bolo de banana [vegano] com gergelim

Uma vez por mês eu cozinho num abrigo para moradores de rua na minha cidade. A gente faz o jantar com ingredientes doados. Sempre tem toneladas de coisas e infelizmente nem tudo consegue ser usado a tempo. No último dia que fui fazer o jantar lá tinha muitas caixas cheias de bananas extremamente maduras. Servimos o que deu e eu trouxe dois pacotes pra casa. Fiz com algumas delas esse bolo de banana vegano e o resto eu congelei. Eu apenas diminuí a quantidade de açúcar da receita original e acrescentei gergelim extra na massa. Levei o bolo inteiro pra dividir com meus colegas de trabalho no dia seguinte e nunca vi nada desaparecer tão rápido. Ficou muito bom!

1 e 3/4 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
4 bananas bem maduras amassadas [cerca de 1 e 1/2 xícaras]
1/3 xícara de açúcar mascavo
1/2 xícara de óleo de coco derretido
2 colheres de sopa de tahine
2 colheres de sopa de extrato de baunilha
1 colher de chá de vinagre de maçã
1/4 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de sementes de gergelim tostadas

Preaqueça o forno a 350°F/176°C. Unte uma forma de pão com óleo e forre o fundo com papel vegetal. Em uma tigela de tamanho médio misture a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio. Reserve. Em outra tigela misture as bananas amassadas, o açúcar mascavo, o óleo de coco derretido, o tahine, a baunilha, o vinagre e o sal e misture até incorporar bem. Misture os ingredientes secos na mistura de banana até ficar tudo totalmente combinado. Eu coloquei um pouco de sementes de gergelim na massa, umas 2 colheres de sopa. Despeje a massa na forma de pão preparada e polvilhe a superfície com sementes de gergelim. Leve ao forno e asse por 55 a 60 minutos. Remova do forno, desenforme e deixe esfriar antes de servir.

Um comentário em “bolo de banana [vegano] com gergelim”

  1. Receita maravilhosa! Ganhei bananas maduras bem no dia em que li a receita. Adaptei porque não tinha óleo de coco (coloquei azeite de oliva) nem tahine. Acho que foi o bolo de consumo mais rápido lá de casa! Adoro seu blog, acompanho há muitos anos. Obrigada por compartilhar suas experiências!

    R: adorei saber que você gostou da receita e que me segue por aqui. um beijo! 🙂

Deixe a sua pitada: