empanadas de verdura

empanada-veggie_1S.jpg

Me meti novamente a fazer empanadas, não porque seja fanzoca desses pastelzinhos, mas porque fiquei encantada com a foto ilustrando a receita na revista Food & Wine e porque achei o recheio o fino da bossa. Nem preciso dizer que as minhas empanadas não ficaram iguais às da foto da revista, né? Mas pra isso eu tenho uma excelente teoria, que é também um dos meus pet peeves. Eu tenho certeza absoluta de que receita de chef não funciona perfeitamente nas nossas cozinhas comuns, porque os bacaninhas não fazem as adaptações necessárias para isso. Neste caso, das empanadas do chef argentino Mauricio Couly, está bem notável que elas foram assadas num forno à lenha. No meu forno elétrico comunzão elas não ficaram tão bonitas e provavelmente não tão saborosas. E a receita não diz honestamente que o chefe assou no forno à lenha mas que poderemos fazer assim assados num forno comum. Isso é um grande gerador de decepções. Mas felizmente, as empanadinhas mesmo pálidas ficaram gostosas. Essa receita tem também a vantagem de se poder fazer a massa e o recheio com antecedência, que foi exatamente o meu procedimento. Preparei tudo numa noite e finalizei as empanadas na noite seguinte. Só omiti as favas/lima beans. A massa é muito boa, bem macia e maleável, não deu nenhum trabalho pra abrir. Esse fato me deixou imensamente feliz. E ainda gastei um maço enorme de komatsuna, uma verdura bem escura que faz parte das novidades da estação na cesta orgânica semanal. Outono, seja bem-vindo, seu lindo!

massa:
1 e 1/2 xícaras de água
1 colher de sopa de sal kosher
3 colheres de sopa de manteiga sem sal
2 colheres de chá de páprica doce defumada
[sweet smoked paprika -pimentón de la Vera]
3 e 3/4 xícaras de farinha de trigo

recheio:
300gr [1 e 1/4 xícara] de folhas de espinafre [*usei komatsuna]
1/2 xicara de favas ou lima beans descongeladas [*omiti]
150 gr de vagens
1 xícara de ervilhas descongeladas
5 colheres de sopa de azeite
1 cebola média picadinha
2 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de folhas frescas de hortelã
1 colher de sopa de folhas de tomilho fresco
Sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

para fazer a massa: Numa panela pequena coloque a água, o sal, a manteiga e a paprica e leve ao fogo médio. Quando ferver, desligue o fogo e coloque a mistura numa vasilha grande e deixe esfriar completamente até ficar na temperatura ambiente. Então junte a farinha e misture bem para formar a massa. Numa superfície enfarinhada, sove a massa delicadamente até ela ficar bem macia. Embrulhe numa folha de plástico e leve à geladeira por uma hora ou de um dia para o outro.

para fazer o recheio: Numa panela grande coloque bastante água com sal e leve ao fogo Quando ferver jogue as folhas de espinafre [ou outra verdura que for usar] e deixe cozinhar por 1 minuto. Retire tudo com uma escumadeira e reserve. Na mesma água adiciona as vagens e cozinhe por 4 minutos. Retire e reserve. Se for usar as favas ou lima beans, cozinhe elas também na água fervendo por 1 minuto. As favas precisarão ainda ser despeladas.

Esprema bem o espinafre cozido e pique com uma faca. Pique também as vagens. Numa panela coloque o azeite e refogue a cebola até ela ficar macia. Junte o alho e refogue rapidamente. Coloque o espinafre, as vagens, as ervilhas descongeladas e escorridas e as favas ou lima beans [se for usar, eu não usei]. Cozinhe tudo por 2 minutos, tempere com as folhas de hortelã e de tomilho, e com sal e pimenta do reino moída.

Pré-aqueça o forno em 350°F/ 176ºC. Unte com azeite ou forre com papel vegetal duas assadeiras grandes. Numa superfície enfarinhada, abra a massa o mais fino que puder e corte rodelas com um cortador. Molhe as bordas das rodelas de massa com água, coloque 1 colher de sopa do recheio numa metade e feche bem como se fossem pastelzinhos. Coloque as empanadas nas formas untadas ou forradas e leve ao forno por 30 minutos. Remova do forno e sirva as empanadas mornas ou em temperatura ambiente.

7 thoughts on “empanadas de verdura”

  1. Boa tarde!
    Estava fuçando na internet para encontrar outra coisa nada a ver com seu blog… mas por sorte acabei aqui! Achei lindo seu blog e a forma como você expõe suas receitas, fotos e dicas.
    Parabéns pelo trabalho!
    Deus abençoe.
    Manoela
    R: muito obrigada, Manoela. 🙂

  2. Oi Fer
    Sou argentina, mais estou no Brasil há 13 anos, o jeitinho de deixar a massa mais dorada é pincelando com ovo batido, isso se faz sempre na nossa cozinha.
    Também quando se nota bem esse queimadinho na massa ela pode ter sido assada na grelha.
    E mais um detalhe que faz toda a diferença, se a massa for feita no dia, no ficam tam bonitas, ela precisa descansar na geladeira, fica bem melhor de um dia para outro.
    Beijo
    R: Maria Cristina, obrigadao pelas dicas! esse truque da grelha deve ser o segredo dessas empanadas da foto entao. minha massa ficou 24hs na geladeira. beijo!

  3. Fernanda,
    Achei lindas as suas empanadas, e a cor talvez por causa da páprika realçaram ainda mais a beleza. Vou tentar fazer em breve.
    Uma vez tbém me metí em fazer empanadas, e queria deixar essas ondinhas que ficam nas bordas, mas não estava conseguindo, meu filho (que na época tinhas uns 5 ou 6 anos) virou pra mim e falou: “Mamãe é só apertar com os dedos aqui (na borda).”
    beijos
    R: que fofo, Miti! um bjo :-*

  4. Oi Fer,
    para mim, parecem lindos, ótimos e muito gostosos. Estava esperando uma receita dessas, algo que vc faz com antecedência e no dia só assa, aliás isso é o melhor, não é fritura! Tá na minha lista já. Bjos e obrigada.

Deixe a sua pitada: