feijoa

feijoa_ano2.jpg

Meu primeiro encontro com a feijoa foi num Farmers Market no ano passado. Foi uma surpresa descobrir essa frutinha muito parecida com a goiaba, em gosto, cheiro e forma. Também foi surpresa descobrir que ela é conhecida como Mexican guava, embora seja original do sul do Brasil. Este ano já encontrei as feijoas novamente no mercado e já me deliciei com a sua doçura perfumada.

Mas surpresa mesmo eu tive quando um dos meus colegas entrou no prédio numa manhã anunciando—vocês viram que esses arbusto que temos na frente da porta é de Mexican guava? Fui correndo olhar e lá estavam mesmo as frutinhas verdes penduradas. Toquei, cheirei e comecei a rir do meu grau de distração e falta de percepção. Eu passo todo dia em frente desses arbustos, pois eles formam uma espécie de biombo entre a nossa porta dos fundos e a rua. Ali ficam sempre uns dois ou três esquilos que me assustam quando pulam de galho em galho. Outro dia tinha um lá coitado, tão pelado, talvez com algum tipo de doença de pele esquilítica que o deixou parecendo um rato. Com todo esse tempo gasto, entrando e saindo pela porta, observando e me sobressaltando com os esquilos e tal, como foi que eu não percebi que estava em frente à um pé de feijoa?

26 thoughts on “feijoa”

  1. Moro em uma chacara em Maringa-Parana, onde tenho uma grande variedade de frutos; dos quais as especies de araça amarelo, roxo e vermelho e tambem a feijoa que por sinal esta florindo agora em setembro. Ainda nao conhecia o fruto da feijoa e por isso que pesquisei para conhecer.

  2. Plantei uma feijoa, há cerca de 2 anos na minha casa na freguesia de Melres, Gondomar. aqui os invernos são relativaente frios e os verões bastante quentes. A planta desenvolveu-se muito poucoe frutos ainda não deu. Perguntas:1)será do terreno,relativamente rochoso argiloso?2) será pouca ou muita rega? Será falta de adubo? Como e quando adubála? Poda? Como e qd. fazê-la?
    Ficarei muito grata se me ensinarem a cuidar desta planta bonita exótica.

  3. Araçá, goiaba silvestre(feijoa), guabijú, guavirova….lembram-me a infância, não que eu seja tão velho assim, mas preservo estas espécies no quintal.

  4. Também tenho duas feijoas que dão frutos muito saborosos.
    Fiquei curioso em saber onde encontrar à venda a planta ARAÇÁ.
    Vivo na zoa de Viana do Castelo.
    Desde já grato pela atenção dispensada.

  5. Aqui em Tijucas do Sul-Pr se encontra nas casas e nos matos a goibinha-do-mato.Mas já está ficando rara a ocorrência na natureza.Mas ainda preservo em meu viveiro,juntamente com o guabijú(Myrtaceae),outra fruta saborosa de ocorrência no Sul e pouco conhecida. Até mesmo por aqui.
    Vale a pena pesquisar estas variedades.Juntamente com o sete-capote.Plantas que têm potencial para o cultivo e comércio.
    P.s.Ainda não tenho o sete-capotes..
    Abraços

  6. Sim. Também eu tenho uma FEIJOA, aqui em Sintra”. Este ano deu tantos frutos quantas as folhas e grandes e doces… Tenho-me deliciado com eles, não só “trincando” como em batidos.
    Comprei-a como árvore de jardim, sem saber que dava frutos; foi uma surpresa muito agradável.
    Isilda

  7. Um pouco atrazada, mas minha contribuição para dar a conhecer esta fruta.
    Aqui no meu quintal – Porto, Portugal – tenho um arbusto de feijoas. Floresce em Maio com as flores mais lindas que eu já vi. Os frutos, que nós tb chamamos feijoas, confundem-se com as folhas e só nos apercebemos deles qundo começam a cair, no princípio de Outubro. Este ano estão excepcionalmente doces. Não sendo uma fruta vulgar nos mercados é fácil ver as suas árvores em quintais daqui.
    Também tenho araçãs mas estes são muito doces e vermelhinhos, com pouca acidez, em nada parecidos com as feijoas.
    Um beijo de Portugal
    Isabel

  8. A querida Fafah deu a palavra final–feijoas sao feijoas e nao araças! Mexican guava, goiaba do mato ou feijoa. E sao otimas! beijos! 🙂

  9. fiquei curiosa e comprei hoje no supermercado uma caixinha de araçás… definitivamente não são feijoas. os araçás teem mais caroços e menos polpa. abri um ao meio e comparei com a foto: não são!(ao menos os daqui do nordeste do Brasil chamados de araçás)

  10. Márcio, muito obrigada por procurar e trazer pra cá essa informacao. Segundo a Franciele o que tenho aqui eh feijoa, a goiaba do mato, pois ela eh bem docinha e aromatica, perfumada. Nao é nem um pouco acida. E eh bem firme, nao eh mole. Uma fruta bem interessante, gostosa e pelo jeito cresce facil em qualquer canto! 😉
    beijo para todos!

