bolo de maracujá

bolo-maracuja_1S.jpg

bolo-maracuja_2S.jpg

Outra vez transformei uma simples receita numa verdadeira saga, porque meu estilo é assim—se há uma maneira difícil de se fazer algo, por que escolher a mais fácil? Tinha comprado um purê super concentrado de maracujá no Co-op, procurava receitas diferentes e que, peloamordedeus, não tivesse leite condensado entre os ingredientes. A Maria Rê me passou a deste bolo lindo e ficou decidido que ele seria o escolhido. Descongelei o purê, que ficou muitos e muitos dias na geladeira esperando até que eu tivesse tempo para executar a receita. Quando finalmente consegui por a ideia em pratica, inventei de colocar a massa em forminhas bundt, que acabaram não desenformando bem. Foi o primeiro erro. O segundo erro foi usar um purê super concentrado da fruta, no lugar do suco, o que deixou o bolo muito mais denso do que deveria [eu suponho]. E finalmente, o terceiro erro foi a temperatura do forno, que acho que deveria ser um pouco mais baixa. Na hora de adaptar uma receita de um país para o outro, cada detalhe faz uma enorme diferença.

Os primeiros bolinhos desenformados eram um cenário desolador, lembravam qualquer coisa pos-terremoto. Nem com muito esforço sairia alguma foto decente dali. O sabor, entretanto, me nocauteou. Simplesmente delicioso! Bom, eu adoro maracujá. Sempre achei que o suco dessa fruta era o mais refrescante que existia, perfeito para matar qualquer sede de calorão muito bem matada. Suco de maracujá sempre foi o meu favorito, assim como eu também adorava comer a polpa pura de colher, direto da fruta, sementes e tudo, com um pouquinho de nada de açúcar.

O bolo ficou ótimo de sabor, mas a aparência estava deprimente. O Uriel ficou tentando cortar fatias em diagonal, o que só piorou a situação. Depois sugeriu que eu cobrisse tudo com uma camada de chocolate para esconder a tragédia. Resolvi então fazer outra receita e desta vez colocar numa forma comum. Repeti porem os erros dois e três, que só percebi que eram erros a partir da segunda tentativa. Mas desta vez o bolo ficou normal, apesar do bronzeado um tanto exagerado. Continuou massudo, mas a esta altura eu já estava chutando latas, nao conseguir repensar nada. Levei o bolo extra para os meus colegas de trabalho no dia seguinte. Não sei se você é assim, mas eu entro numa paranóia total quando ofereço algo feito por mim para pessoas que não são da minha família. Fico pensando que ninguém vai gostar, nem comer, ou pior, vão encontrar uma casca de ovo ou um fio de cabelo caídos acidentalmente na massa. Nem passo pela cozinha para não sofrer. Mas no final da manhã meu chefe veio me avisar que 2/3 do bolo já tinha sido devorado, afinal, ninguém ali e bobo de deixar passar um bolo de maracujá sem provar, né?

Para a massa:
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
5 ovos caipiras separados
1 xícara de polpa de maracujá – uns 2 ou 3, dependendo do tamanho
100 gramas de manteiga
1 colher de sopa de fermento em pó
Bater o maracujá no liquidificador. Bater as claras em neve. Reservar os dois.
Bater as gemas com o açúcar e a manteiga. Juntar o maracujá batido, depois a farinha e mexer bem. Misturar o fermento e por fim as claras. Despejar em forma untada e enfarinhada. Assar em forno pré-aquecido [*chutei a temperatura em 375ºF/ 190ºC, mas acho que pode ser um pouco mais baixo, em 365ºF/ 185ºC]
[*não fiz a calda]
Para a calda:
1 xícara de polpa de maracujá, batido no liquidificador
1 xícara de açúcar
Ferver até chegar numa consistência de geleia. Despejar sobre o bolo ainda quente.

18 thoughts on “bolo de maracujá”

  1. Oi Fer,não achei seu e-mail no blog, então te envio a receita por aqui mesmo.
    Bolo de Maracujá Fácil
    1 xic polpa de maracujá
    1 xic iogurte natural
    3 ovos
    1 1/2 xic açúcar
    3/4 xic óleo
    2 xic farinha
    1 col sopa fermento
    Bate o maracujá, o iogurte, os ovos, o açúcar e o óleo em liquidificador o suficiente somente pra misturar, sem quebrar demais as sementes.
    Peneira a farinha e o fermento num bowl e verte o líquido em cima, mistura tudo, coloca na forma escolhida (rende bastante), vai pro forno pré-aquecido 200 graus, aqui foram quase uma hora pra ficar pronto, tem que passar no teste do palito. Espero que curta.
    Beijo
    Roberta
    R: obrigadissima, Roberta! vou testar. beijoo, Fer

  2. OI Fer
    Curiosamente, fiz um bolão de maracujá com semente e tudo na semana passada que ficou divino e a receita estupidamente facil! Tudo no liquidificador e depois forno. Se quiser te envio a receita que entrou pro meu caderninho de receitas (coisa mais vovó :P).
    O seu bolo ficou meio massudo mesmo, mas se ficou bom ta valendo :).
    Existe maracujá aí pelas suas bandas? Do tipo local?
    Beijo
    ROberta
    R: quero a receita sim! obrigada. eu sei que tem gente que planta maracuja por aqui, mas eu nunca achei pra comprar local. bjo!

  3. Fer, qual o pedigree deste maracujá? É de alguma farm por perto ou é de algum país cucaracha?
    Abs
    R: Edu, nao vi de onde é, mas vou olhar e depois te digo. abs!
    R2: Edu, olhei e a fruta vem do Equador ou Peru.

  4. Ás vezes também sou assim, se puder complicar eu complico he he
    Maracujá é das minhas frutas favoritas, quando era criança a avó de uma prima minha tinha um maracujazeiro em casa e nós passavamos tardes a cortar maracujás ao meio e comer de colherada a polpa. É super saboroso 🙂
    Este bolo deve ser simplesmente delicioso, mesmo com todos esses contratempos!

  5. Fer,eu fiz agora a pouco para o café dos alunos a tarde,fiz meia receita. Ele ficou bem fofinho e cresceu direitinho,as sementes trituradas deixam ele super bonito.Olha, acho que isto que falas da consistência do purê faz sentido ,eu usei dois maracujás pequenos e ainda coloquei um tico de água para afinar um pouco(acho que o purê deve ser mais denso). Enfarinhei bastante a forma e saiu fácil.E usei três ovos pequenos. Bom,só para trocar uma idéia,eu diluiria este purê um pouco.Beijo!!

  6. Querida Fer, falando em tragedia de “servir algo preparado a pessoas que nao sao da familia”..ring a bell..haha wel, tem a lei de Murphy, nao? (Kc que o diga, shhhhh..haha)
    Amiga, muitos comments sobre seu post, que nao cabem aqui. Bela escolha, nonetheless:):)
    Bjs

  7. Tb morro de medo de oferecer minha comida para os que não são da família…fico ansiosa, sempre achando que não vai agradar e que dizem que ficou bom por educação!
    Só não imaginava que VC tb passasse por isso!
    Risos…bjs!

  8. Desde que vi uma receita de bolo com pedçaos de morango estou treinando para fazer um bolo. Achei que tivesse perdido a batedeira, mas achei! Vou arrumar um tempinho e fazer…adorei a idéia porque adoro maracujá.
    bjs

  9. Nossa, Fer!
    Eu sofri junto com você pelo Twitter mas nem imaginava que era uma receita minha. Ainda bem, senão teria sofrido ainda mais… 😉
    Que bom que o povo gostou. Esse bolo sempre fez muito sucesso por aqui.
    Fiquei muito feliz por você ter feito uma receita minha (minha não, né, veio da minha mãe, e sabe-se lá de onde surgiu de fato). E envergonhada por ter esse padrão relaxado na cozinha quando li que você teve que chutar a temperatura do forno. Mas o fogão azul não tem marcação! =)
    beijos

  10. Eu tbem adoro comer maracuja na casca e Matheus pelo jeito puxou a mae pois ele eh simplesmente louco por maracuja. Acho q eh a fruta/alimento q ele mais come quando vamos ao Brasil, maracuja. Ele pede suco de maracuja todos os dias se puder e a fruta na casca, com um tico de acucar… tao bom ne Fer!?!
    Adorei a receita do bolo, facil de fazer! Vou tentar um dia desses aqui pois tenho polpa de maracuja no freezer tbem. E tenho certeza q vai ser muito bem vindo um bolinho desses por aqui!
    Quanto a paranoia de levar comida p/ o servico… eu fico meio “assim” quando a coisa nao ta la com a aparencia muito boa. Mesmo sabendo q o gosto eh bom eu ja reparei q as pessoas por aqui vao muito pela aparencia da comida e alguns deixam de experimentar por isso – ou porque minhas comidas sao meio “exoticas” segundo alguns americanos… sera?! Tenho uma coisa com essas pessoas q nao sabem comer de verdade… se eh bolo de caixinha o povo cai matando (e achando uma delicia)…. argh, q raiva me da, mas esse eh outro assunto ne!
    Beijao!
    Ana

  11. Fer,qual o tamanho da xícara que usaste em ml??
    (tu irias então adorar o maracujá doce que eu tenho no meu quintal,é dessas frutas que não existem para vender,o gosto do maracujá e doce naturalmente,tu conheces?? é uma sobremesa já pronta para o consumo).Beijo!!
    R: Mariângela, minha xícara é a padrão americana com 250ml. ja comi esse maracuja doce e foi uma das frutas mais deliciosas que provei na minha vida! 😉 beijo

  12. Fer,
    Faz 3 anos que casei e ainda não cozinhei pra ninguém (tirando meu marido, claro!) por puro medo! Imagino que mesmo as receitas que já fiz e deram certo podem dar errado na hora H…
    Achei engraçado saber que até vc fica pensando que ninguém vai gostar!
    bjs

Deixe a sua pitada: