bolo de fécula de batata
[torta margherita]

bolo fécula batata

bolo fécula batata

Bolo de fécula de batata faz parte das doces lembranças da minha infância. Quando minha mãe mandava fazer esse bolo era uma excitação, porque tínhamos que esperar até o dia seguinte pra comê-lo. Eu ficava vigiando a forma com o bolo, que era uma das maiores que a minha mãe tinha e era colocada em cima do de um buffet e coberta com um pano de prato. Realmente esse bolo fica muito melhor no dia seguinte e é incrivelmente delicioso, pois ele derrete na boca. A receita que a minha mãe usava para fazer esse bolo era da mãe da tia dela, uma italiana obviamente. Eu nunca parei pra pensar no tanto de receitas italianas que fizeram parte da minha infância e que eu nunca associei como sendo italianas. Mas elas eram passadas de um parente para o outro e ninguém naquela época tinha esse interesse que temos hoje de identificar as origens das coisas. Quando resolvi fazer esse bolo procurei muito por uma receita até encontrar essa aqui, que é uma adaptação de uma receita tradicional italiana e fica igualzinho ao bolo da minha infância. A receita italiana que minha mãe ainda usa pede para bater o creme de ovos por uma hora. Eu imagino que quando a mãe da tia da minha mãe fazia esse bolo, as batedeiras elétricas não era comum. Então faz sentido a uma hora ser reduzida para os 10 minutos desta adaptação. Eu acho que deixei batendo por uns 15 minutos. Fiz essa receita várias vezes e na última usei ovos de pata no lugar dos ovos comuns de galinha, pois eu tinha um surplus deles na geladeira. O bolo ficou mais alto e bem fofo, derretendo na boca. Deixe esfriar bem antes de servir. E se conseguir aguentar, sirva no dia seguinte pois fica muito melhor.

6 ovos caipiras, gemas e claras separadas
2/3 xícara de açúcar
1 xícara de fécula de batata

Bata as gemas e metade do açúcar até ficar bem esbranquiçado e cremoso, por cerca de 10 ou 15 minutos. Quanto mais tempo bater, mais macio ficará o bolo. Em uma outra tigela bata as claras em neve, adicione o restante do açúcar e continue batendo até formar picos firmes. Delicadamente acrescente um pouco da fécula de batata na mistura de gema, misturando com uma espátula. Junte um pouco das claras em neve e misture delicadamente, continue alternando a fécula e as claras e misturando, até obter uma massa bem homogênea. Coloque tudo em uma forma de bolo redonda untada e forrada com papel vegetal e leve ao forno pré-aquecido a 350ºF/ 176ºC por cerca de 25 minutos ou até o bolo ficar levemente dourado. Retire do forno e deixe esfriar um pouco na forma antes de remover. Deixe esfriar completamente sobre uma grade antes de servir.

bolo fécula batata bolo fécula batata

5 comentários sobre “bolo de fécula de batata
[torta margherita]”

  1. Fer ficou uma delicia! Meu filho adorou, fiquei ate impressionada com o tanto q ele gostou, comeu quase o bolo todo sozinho ao longo de uns dias rs!
    Fer, achei q o bolo fica com uma textura bem diferente e fofa. E o sabor… nossa, tem gosto de sequilhos! Sabe aqueles sequilhos de maizena?? Achei q fica com o sabor daquilo, muito gostosinho e com sabor de infancia para mim 🙂
    Beijos
    Ana
    R: adorei saber, Ana. é um sabor diferente mesmo, tem a ver com sequilhos. beijos!

  2. Fer, quero fazer!
    me diz uma coisa, voce bateu as gemas com o whisk ou com o paddle?
    estou fascinada, nunca comi nada parecido e sua descricao me deixou salivando
    alem do que, adoro um bolo que se faz no dia anterior, e’ perfeito para trazer ao departamento….
    (gotta keep my reputation up!)
    R: Sally, bato sempre com o paddle, a não ser que a receita peça pra bater com o whisk. espero que goste! 🙂

  3. Por conta da intolerância ao gluten é um dos bolos que mais faço. Apenas acrescento o sumo de meio limão. Fica ótimo 🙂
    R: no da minha mãe também vai limão, dá proxima vou colocar! 🙂

  4. Nossa deve ficar super macio Fer. Nunca fiz bolo de fecula de batatas, vou experimentar esse!
    Volto pra te contar como ficou!
    Bjs
    Ana
    R: espero que goste, Ana! beijo :-*

Deixe a sua pitada: