bolinhos de carne com hortelã e alho [e salada shirazi]

Beef Kofte and Shirazi Salad

Adoro achar receitas que são uma refeição completa. Esses bolinhos com a salada são. Foi uma refeição leve para um dia um tanto pesado. E teve muitas sobras, o que significou M A R M I T A !

beef-kofte—bolinhos de carne
1/2 xícara de arroz basmati, deixado de molho em água fria por 1 hora
4 dentes de alho esmagados
3 colheres de sopa de hortelã fresca
1 cebola grande
1/2 quilo de carne moída
1 ovo caipira batido
2 colheres de chá de sal
1 colher de chá de pimenta do reino moída na hora
Óleo de semente de uva [ou outro óleo vegetal] para fritar
1/2 xícara de extrato de tomate
1 colher de chá de endro seco
1/2 colher de chá canela em pó
1/2 colher de chá de cúrcuma
3 xícaras de água quente
1/4 xícara de suco de limão

Lave o arroz em água fria até que a água saia totalmente limpa e deixe escorrer bem numa peneira. Num processador de alimentos coloque o arroz, o alho, a hortelã e 1/2 cebola cortada em cubos e pulse até formar uma mistura grossa. Transfira tudo para uma tigela grande e adicione a carne, o ovo, sal e pimenta. Misture bem. A mistura deve ficar flexível e fácil de moldar. Faça pequenos bolinhos. Aqueça uma frigideira grande em fogo médio e adicione óleo suficiente para forrar o fundo. Frite os bolinhos até dourar dos dois lados, remova da frigideira e coloque num prato. Na mesma frigideira adicione a outra meia cebola picada. Cozinhe em fogo médio por cerca de 15 minutos, até que a cebola doure. Misture o extrato de tomate, o endro seco, a canela, a cúrcuma e água. Deixe ferver e em seguida abaixe o fogo . Delicadamente coloque os bolinhos no molho. Cubra e cozinhe lentamente por 30 minutos, até que os bolinhos estejam totalmente cozidos. Misture o suco de limão e sirva quente.

shirazi salada—salada de pepino e tomate
3 pepinos picados
2 tomates grandes picados
2 colheres de sopa de hortelã seco
1/2 xícara de suco de limão espremido na hora
Sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Misturar os pepinos com os tomates. Esfregue o hortelã seco entre as palmas da mãos para ativar o sabor. Jogue sobre a salada. Adicione o suco de limão, tempere com sal e pimenta e mexa delicadamente para misturar. Sirva imediatamente com os bolinhos de carne.

salada de milho grelhado, com abacate, tomate & molho de limão

salada de milho

Essa salada foi a minha última refeição antes de começar um jejum pré-operatório que durou quase 24 horas [fiz uma operação de varizes, nada sério!]. Ficou absolutamente deliciosa e eu comi muito [hahahaha!]. Mudei apenas o fato de que grelhei as espigas de milho e a pimenta poblano na churrasqueira. Estava muito calor pra ligar o forno naquele dia.

5 espigas de milho
1 pimenta poblano cortada em pedaços pequenos
1/2 cebola roxa cortada em fatias finas
1 abacate cortado em cubos pequenos
1/2 xícara tomates cereja cortados ao meio ou em quatro
2 colheres de sopa de suco de limão verde, Tahiti
1/2 colher de chá de mel
Pimenta Cayenne ou Aleppo a gosto
1/4 xícara de azeite extra virgem
Sal kosher e pimenta do reino moída na hora a gosto
Um punhado de folhas de manjericão e hortelã frescas

Pré-aqueça o broiler e coloque a grade do o forno no segundo nível. Descasque o milho e corte os grãos com uma faca. Adicione a pimenta poblano picada e a cebola roxa cortada. Misture com uma colher de chá de azeite e tempere com sal e pimenta. Transfira para uma assadeira forrada com papel vegetal ou uma frigideira grande. Grelhe o milho, poblano e cebola vermelha por 3 a 5 minutos, sacudindo a panela algumas vezes ou até que fiquem carbonizados em alguns pontos, mas não deixe cozinhar demais. Retire a mistura do forno, adicione o abacate e grelhe por um minuto ou dois mais. Pode pular essa parte e colocar o abacate apenas no final, sem aquecer. Para fazer vinagrete de limão misture o suco de limão, o mel e pimenta vermelha [usei a Aleppo], adicione lentamente no azeite extra virgem, mexendo até ficar bem emulsionado. Tempere com sal a gosto. Transferir a mistura de milho para uma travessa, adicione os tomates cereja, as folhas de hortelã e manjericão, regue com o vinagrete de limão e sirva imediatamente.

peixe com chermoula de tomate

fish-redchermoula

Encontrei essa receita na edição de agosto /2015 da revista Bon Appétit. Estamos na melhor época para fazer pratos com tomates, pois eles estão no pico da doçura e abundância. Usei um outro tipo de cod que eu tinha e não o black cod requisitado pela receita. Não vejo porque não se possa usar outro tipo de peixe. Ficou bom!

1/2 maço de coentro fresco, folhas e cabinhos separados
1 pimenta Fresno [ou outra que tiver disponível] sem sementes e picada
1 dente de alho finamente picado
1/4 xícara de azeite
1 colher de sopa de extrato de tomate
1 colher de chá de páprica
1/2 colher de chá de pimenta vermelha em flocos
1/2 colher de chá de mel
1/4 colher de chá de pimenta da Jamaica moída
1 colher de sopa de vinagre Sherry ou vinagre de vinho tinto
1 quilo de filé de peixe branco
4 xícaras de tomates cereja, dividido
Kosher sal e pimenta do reino moída

Preaqueça o forno a 300°F/ 150°C. Faça a chermoula misturando os cabinhos do coentro, a pimenta, o alho, azeite, o purê de tomate, a páprica, os flocos de pimenta vermelha, o mel, a pimenta da Jamaica, e 1 colher de sopa de vinagre em uma tigela pequena. Separe 3 colheres de sopa dessa chermoula para servir.

Coloque os filés de peixe em uma assadeira rasa. Corte metade dos tomates ao meio e espalhe em torno de peixe, juntamente com o restante dos tomates inteiros. Coloque a chermoula restante sobre os filés de peixe, espalhando por toda a superfície com as costas de uma colher. Tempere com sal e pimenta e asse até que o peixe esteja cozido e tomates tenham estourado, uns 20-30 minutos.

Transfira o peixe e os tomates para uma travessa. Espalhe por cima a chermoula reservada e salpique com as folhas de coentro fresco. Regue com mais vinagre, se desejar. Sirva morno ou em temperatura ambiente.