salmão assado no papel

Fazia muito tempo que eu não preparava um peixe assado no papel. Fica ótimo, muito saboroso porque retém todos os liquidos e sabores, e é saudável. Hoje, dia perfeito para um prato desses, porque são três da tarde e eu já estou na frente da tevê, vendo as chatonildas da Joan e Melissa Rivers no Red Carpet em Los Angeles.
Da revista Martha Stewart Living de janeiro de 2005:
Salmon, spinach, and potatoes baked in parchment
1 colher de sopa de manteiga amolecida
1 colher de sopa de alcaparras escorridas, lavadas e picadas
1 colher de sopa de salsinha picada
1 dente de alho picado
1 batata grande ralada em fatias bem finas – eu usei 4 pequenas
Sal grosso e pimenta do reino moída a gosto
2 shallots em fatias finas – eu usei uma cipollini pequena, mas qualquer cebola vale
1 xícara de espinafre – a receita pede baby, mas eu não tinha, então usei cress
2 filés de salmão – usei o selvagem
1 limão amarelo cortado em fatias

salmaonopapel1.JPG

Pré-aqueça o forno em 400ºF/205ºC. Corte duas folhas de papel para assar – parchment paper – 40X50 cm.
Misture bem a manteiga, alcaparras, salsinha e alho. Reserve. Rale as batatas. Dobre o papel no meio e coloque metade das batatas forrando o meio de um dos lados. Tempere com sal e pimenta. Salpique com parte da cebola picada. Forre com metade do espinafre [ou outra folha verde], coloque o filé por cima e salpique com mais cebola picada. Cubra com algumas fatias de limao e coloque metade da mistura de manteiga sobre o limão. Feche o papel como se fosse um pastelzão. Vá dobrando o papel formando uma lua, tentando deixar o mais lacrado possível. Faça o mesmo procedimento na outra folha de papel com o outro filé. Asse por uns 20 minutos, ponha os pacotes nos pratos e abra cuidadosamente com uma faca ou tesoura, pois pode sair um vapor quente.

salmaonopapel2.JPG

Esse peixe fica delicioso, com uma caminha de batata perfeita, mais todos os outros temperos que misturam-se ao salmão de maneira super delicada. E o melhor de tudo é que não suja absolutamente NADA!

15 comentários sobre “salmão assado no papel”

  1. Fiz e a-do-rei! A delicadeza dos sabores e o aroma do alho, alcaparra e limão siciliano são inebriantes. E as cores então?! Um prato simples de se fazer e fácil de impressionar. Ah, e não fica cheiro nenhum na cozinha, não, pois o peixe é cozido no papilotte lacrado.
    Ah, e parabéns pelo blog. Não conhecia e já virei “fãzão”.

  2. discordando da gabby, fiz e adorei!
    eu gosto de salmao, mas nunca faco porque o cheiro na cozinha (e na casa, para os adeptos da cozinha americana) fica insuportavel.
    desta vez tentei de novo. fiz, foi rapido, nao sujou louca, nao deixou cheiro e o gosto e muito delicado! perfeito! 🙂

  3. Feeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeer, eu desisti de fazer salmão, mesmo no papillote, porque minha casa fica inteirinha com aroma de salmão, buááá
    você tem alguma super mega master dica para que isso não aconteça? ou não tem jeito?
    (aaahhh, tem duas gatonildas novas lá em casa, tchans!)
    beijããozão

  4. Fer, este prato me conquistou… vou experimentar qualquer hora… estivemos em Campos no Carnaval, meu marido pediu truta e eu salmão, ele disse por que não truta? Porque posso saborear meu salmão e ainda roubar sua truta… 🙂

  5. Que lindo!!! Uma delícia dessas para acompanhar o Oscar é tudo de bom mesmo, pena as duas Rivers serem tão chatinhas… mas devem fazer sucesso pois estão lá todo ano marcando presença!
    Um beijo!

  6. Oi, Fer! Também estou assistindo ao Oscar, e já chorei, já dei risada… eu sempre me emociono muito! E queria te dar os parabéns pela matéria no Diário do Nordeste! Yay! ;o) Beijão!

Deixe a sua pitada: