chanterelles refogados

chanterelly_fresco_1S.jpg
chanterelly_fresco_2S.jpg chanterelly_fresco_3S.jpg
chanterelly_fresco_4S.jpg

No filme La Cérémonie do francês Claude Chabrol tem uma cena onde as personagens desajustadas da Isabelle Huppert e Sandrine Bonnaire passam o dia juntas. Quando elas se encontram, Huppert está saindo do meio do mato segurando muitos cogumelos na blusa. Eram chanterelles, que ela refoga rapidamente numa frigideira e serve, acompanhados de pão fresco e um copo de vinho, no almoço em que revelam seus crimes e pecados. Elas devoram os cogumelos refogados com grande intensidade e excitação. Há muitas cenas marcantes neste filme deveras perturbante, mas a dos cogumelos refogados se destacou pra mim, por razões óbvias.
Almoçei sozinha no sábado, sem ninguém para dividir meus crimes e pecados, mas preparei uma porção grande de chaterelles frescos, que refoguei rapidamente no azeite e salpiquei com flor de sal na hora de servir. Devorei o prato todo acompanhado de uma taça de vinho.

4 comentários sobre “chanterelles refogados”

  1. Nossa, adoro esses cogumelos! Mas só comi duas vezes na vida: ambas durante uma viagem de 1 mês à Suécia… lá era comum as pessoas se aventurarem nas florestas pra procurar os chanterelles. Quem me dera encontrá-los por aqui! 🙂

  2. Eu adoro tudo que é cogumelo… Mas estes ainda não encontrei no supermercado. Infelizmente, há produtos que não consigo encontrar porque, certamente seriam devorados com a mesma vontade com que tu o fizeste 🙂

Deixe a sua pitada: