15 comentários em “O pommelo”

  1. Moro no Rio Grande do Sul,região da Campanha ou Pampa Gaucho e tenho uma amiga que me dá pomelos de presente,colhidos de sua quinta.Eu limpo a parte ácida da casca com ralador, parto em fatias como se fosse uma abóbora japoneza,pois é do mesmo tamanho,deixo de molho em uma vasilha com água por 4 dias trocando a água varias vezes e faço doce em calda, cristalizados e geléia e a metade de tudo que tranformo e coloco em ambalagens volta de presente para minha amiga.

  2. Fiquei com vontade de experimentar e de tentar fazer uma geléa com a entre casca, imaginando o perfume pela casa.
    Parabéns pela merecida e atrasada reportagem no Estadão, assim como as outras meninas, vc é um doce e nos presenteia sempre com dicas e receitas maravilhosas.
    Boa semana

  3. Sabe que o pomelo é uma das minhas maiores frustrações? Todas as vezes que encontrei por aqui, estava sem graça, gosto zero.
    Mas um dia ainda como um bom pomelo!
    Bjs

  4. Oi, Fer! Isso foi uma descoberta e tanto pra mim. Nunca imaginei que se comesse assim o pomelo. Bem legal. Gostei muito da sua foto! Tá bonita e feliz. Beijinhos.

Deixe uma resposta para Raquel Cancelar resposta