cooking for one

Finalmente acabou a colheita da azeitona e do pistacho, e meu marido volta para Davis e para suas atividades normais – que não exclui correria, mas pelo menos é por aqui! Foram algumas semanas de omeletes, saladas, sanduíche de queijo com tomate, macarrão e outras improvisações. Eu não tenho motivação para cozinhar só para mim. Ontem fui pintar minha cabeleira mariabetânica descabelada, que estava lindamente multicolorida. Fiquei no salão, lendo revistas da Oprah até tarde. Saí de lá com tanta fome! Já tinha me decidido parar num restaurante no caminho de casa – eu faço tudo à pé aqui em downtown, mas depois que me vi no espelho com uma kanekalon NEGRA, parecendo um corvo corcunda gigante, resolvi só passar no lugar das saladas e pegar uma to-go. Mas da esquina já vi a fila dentro do lugar e desanimei total. Corri pra casa e preparei o famigerado alho e óleo com uma massa integral, e temperei uma salada de rúcula com tomates secos. Um copo de vinho e voalá – melhor do que qualquer restaurante. Mas com a volta do Uriel, vou poder retomar às minhas excursões culinárias, sem falar que ele está trazendo da fazenda uma tonelada de azeitonas fresquinhas, e já falou – procura uma receita para prepará-las. Azeitonas verders virgens, alguém sabe como processar as ditas?

11 comentários sobre “cooking for one”

  1. Fe, vc é muito engraçada.Já visualizei a cabeleira desvairada da Maria Bethania pelas ruas da tua cidadezinha.
    Gosto de cozinhar para mim. Mas realmente AMO cozinhar para mim mais para os meus.rss
    Vou ver se acho umas coisas interessantes sobre azeitonas.bjs

  2. Fer, eu de novo. Daqui a pouco vc começa a me cobrar o m2.
    Ri tanto da história da cabela que esqueci de comentar que sinto o oposto sobre cozinhar para me, myself and I: gosto muito!
    Meu marido é fresco demais pra comer, então não dá pra ousar muito com ele por aqui.
    Quanto ele não está, daí fico free as a bird e mando ver na cozinha o que me der na veneta!!

  3. Fer, estou ainda a rir sozinha aqui com sua cabeleira! Fora o comentário da Patricia, aí foi gargalhada total! rsss
    Tbm não tenho muita motivação para preparar o jantar quando meu marido está no turno da noite, sei bem como é essa rotina de sandubas, saladas e pasta!
    Sinto não ter nenhuma idéia para fazer com as azeitonas. Seria ótimo se vc pudesse fazer seu próprio azeite, não?

  4. Como a Dadi eu morri de rir com sua cabeleira mariabetânica. Que delícia hein Fer, adoro azeitonas e pistachios, yummy.
    Tenho uma receita de pescada em crosta de pistache que é deliciosa.
    Beijos e bom final de semana.

  5. ia justamente falar o mesmo que a cris. a lara fez um post sobre isso não tem muito tempo.
    e cabeleira mariabetânica me fez rir muuuuito!
    quem me chamou/ quem vai querer voltar pro ninho/ e redescobrir seu lugaaar
    ;** e bom finde

  6. Olá Fer, alguns dias atrás, enquanto visitava o blog depósito de receitas damasco vi um post de Outubro, onde a Lara explica como curar azeitonas em salmoura, não sei se é esse tipo de conserva de azeitonas que voçê procura, é uma questão de voçê ver.
    Espero ter ajudado.
    Beijos
    Cris

Deixe a sua pitada: