tapenade com figo e citros

tapenade-figo_1S.jpg
A Anna Thomas comenta antes de dar a receita desse tapenade no seu livro Love Soup, que ele é uma ótima entrada para ser servido acompanhado de um vinho branco gelado numa noite de verão. Mas pra mim não rola esperar por uma noite de verão, né? Ainda mais que no inicio do outono caí de boca nos figos secos vendidos na banca do Farmers Market de um senhorzinho, que sempre tem poucas quantidades de produtos excelentes. Esses figos secos naturalmente no sol, são o fino na bossa. Feios, porem os mais gostosos, sem falar que não tem nenhuma quimica. O resto dos ingredientes da receita, nem preciso comentar: azeitonas, limão, laranja, temperinhos. Adorei o resultado desse tapenade, que fica mais adocicado que o feito só com azeitonas. Servi com torradinhas de pão francês e foi duro—duro não, foi mesmo quase impossível, parar de comer.
90 gr de figo seco
1 xícara [180 gr] de azeitonas pretas kalamata
1 colher de sopa de alcaparras escorridas
1 colher de chá de alho picadinho
1 colher e chá de alecrim fresco ou seco picadinho
1 colher de chá de tomilho fresco ou seco picadinho
1/4 xícara [60 ml] de azeite de oliva [do frutado se tiver]
2 colheres de chá de suco de limão
1 colher de chá de raspinhas da casca de laranja
Pimenta do reino moída na hora
Sal marinho, se necessário [*não usei]
Coloque os figos numa panela com 1 xícara de água e cozinhe tampado em fogo baixo até as frutas ficarem molinhas. Coe os figos e guarde liquido. No processador combine todos os ingredientes e pulse até obter a textura ideal de uma pasta grossa. Se precisar adicione um pouco da água reservada, onde czinhou os figos. Sirva o tapenade com torradas, crostinis, bolachas salgadas, pita bread tostado, eteceterá.

4 thoughts on “tapenade com figo e citros”

  1. Oi Fer,
    Que coincidência! Preparei ontem e servi hoje numa reunião com amigos, uma tapenade de azeitonas pretas e figos secos. Fiz a receita que o David Lebovitz publicou e é muito semelhante com a sua (http://www.davidlebovitz.com/archives/2007/07/top_tapenade_ti.html). 🙂
    Realmente é uma delícia e foi sucesso absoluto. O pessoal adorou! A tapenade que preparei ficou ainda mais saborosa no dia seguinte. O David Lebovitz sugere preparar de véspera e achei uma grande dica.
    Eu nunca tinha feito tapenade, adorei!
    Beijos,

  2. Não acredito. Estava aqui, antes de ler seu post, fazendo chek list de compras para fazer tapenade da Anna Thomas (The new…). Que coincidência!

Deixe a sua pitada: