Como gerenciar uma casa vitoriana

Isabella Beeton é um ícone inglês. A Martha Stewart da era vitoriana. Uma moça fina, que casou e morreu cedo, e na sua breve carreira como a mistress de uma grande casa na Inglaterra do século 19, ela foi a dona de casa perfeita, ou quase perfeita. Não só fez tudo que era exigido de uma senhora de classe, como escrerveu um dos livros mais completos de economia doméstica. Mrs Beeton’s Book of Household Management é considerado a biblia das donas de casa inglesas do seu tempo. O que essa mulher fez em tão pouco tempo foi incrível. Casou-se aos 20 anos, teve vários filhos, escreveu o calhamaço de mais de mil páginas e morreu de infeçcão pós-parto aos 29 anos. No livro de Mrs Beeton você pode encontrar informação para tudo – receitas de comida, de produtos de limpeza, descrição minuciosa de todos os itens necessários para se gerenciar uma casa – funções individuais, tanto da mistress quando dos empregados, custos, despesas, como montar uma cozinha eficiente, descrição detalhada dos alimentos, como receber, como visitar, trabalhos manuais, cuidados com a higiene, cuidados na gravidez, com os bebês e crianças, descrição de doenças e tratamentos, e o que mais você conseguir imaginar. As receitas de Isabella são um caso à parte. Ela não só listava os ingredientes em quantidades exatas – a precursora das receitas com medidas – como explicava tudo muitro bem explicadinho, para senhoras jovens recém-casadas, ainda na fase de aprendizado, poder entender. E ainda dava o tempo que levava para preparar o prato, mais a disponibilidade dos ingredientes nas diferentes épocas do ano, a quantidade de pessoas que o prato poderia servir e, pasme, o custo do preparo da receita! Martha Stewart não nasceu ontem! Um pequeno detalhe, que só foi descoberto anos mais tarde, é que a rainha do lar vitoriano era na realidade uma plagiadora. Ela simplesmente copiava informações de outras fontes e compilava como se fosse de sua autoria no seu livro. Apesar dela merecer o mérito pela reorganização e esmiuçamento da informação, ficou explicado como ela pôde fazer tanto com tão pouco tempo e experiência. Não disse? Martha Stewart não nasceu mesmo ontem!
* O livro de Isabella Beeton está hoje no domínio público e pode ser lido na integra AQUI e AQUI. As fotos, tiradas da Wikipedia , são também do domínio público.

Bhm_title.jpg Puddingsbhm.jpg
Clique nas imagens para ampliar

8 thoughts on “Como gerenciar uma casa vitoriana”

  1. Fer, querida, sou fascinada pela época vitoriana. Meu trabalho de conclusão de curso envolveu pesquisa sobre ela (utilizei como linha de orientação um livro de Oscar Wilde). Adoro.
    Aquela coisa de vc poder fazer tudo, desde que os outros não soubessem… risos A hipocrisia, os pensamentos velados, enfim. Acho muito bacana esse contexto social, especialmente se observarmos o quanto a nação progrediu num curto espaço de tempo.
    Anyway, voltando à nossa “heroína”, que interessante! Não a conhecia, depois vou “fuçar” mais a respeito.
    Tks for sharing, super Fer!

  2. fer, adorei a dica das fotos! adoro bisbilhotar esses livros antigos!
    ah, tenho umas galinhazinhas d’angola na janela. cada vez que olho pra elas lembro de fazer uma foto para te mostrar, depois me esqueço. quem sabe tendo escrevido aqui eu consigo ativar a memória, né?
    beijos

Deixe a sua pitada: