Quivira

quivira quivira
quivira quivira
quivira quivira
quivira quivira

Anos atrás eu comprei uma garrafa de vinho zinfandel da vinícola Quivira no Whole Foods. Fui atraída pelo rótulo simples e chique e pela produção biodinâmica—o que implicava num vinho feito não apenas com uvas não tratadas com pesticidas e quimicos, mas levando em conta todo o meio ambiente. Já tinhamos visitado uma outra vinícola biodinâmica e ficado encantados com toda a filosofia e pratica. E o vinho é nada menos que delicioso. Quis conhecer essa também. Não deu para reservar um tour pela vinícola, porque eles só tinham para o periodo da manhã e não iríamos conseguir chegar lá em tempo. Uma pena, pois gostaria de ouvir a história do lugar e como eles aplicam os conceitos da biodinâmica no vinhedo. Mas andamos pelo lugar, que é muito bonito e tem uma horta enorme, com um galinheiro repleto de Felizbertas. Também fizemos o tasting padrão, com um branco e quatro tintos. Minhas preferências foram o sauvignon blanc e o zinfandel. Ficamos de convercê com o moço que nos serviu o vinho, ele nos perguntou de onde vinhamos e se trabalhávamos na UC Davis. Quando fui pagar o tasting de três pessoas e mais uma garrafa de vinho, o moço disse—vou dar um desconto pra vocês, porque vocês trabalham pra UC Davis e a UC Davis nos ajuda muito com pesquisas. Pro nosso choque e espanto, o desconto foi de 100% para os tastings e mais umas patacas descontadas da garrafa de sauvignon blanc que eu levei pra casa! ♥

2 comentários sobre “Quivira”

  1. Oi Fer. Gosto tanto das descrições dos seus passeios. É uma pena que aqui no Brasil esse tipo de turismo praticamente não exista, ou é restrito ao sul, não sei. Mas continue nos alegrando e nos fazendo babar nas fotos.
    Abraços!
    R: Valeria, as vinicolas californianas sao uma cultura a parte. mas o sul do Brasil deve ser parecido. beijo!

  2. Nao e’ incrivel ter esse tipo de experiencia? Amei a descricao e na proxima vez que estiver pelas paragens, vou passar por la’
    pena que sou meio wimp para wine tasting – vou ter que aprender a tecnica de “spitting” porque meu organismo nao concorda com tastings durante o dia. Meu lance e’ um vinhozinho com o jantar e estamos conversados 😉
    R: Sally, mas mesmo sem beber vinho vale a visita! 🙂

Deixe a sua pitada: