisa que ele nunca tinha feito antes. A receita já, requisitei! Ele disse que receitas abundavam na web, era só eu dar uma busca. Fiz o que ele mandou e é claro que caí na melhor receita, com as mais minuciosas explicações e detalhes e uma massa simplesmente perfeita, que vou reusar em outras receitas. A fonte foi o Simply Recipes da Elise. Essa torta dá um pouco de trabalho e tem muitos passos, o que pra mim já seria um motivo para descartá-la. Mas não fiz essa tolice. Ao contrário, me organizei [marromeno] e fiz a torta que é simplesmente maravilhosa! Ela é festiva, levemente doce, levemente ácida, uma delicia.

faça a massa:
A receita faz massa suficiente para uma torta com cobertura. Para essa receita de torta aça somente a metade. Essa massa pode ser usada para tortas doces ou salgadas. A Elise tem fotos com passo-a-passo e até um vídeo, se precisar de mais detalhes. Ela faz a mão, mas eu fiz no processador de alimentos porque acho mais fácil. Como sobrou um pouco da massa, fiz uma bordinha na beirada da forma, com tiras que fui dobrando e achei que ficou como um lacinho. Fiquei toda pimpona por ter conseguido fazer a torta ficar menos feia!

2 xícaras [260 gr] de farinha de trigo
1 colher de chá de sal
2 colheres de chá de açúcar
[para receitas doces, caso contrário, omitir]
2 tabletes de manteiga sem sal
[1 xícara ou 225 gr] cortados em cubinhos
1/2 xícara [115 ml] de sour cream

Corte a manteiga em cubos e deixe descansar por um uns minutos. Misture a farinha, o sal, o açúcar numa tigela grande [ou no processador]. Trabalhe a manteiga na farinha com as mãos, esmigalhando os cubos da manteiga na farinha. Use as mãos para incorporar a farinha e a manteiga. Adicione o sour cream usando um garfo para incorporar na mistura. Modele a massa num disco, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por pelo menos 1 hora.

Polvilhe uma superfície um pouco de farinha. Retire a massa da geladeira, deixe descansar por alguns minutos. Abra com o rolo. Coloque a massa sobre uma forma de torta. Leve a massa pronta para o congelador e deixe gelar bem por 30 minutos. A massa vai congelar. Enquanto isso faça o recheio e a cobertura da torta.

1 xícara de sour cream
1/2 xícara de açúcar
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1/4 colher de chá de sal
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 ovo caipira
3 xícaras de maçãs descascadas e fatiadas
[respingue com suco de limão, para não escurecerem]
1 colher de sopa suco de suco de limão ou vinagre de maçã
1 receita de massa de torta congelada ou refrigerado no congelador por pelo menos 30 minutos [faça apenas metade da receita acima)

Coloque todos os ingredientes numa tigela e misture bem para que todasa as fatias de maçã fiquem cobertas pelo creme. Reserve.

cobertura
1/2 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de manteiga gelada cortada em cubos
1/2 colher de chá de canela em pó
Misture todos os ingredientes até formar uma farofa grossa. Refrigere até a hora de usar.

Pré-aqueça o forno a 400°F/ 205°C com a grade no meio do forno. Remova a massa do congelador e recheie com as maçãs. Leve a torta ao forno e asse por 25 minutos. Remova a torta do forno e polvilhe com a mistura de farinha e açúcar mascavo. Asse por mais 20 minutos. Desligue o forno, remova a torta e deixe a torta esfriar em uma grade por uma hora antes de cortar e servir.

apple sour

bolo de chocolate [com farinha de espelta]

chocolate-spelt

Outro dia eu me estressei no trabalho por causa de uma pessoa sem educação e sem consideração. A maioria dos meus colegas não são assim, mas tem um que vale por trinta. Nesse dia reposicionei o meu zen e re-alinhei meu chakra fazendo um bolo de chocolate. Procurei uma receita que não fosse complicada nem festiva, porque era um dia de semana, eu estava cansada e precisava trabalhar no dia seguinte. Queria algo que eu pudesse comer no café da manhã e usar uma farinha de espelta germinada que eu tinha. Achei uma receita na dáblio dáblio web que parecia muito simples pra ser verdade. Achei, sinceramente, que iria dar tudo errado. Mas não deu! Ficou um bolo bem rústico, super gostoso e posso até dizer, saudável! Adaptei algumas coisinhas e voalá. Depois de fazer esse bolo me senti muito, muito melhor! OMMM!

1 xícara de farinha de espelta [ou farinha integral]
1/4 xícara de cacau em pó [sem açúcar]
1/2 xícara de açúcar [*usei o demerara orgânico]
1 pitada de sal marinho
1 pitada de canela
1 pitada de pimenta caiena
1/2 colher de chá de fermento em pó
3/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colheres de sopa de azeite extra virgem
1 e 1/4 de xícara de buttermilk [ou iogurte]
1 colher de chá de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno a 350ºF/176ºC. Peneire todos os ingredientes secos numa tigela grande. Em uma tigela separada, misture o buttermilk e o resto dos ingredientes molhados. Junte os ingredientes seco ao molhado e misture bem. Despeje a massa numa forma redonda de bolo untada com azeite e polvilhada com farinha ou cacau. Leve ao forno e asse por 20 minutos. Remova do forno, espere esfriar um pouco e desenforme.

chocolate-spelt chocolate-spelt chocolate-spelt

peito de frango assado com harissa [e salada de grãos, couve & caqui]

harrissa chicken

No trabalho o assunto predileto do grupinho do qual eu faço parte é comida. Mesmo quem não cozinha muito bem ou ainda está iniciando nessa maravilhosa atividade gosta de conversar sobre o assunto. Uma das minhas coleguinhas é essa iniciante e está encantada com as possibilidades de comer bem. Ela assinou a Blue Apron—um dos inúmeros serviços que oferecem entrega domiciliar de caixas com os ingredientes e as receitas para usá-los. É bem interessante, usando um aplicativo a gente escolhe o que quer, dentro do menu da semana e recebe a caixa com tudo dentro, super empacotado, mais as receitas, todas desenvolvidas por eles. O Mark Bittman agora desenvolve receitas para o Purple Carrot. É um negócio bem pensado e bem feito, prático, que ainda promove o comer bem, com ingredientes frescos, e permite que pessoas sem tempo consigam cozinhar rapidamente comidas gostosas, criativas e saudáveis. Eu recebi muitos cupons desses serviços, mas nunca me interessei porque já recebo meus ingredientes de diversas fontes, não faria sentido pra mim receber mais ingredientes. Um amigo experimentou o Blue Apron e parou depois de um mês alegando que esses serviços usam um exagero de embalagem. Pra quem está preocupado com diminuir o consumo de embalagens, reciclagem e o meio ambiente, esse monte de pacotinho e caixinha, tudo embrulhado em plástico é um problema. Meu amigo ligou no SAC da empresa e ouviu que tudo é reciclável, o que pode ser um conforto pra muita gente, mas não foi pra ele. Já minha coleguinha não sofre dessas crises de consciência e está usando bastante o serviço. Às vezes ela comenta alguma coisa que fez comigo e eu sempre peço a receita. Ela dividiu comigo essa receita de frango assado com harissa e salada de grãos, couve e caqui. Tenho muitas couves e caquis pra gastar, adorei ideia e a combinação. Fiz para um almoço de domingo. Usei trigo em grão ao invés do farro. Notem [no PDF] a organização e a maneira como eles listam os ingredientes e o modo de fazer. Não tem como fazer nada errado, mesmo que você seja um desastre total na cozinha!

2 peitos de frango sem pele/osso [se possível caipira]
2 dentes de alho
1/2 xícara farro ou trigo em grão cozidos
1 maço de couve
1 maço de salsinha
2 cenouras
1 caqui
30 gr de queijo de cabra esmigalhado
1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto
1 colher de sopa de pasta de harissa vermelha
1/2 xícara de iogurte grego

  • Coloque uma grelha no centro do forno e pré-aqueça até 450°F/233°C.
  • Leve uma pequena panela com água salgada ao fogo para ferver.
  • Forme uma assadeira com papel alumínio e unte com azeite.
  • Numa tigela grande, misturar o iogurte, a harissa, metade do vinagre e uma fio de azeite. Tempere com sal e pimenta a gosto.
  • Coloque metade do molho de iogurte numa pequena vasilha e reserve.
  • Seque os peitos de frango com toalhas de papel; Tempere com sal e pimenta em ambos os lados. Misture o molho de iogurte restante e misture bem, para o frango ficar coberto por esse molho dos dois lados.
  • Coloque os peitos de frango na assadeira, leve ao forno e asse por 20 minutos [*eu virei no meio tempo e deixei um pouquinho mais]. Remova do forno e reserve.

Enquanto o frango assa, adicione o farro ao pote de água fervente. Cozinhe, descoberto, por 15/20 minutos ou até ficar macio. Desligue o fogo. Coe bem e retorne o farro cozido para a panela. [*eu usei o trigo em grão e cozinhei na panela de pressão elétrica]

  • Descasque as cenouras e corte em fatias.
  • Descasque e corte o alho em fatias.
  • Rasgue a couve em pedaços
  • Corte o caqui em cubos. Coloque em uma tigela e cubra com o vinagre restante.
  • Pique a salsinha
  • Numa panela grande aqueça 2 colheres de chá de azeite.
  • Adicione as cenouras e tempere com sal e pimenta. Cozinhe, mexendo de vez em quando, 2 a 3 minutos.
  • Adicione o alho a couve; Tempere com sal e pimenta. Cozinhe, mexendo com frequência, 1 a 2 minutos, ou até que as folhas de couve estejam ligeiramente murchas.
  • Adicione 1/4 xícara de água; Cozinhe, mexendo ocasionalmente, 2 a 3 minutos, ou até que a água tenha evaporado. Desligue o fogo.

Junte os grãos com os legumes cozidos, o caqui [incluindo o liquido do vinagre] e um fio de azeite. Misture bem. Corte os peitos de franco em fatias grossas transversais e coloque por cima da salada. Salpique com a salsinha picada e o queijo de cabra. Sirva com o molho de iogurte separado.