[mais um ] gazpacho

gaspacho-chunky_1S.jpg
Posso até dizer que este está sendo o verão da sopa fria, não pela variedade de receitas testadas, mas pela quantidade de receitas repetidas. Tenho preparado incessantemente esta sopa usando pepinos [de todas as variedades e tonalidades] mais manjericão ou hortelã, ou usando abobrinhas [de todas as variedades e tonalidades] mais manjericão ou hortelã. E também tenho feito muitas sopas frias de tomate, que eu chamo de gazpacho, porque as minhas quase sempre levam tomate fresco e pão não tão fresco. Mas posso colocar pepino e/ou pimentão verde e vermelho, e manjericão. A base é quase sempre a mesma—tomates orgânicos super maduros [e uso tomates de todas as cores], pão amanhecido, azeite de oliva extra-virgem, sal, pimenta do reino e vinagre jerez. Bato tudo no liquidificador e não passo pela peneira, porque não precisa. Posso acrescentar também pimentões verdes ou vermelhos e pepinos e bater tudo junto. Ou picar os pimentões e pepinos em cubinhos e acrescentar depois na sopa, como está na foto acima. Quando preparo a sopa para comer em casa, adiciono um dente pequeno de alho. Mas quando faço para levar de lanche no trabalho, omito o alho, porque acho deveras deselegante ostentar um bafão de alho depois do almoço.

9 comentários sobre “[mais um ] gazpacho”

  1. Concordo sobre o alho, nada pior do que dividir odores pos-almoco com colegas de trabalho
    as vezes a turma aqui vai a restaurante chines no almoco e e’ incrivel como aquele cheiro fica em tudo, eu adoro comida chinesa, mas o odor infindavel e’ meio jogo duro

  2. Fernanda, acompanho seu blog há bastante tempo mas nunca comento por pura vergonha 😕 mas hoje li um artigo no site superchefs que talvez te interesse. É sobre um site (http://www.eatyourbooks.com/) indexador de livros de culinária!!!
    Lembro de você comentando sobre as inúmeras marcações nos seus livros e revistas e a dificuldade de encontrá-las no momento certo! Talvez esse site ajude!
    Abraços e mil obrigadas pelo fantástico blog.
    R: Carla, muito obrigada pela dica! e comente sempre. um beijo 😉

  3. Oi Fer,
    meu marido adora Gazpacho, de vez em quando faço pra ele.VOu experimentar sua receita.
    Hoje falei sobre o livro “Regras da COmida”, do MIchel Pollan e fiz referência a um artigo sobre ele no seu blog.Dê uma olhadnha pra ver o que acha.
    Bj,
    Lylia

  4. Oi Fernanda! Finalmente consigo sentar para mandar um oi, desta vez de bem pertinho.Chegamos em Davis dia 31 e estamos adorando o sol lindo que dura muito tempo, os passeios de bike, o delicioso astral do farmers market, os tomates, os morangos…..Tenho “usado” bastante seu blog para achar coisas legais aqui de Davis e dicas gastronômicas, até que tenho me saido bem na cozinha.Gde beijo p vc.
    R: bem-vinda, Simone! :-*

  5. na sopa de abobrinha, você usa ela crua ou cozida? posso usar abobrinha japonesa? o preparo é igual ao da sopa de pepino? obrigada! 😉
    R: a abobrinha é crua, pode usar qualquer abobrinha, embora eu nao sei qual é a japonesa, se tiver casca molinha tudo bem. bate tudo no liquidificador, gela e serve, exatamente como na de pepino.

Deixe a sua pitada: