gelado de amora & pera assada

gel-pera-amora_2S.jpg

O meu farmers market é bacana o ano todo, mas no verão ele me provoca um faniquito especial, porque se enche de produtos maravilhosos, pelos quais eu esperei meses e meses, como os damascos, os pêssegos e os tomates. Vou comprando tudo como se não houvesse amanhã e muitas vezes esqueço que é também no verão que eu passo muito mais tempo sozinha, pois essa é a época em que o Uriel mais viaja. Com uma cornucópia exagerada de produtos espalhados pela bancada da cozinha, é sempre aquele ziriguidum upalêlê para consumir tudo o que comprei e não deixar estragar nada.

As peras, de casca cor de burgundy, eu tinha comprado na semana anterior seduzida pela delicadeza dessa variedade que se antecipa à estação. O rapazinho de chapéu que vendia as frutas me falou o nome da variedade, mas não consegui de jeito nenhum encontrar alguma informação sobre elas. Mas ele me falou—você tem um olho bom pras coisas boas. Pois é, mas as peras ficaram lá esperando por uma idéia, até que eu percebi que elas já estavam bem maduras, Descasquei, parti ao meio e grelhei todas elas na churrasqueira. Guardei as peras assadas e meio caramelizadas no próprio açúcar natural na geladeira, onde elas ficaram esperando pelo aparecimento de alguma idéia brilhante para poder usá-las.

Enquanto isso, eu lidava com a abundância de frutas compradas naquela semana—pêssegos que tiveram que ser congelados, ameixas de duas variedades que comi em quantidades exageradas como snack no trabalho, mais melões ultra perfumados que deixaram a minha cozinha cheirando à maracujá. E as amoras, que decidi usar para fazer sorvete. Sim, paciência, mais um sorvete!

E fiquei um bocado de tempo pensando—amora com quê? amora com quê? amora com quê? Plin—amora com pera assada!

Fiz esse sorvete numa piscada, 1 xícara de creme de leite fresco, 1/2 xícara de leite integral, três peras assadas, uma caixinha de amoras e mel a gosto [e a vodka invisível, claro]. Comi esse sorvete também de uma piscada. E comi tudo sozinha, nem dando chance pro Uriel experimentar esse gelado super roxo, que ficou incrivelmente gostoso.

17 comentários sobre “gelado de amora & pera assada”

  1. Querida Fer
    Adoro seu blog e seu estilo de ser e escrever. Obrigada por compartilhar informacoes e receitas tao preciosas. Adquiri uma sorveteira e estou empolgada seguindo varias de suas receitas e inventando outras. Moro tambem aqui na California, em LA (Manhattan Beach), entao adoro varias dicas que voce posta em relacao a culinaria na America. Um duvida: se eu nao tiver vodka em casa, posso colocar essa quantidade invisivel de outra bebida alcoolica, como o vinho branco? Obrigada! abracos, Sara
    R: Sara, que bacana te conhecer! fico feliz que voce se aventura nas receitas. acho que pode usar qualquer bebida alcoolica, dependendo do sabor do sorvete. beijao, Fer

  2. Fer, menina essa história com sorvetes aqui também me deixa louca!!! Eu estou totalmente in love com sorvetes e desde que ganhei minha sorveteira fico pensando em mil tipos de sorvetes e frozen yogurts…o problema é que está um frio danado por aqui… no final de semana fez 12,5ºC…e tudo bem, adoramos sorvetes, mas eu fico imaginando se essa sorvetaiada faz bem no frio…no final não ligo e comemos assim mesmo! Imagino no verão!
    O engraçado é que sou chocólatra…ou melhor, sempre fui, e agora estou muito, mas muito mais empolgada com as frutas do que com o chocolate…a gente muda, não?
    Beijos e adorei a cor e a combinação!
    R: Verena, aqui na America do Norte consome-se sorvete year-round, com qualquer tempo, entao nao deve fazer mal, neh? manda bala nas combinacoes de frutas. mesmo no inverno ai no BR tem frutas abundantes. bjo, Fer

  3. Fer, você está prestes a criar uma franquia : Chucrute’s – Sopas frias e sorvetes diferenciados.
    Muito bom !
    Abs.
    Obs – Vê se me reserva a vaga pra abertura da loja aqui em São Paulo, tá ?

  4. Que cor fantástica 🙂 Como fazes este gelado, é só bater tudo e depois colocas na sorveteira?
    R: sim, o mesmo procedimento de sempre. liquidificador –> sorveteira.

  5. Tenho estado ausente dos meus blogs queridos e agora que vi essas lindas fotos e o texto inconfundível, me dei conta de que não posso passar tanto tempo sem passar por aqui.
    Ainda no Rio (era para ficar 15 dias….), mando um beijo desejando que o verão colorido lhe dê cada vez mais inspiração para levar à mesa coisas gostosas e para dar um show nas fotos que posta.
    O blog está lindo como sempre!!

  6. Fernanda, Seu blog é o máximo! Adorei, cheio de bossa! Parabéns pelo bom gosto e pelas receitas super originais! Se vc quiser me segue lá no meu blog, vou lançar um desafio hoje, para instigar as boas e criativas cozinheiras. Bjs, Paula
    R: muito obrigada, Paula! 🙂

  7. Essa cor fica surpreendente 🙂
    Estou a tentar imaginar as pêras com as amoras, deve ser maravilhoso! Adorei a chávena/xícara 😉
    R: ficou uma mistura muito auspiciosa! incrivel como algumas coisas se combinam bem. 🙂

  8. Querida Fer
    Eu adoro os seus gelados, até agora fiz todos que vc colocou no blog e ficaram maravilhosos!
    Obrigada!!!
    k
    R: ah, adorei saber disso, Karina! 🙂 beijo, Fer

  9. Oi Fer,
    já acompanho o blog há um tempo e fiz várias das receitas – todas SUBLIMES! – mas não tenho facilidade pra encontrar creme de leite fresco por aqui, então me diz: tem como substituir pelo de lata? sei que se aquecido, o fresco fica com uma consistência completamente diferente… e então? preciso do teu help! Brigadão! beijocas e parabéns pelo dom de fazer pratos tããããão deliciosos!
    R: Circe, que bacana, fico feliz em saber disso! 🙂 qto ao creme de leite em lata, eu nunca usei ele pra fazer sorvete, entao nao tenho conhecimento pra te dizer se ele pode substituir o fresco ou nao. mas tenta usar num sorvete simples e depois me conta o resultado, tah? beijo, Fer

Deixe a sua pitada: