todo dia eles fazem tudo sempre igual

Meus dias se iniciam às seis e meia da manhã, que nem consigo dizer ‘manhã’, pois ainda está escuro. Vou para a cozinha com dois gatos pulando entre as minhas pernas. Ponho uma xícara com água no microondas pra fazer meu café com leite e um waffle na tostadeira. Vou até a laundry e pego os potinhos e a lata de rango felino. É um excitamento, uma coisa tão dramática que dá a impressão que os bichos ficaram uma semana sem ver comida. Eles correm pra laundry quando me vem caminhando pela cozinha com os potes e se arranjam no tapetinho, sempre na mesma posição: Roux pra direita, Misty pra esquerda. Volto pra cozinha, termino de preparar meu café, que é minguado, pois todos já sabem que não tenho apetite logo que acordo. Sento e bebo o café com leite enquanto leio e-mails, bloglines. Enquanto isso os mortos de fome devoram o rango, o Roux tudo de uma vez só, o Misty fazendo pausas de lord pra lavar as patas, como quem usa um guardanapo de linho. Eu ainda estou na cozinha lendo quando começa a função do banheiro. Todo dia é a mesma coisa e todo dia eu fico rindo alto, considerando o meu permanente mau humor matinal. Primeiro vai o Roux, que faz tudo escandalosamente. Esse gato não faz nada discretamente – come fazendo barulho, caga e mija fazendo barulho, até para andar pela casa ele faz barulho. No banheiro dá a impressão que ele vai virar a caixa de cabeça para baixo. Finalizado a aliviação geral da fome e dos intestinos, ficam os dois caminhando pela casa, como que procurando coisas pra fazer. Se encaram, o Roux dá pulinhos, tenta dar um bote no Misty, que sai correndo injuriado. Um tédio de vida…. Nessa altura já são sete e alguma coisa e eu subo pra tomar banho, me arrumar. Rotina de gato é divertida de se observar, mesmo com um humor azedo, às seis da madrugada.

9 comentários sobre “todo dia eles fazem tudo sempre igual”

  1. Fer, teus gatos comendo me lembraram meu irmão e eu… O João Paulo sendo o Roux e, o Misty, moi.
    Quando éramos crianças e ganhávamos chocolate, danone e afins ele comia tudo correndo, numa lambança só e eu em pequenas mordidinhas/porções minúsculas.
    Depois ele vinha pedir as minhas coisas (já que as dele acabaram em 1 segundo) e a minha avó ME FAZIA DIVIDIR!
    Não é à toa que sou tão ciumenta com as minhas coisas até hoje.
    Bjs, querida, delícia de post!

  2. Fer,
    6 da manha?! To com inveja! :o) Brincadeira. Eu acordo as 5 da manha ou ate mais cedo – dependendo do meu little guy que tem quase 5 meses de idade e ainda nao dorme a noite inteira. Eu escolhi trabalhar de 7 da manha as 3 da tarde, assim eu posso pega-lo na creche cedo e passar algumas horas com ele antes de ir dormir. Eu saio de casa as 6 da manha e apesar de estar ainda escuro e estrelado as estradas estao super-movimentadas. Como a maioria das pessoas por aqui (DC area) trabalham pro governo, muita gente escolheu esse horario.
    PS: Coloquei um link do seu blog no meu blog!

  3. Oi Fer, dei boas risadas por aqui imaginando a cena! No quesito xícara-água-microondas e café minguado eu sou IGUALZINHA! Juro! eheh Pensei que eu fosse a única a fazer café desse jeito 🙂
    Beijo

  4. oi, querida. adorei saber da rotina dos seus gatos. eles até que são calminhos, pelo menos não te acordam às 5:30, como faz a minha keka, apenas pra você fazer carinho na barriguinha dela, enquanto assiste a bonitona comer. é demais, né? mas eu já acostumei e até dou risada. ela é uma fofa, como devem ser os seus roux e misty. bichos mudam o meu humor pra melhor. ah, e eu também sou fã de uma boa caneca de café com leite pela manhã. sem ela o dia não começa. beijão!

  5. Olá Fer, logo pela manhã soltei uma risada com este texto, tenho uma cadela a Viky de raça cão de àgua, pequena, também ela é demais, activa mas não tão acrobática como os gatos…mas faz coisas muito engraçadas, ela sabe sempre quando vou lavar alface para a salada, começa aos pinotes junto da bancada porque adora os talos da alface, os animais são demais, só lhes falta mesmo é falar!!!!
    Um dia destes apresentarei a Viky no meu blog…
    Beijos

  6. Oi Fer, deu muita rizada com esse seu texto, tenho dois gatos também, um casal. E a femea, a Lucy é um escandalo também, muito comico. Já o Fellini é um lord inglês. Beijos

Deixe a sua pitada: