muitos poucos livros

poucos-livros_1S.jpg

2011 deve ter sido o ano em que eu menos comprei livros. Primeiro foi por causa do choque da mudança, com o empacotamento de uma casa inteira, dez anos de acúmulo, e perceber que eu tinha cacareco pra caramba! Muitas doações e reciclagens depois, ainda continuei com muito cacareco. Dei um fim em anos de coleção de revistas, doei muitos livros, fiz o possível e mesmo assim precisamos de dois caminhões gigantes pra carregar tudo de uma casa para a outra. Embora tudo isso não tenha sido exclusiva culpa dos livros, confesso que dei uma brecada de leve. Sem falar que fiquei entretida com outras mil coisas—além da arrumação, as pequenas reformas, troca de piso, instalação de fogão, descobrimento e desbravamento da cidade, eteceterá, eteceterá. Não adquiri tantos livros também porque me peguei meio que no flagra folheando alguns deles sem o menor entusiasmo. É muito livro, muitos lindos, inspiradores, divertidos, mas nem todos realmente úteis. Tomei uma canseira das revistas também, principalmente quando percebi que não estava dando conta de manter o ritmo de leitura das publicações que chegavam mês após mês, não me dando oportunidade nem de tomar um fôlego. Cancelei várias assinaturas e algumas eu troquei pela versão eletrônica, pra ler no iPad. Essa troca funcionou muito bem pra mim e espero poder eventualmente fazer isso com todas as revistas que assino. Quanto aos livros, vou indo no passinho do elefantinho. Quem sabe em 2012 meu ânimo de leitura retorne. Sempre lembrando que agora eu tenho um porão enorme e uma garagem que já virou depósito, o que significa espaço à beça pra poder encher de mais coisarada.

4 comentários em “muitos poucos livros”

  1. Fer,
    Revistas e livros são difíceis de se desfazer. O recurso mais eficiente é não abri-los…rs!
    Fiz e continuo fazendo um faxinão nesse quesito e outros, do tipo, receitas em papel… Ganhei um tablet, que me acompanha na cozinha. Facilita demais.
    Sempre disse que as mudanças de residência são excelentes para uma revisão geral e fiz 12 mudanças!
    Boa sorte na sua perseverança…
    Bjs.

  2. Fer: parece ser que el 2011 fue un año de cambios y acomodos. Creo que todos arreglamos nuestros libreros físicos y mentales, y decidimos tirar/donar/guardar lo que no necesitábamos. También hice lo mismo, y estoy en una cuarentena de no más compras de libros, hasta que lea todo lo que tengo. Saludos y todavía: feliz año 2012!!!
    R: estamos todos en el mismo barco, Andrea. ¡2012 feliz a usted tambien! :-*

  3. Fer,
    Pena que vc esteja tão longe … adoraria fazer parte dos favorecidos pela doações … No Brasil os livros são tão caros …
    bjs,
    marlene

Deixe uma resposta para Gina Cancelar resposta