um desastre sem precedentes

Coloquei a massa da pizza para dar uma pré-assada ligeira e peguei o ônibus espacial para Saturno. Quando regressei à Terra, a massa tinha torrado muito mais que o grau regulamentado pelo FDA. Removi a placa amarronzada da forma e coloquei em cima da pia, já quase dando tudo como perdido. But I ain’t no quitter, no sir! Olhei bem dos dois lados da arga-massa e vi que o centro ainda estava com uma cor razoável, achei que dava pra salvar. Quebrei as partes periféricas e sobrou um centro arrendondado, que emplastei com molho de tomate e salpiquei com bastante queijo mussarela. Coloquei por dois minutos no microondas só pra derreter o queijo e não comprometer a massa. Daí levei ao forno e liguei o broiler, só para dar aquela cara bronzeada para o queijo. Quando abri o forno, três minutos depois, a pizza estava pegando fogo—sim, em chamas! Foi uma correria histérica pra retirar e apagar a forma crepitando em labaredas. Fumacê, gritaria, abalo emocional, frustração.
E agora, melhor ninguém fazer perguntas, tá? Circulando, circulando! Ninguém viu nada, não aconteceu NADA, capito?

19 thoughts on “um desastre sem precedentes”

  1. Fer, de louca varrida todas nós temos um pouco. Não é que quando fui fazer um bolo (um de maçà e banana que já postei) Fiz n vezes, mas não é que o último que coloquei farinha integral, eu esqueci no forno, tocou o timer e assim mesmo eu não fui na cozinha, ficou tão preto que eu falei para a turma aqui de casa que era uma outra versão que eu tinha inventado com cacau 70%. Passado o cheiro de queimado, no dia seguinte ficou uma delícia, meio defumado. Parecia que tinha sido feito em forno a lenha. Que sorte!

  2. Aqui em casa, todas as fornadas de torradas dos últimos anos queimaram, algumas dando pra salvar alguma coisa, outras, perda total, kkk… meus pais são os autores da façanha, ora ela, ora ele, mas o mais curioso, é que eles não desistem.
    Eu prefiro comprar prontas, hahaha.

  3. Libra. Elemento: AR. Pra gente como a gente o natural é viver no mundo da Lua. Relaxa!
    Por acaso vc têm dificuldades em seguir receitas ou vive incluindo algum ingrediente?
    Por conta disso meus bolos NUNCA dão muito certo.

  4. Comida quando dá certo é uma maravilha, mas também quando dá errado é um desastre, né? Isso sem falar na frustração, é um abalo emocional muito forte. Mas fazer o que? Acontece… O segredo é ter bom humor para tirar tudo de letra, como vc fez, e ainda “guts” para compartilhar a história conosco, hehehehe

  5. Ai Fer, que azar.
    Eu tbem tive uma dessas semana passada… Fiz uma receitona de Paes de Batata recheados com queijo, tava todo mundo (mae, irma, cunhado, marido, filho) esperando so p/ os paezinhos assarem e teriamos um lanche diferente… eis q eu fiz o favor de queimar todos, isso mesmo, todos os paezinhos…. o fundo deles virou carvao, nao houve maneira de salvar pois o gosto e cheio de queimado impregnaram na massa do pao. Tudo p/ o lixo, eu ate chorei de raiva e tristeza, pois sabia q eram p/ ficar bons…
    Eventualidades q acontecem nas melhores cozinhas, nao eh nao?!
    Ana

  6. O pior de tudo é lavar a panela ou as travessas. Eu esqueci a goiaba com açúcar no fogo. Tá salvei 70%. Mas, a panela… É uma coisa. Coloquei vinagre e etc. Mas, no final temos que usar a força física.
    Acontece nas melhores famílias….
    Bjs
    Paola

  7. Bem que eu vi em edição extraordinária: incêndio de grandes proporções e causa desconhecida em Davis, California. Agora está explicado… (hahahahaha). Acontece nas melhores famílias. Beijo.

  8. adorei. uma batalhadora. tenta até o final fazer do limão uma limonada , como dizia minha sogra.
    eu já terei desistido rapidinho. sou uma covarde.
    parabéns.

  9. Para mim,uma regra sagrada na cozinha é:nunca fazer mais que uma coisa ao mesmo tempo….chega de arroz queimado,tachos negros e por aí!Boa semana para você.Ana.

Deixe a sua pitada: