eton mess—com caqui & maple

etonmess-caqui.jpg
Quero deixar essa sobremesa que fiz pro almoço de Ano Novo registrada aqui, porque ela simplesmente arrasou Péris in Chammas. Todo mundo que comeu adorou, porque ficou realmente sensacional. E é tão fácil de fazer que eu preparei tudo em vinte minutos, depois de ter bebido duas taças de prosecco [abafa!]. Como fiz uma quantidade grande e éramos apenas quatro comensais no dia primeiro, reservi as sobras num jantar dois dias depois e estava meio preocupada que iria passar vergonha, mas esse eton mess de caqui sobreviveu muito bem e foi devorado até a última colherada. No ano passado eu já tinha tido essa ideia de fazer a tradicional receita britânica que leva morangos, usando caquis. Não lembro porque acabei não fazendo. Foi muito auspicioso que finalmente decidi fazer e é certeza que farei muitas outras vezes.
Uns 8 caquis fuyu [aquele durinho] descascados e cortados de cubinhos
1 limão meyer, casca ralada e suco espremido
Maple syrup a gosto, para adoçar o caqui e o chantilly
2 xícaras de creme de leite fresco
Uns 10 merengues [suspiros] comprados prontos
Tempere os cubinhos de caqui com o suco e raspas do limão e o maple syrup. Na batedeira coloque o creme de leite e bata até o ponto de picos firmes, adoce com maple syrup e reserve. Numa vasilha funda coloque em camada uma porção de merengues esmagados com as mãos, os cubos de caqui, o chantilly, alternando até terminar todos os ingredientes. Decore com um pouquinho de merengues esmigalhados, cubra com um filme plástico e leve à geladeira até a hora de servir.

salada de escarola com avelã

`salada-escarola.jpg

Algumas vezes por ano tenho a sorte de receber escarola na minha cesta orgânica. Eu adoro essa verdura e não sei porque ela me lembra a minha mãe e nossa família italiana. Normalmente faço as folhas refogadas, super simples. Mas dessa vez quis achar uma maneira diferente de prepará-la e abri o segundo volume do The Art of Simple Food da Alice Waters. Achei essa salada bem interessante e gostei do resultado. O molho com óleo de avelã fica bem delicado e deixa as folhas da escarola menos amargas para se comer crua. E só se usa a parte mais esbranquiçada, a ponta verde eu guardei e fiz daquele mesmo jeito de sempre—refogada [ah!]

Pré-aqueça o forno em 350ºF/ 176ºC e toste 1/4 xícara de avelãs espalhadas sobre uma assadeira. Remova do forno quando elas estivem levemente douradas. Espere esfriar e remova a pele, rolando elas sobre um guardanapo ou pano de prato.

Corte a parte clara das folhas de uma escarola média. Guarde a parte escura para usar em sopas ou refogado. Lave bem e seque. Coloque as folhas numa travessa.

Faça o molho misturando 1 dente de alho amassado [*omiti], 1/2 colher de sopa de vinagre de sherry [xerez], 1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto, sal e pimenta do reino a gosto. Junte 3 colheres de sopa de azeite extra-virgem e 2 colheres de sopa de óleo de avelã. Bata bem com um batedor de arame para emulsificar.

Com um descascador de legumes faça fatias bem fina de um queijo de firme de ovelha ou cabra. Na hora de servir temperar as folhas de escarola com o molho e salpicar com o queijo e as avelãs grosseiramente picadas.

*se não achar óleo de avelã, use 5 colheres de sopa de azeite.
**pode acrescentar fatias de maçã, pera ou caqui duro.

caqui & limão

caqui com limao
Vi essa ideia no livro The Art of Simple Food II da Alice Waters. É realmente a coisa mais simples do mundo. Mas não pense que é algo simplório, pois é uma ideia realmente transformadora. Vou admitir que caqui é uma das minhas frutas menos favoritas e que pro Uriel ela é uma carta completamente fora do baralho. Eu estava comendo sozinha todas as minhas poucas invencionices e aventuras com o caqui. Numa noite de domingo cortei alguns caquis duros em fatias, coloquei num prato e espremi um limão por cima—pode ser limão tahiti, limão siciliano, limão meyer, limão rosa. Quando coloquei o prato na mesa achei que só eu iria comer, meu marido experimentou uma fatia, depois outra, depois mais outra e matamos juntos o prato inteiro em alguns minutos. Tenho comido muito caqui neste principio de inverno, graças à essa ideia simples e genial.