  11. fer, mais uma colaboração…aqui na serra do RS essas duas frutinhas, o araçá e a feijoa (goiaba do mato) são muito comuns! mas são frutas, apesar de parecidas aos olhos, bem diferentes. o araçá é mais amarelado e tem a casca mole, enquanto a goiaba do mato, mesmo quando madura, tem aspecto verde e casca bem dura! além disso, o araçá é um tanto mais ácido!
    abraço a todos!
    Franciele…Caxia do Sul

  12. Como colaboração, pesquisei na Wikipédia….também não conhecia a feijoa….
    Acompanho sempre (há duas semanas) o blog
    Muito bom
    Márcio
    Feijoa
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    A Wikispecies tem informações sobre: FeijoaFeijoa (=Acca) é um gênero da família Myrtaceae que inclui uma única espécie, a Feijoa sellowiana, conhecida vulgarmente por goiaba-serrana ou goiaba-ananás. É um arbusto vivaz ou árvore de pequenas dimensões, atingindo de 1 a 7 metros de altura, originário das terras altas do sul do Brasil, Uruguai e norte da Argentina.
    O fruto amadurece no outono e é de coloração verde, com o tamanho de um ovo de galinha e de forma elipsóide. Tem um sabor agradável, aromático e doce. A polpa é sumarenta, dividindo-se numa parte mais gelatinosa, onde estão as sementes, e uma parte mais firme e levemente granulada junto á casca. O fruto cai da árvore quando maduro mas pode ser colhido antes, de modo a não ficar danificado. A polpa granulada junto à casca pode ser utilizada como esfoliante.
    O botânico alemão Otto Karl Berg nomeou o género em honra de João da Silva Feijó (século XVIII), director do Museu de História Natural de S. Sebastião, no Brasil.
    É uma planta de ambientes quentes-temperados a subtropicais, desenvolvendo-se também nos trópicos, requerendo, contudo, alguns dias de baixas temperaturas (chilling requirement) para poder frutificar. No hemisfério norte tem sido cultivada até à Escócia mas nem sempre frutifica porque temperaturas abaixo dos -9°C destroem os botões florais. É uma planta bastante popular na Nova Zelândia, onde é cultivada nos jardins.

  13. Coincidência engraçada… Semana passada vi essa frutinha pela primeira vez, no mercado onde vou todas as semanas comprar minhas frutas e legumes. Acabei por não trazer por não saber se era boa ou que gosto tinha, mas se você garante, essa semana não saio de lá sem!! 🙂 Beijo *

  14. aqui no sul esta frutinha se chama araçá,tem gosto parecido com goiaba porém mais ácida, no meu antigo sítio tinha as duas variedades,verde e vermelha,a vermelha mais docinha, a chimia desta frutinha é uma delícia,super perfumada e cremosa mas dá um trabalho enorme pois só se usa a parte externa e a polpa de dentro,sem sementes…nunca ouvi falar em feijoa, que diferente,beijo!

  15. Fer, lá onde meus pais moram (São Joaquim) também chama-se Goiaba do Mato e é uma delícia mesmo, embora meio difícil de achar… você conhece Araçá e Araçaúna???? Lembro dessas frutinhas primas da goiaba de quando era pequena e achávamos uns pezinhos no caminho para a praia…acho que são mais de locais onde o solo é mais arenoso…hummmmmm, flashback total!
    Beijos!

  16. aqui na minha terra (Caxias do Sul – RS) e nos arredores interioranos chamamos de goiaba do mato! quando pequena sentávamos embaixo de seu pé e comiamos o miolo de colherinha! e é uma delícia, não é?
    Abraços
    Franciele

  17. Olha a loucura da cabeça da pessoa: eu li o texto inteirinho com um vício de leitura “feijoada” ao invés de feijoa. Por isso que o meu comment ficou completamente sem nexo.
    Feijoa é a mulé do feijão? Hahahahahaha!!
    Bjos

Deixe a sua pitada: