17 comentários sobre “the good, the bad and the ugly”

  1. Boa tarde! Sou comprador de Hortifruti do Empório Santa Maria em São Paulo e informo que a partir do começo de fevereiro/2011 teremos RUIBARBO regularmente em nossa loja.
    Att,
    Bruno Zerbinatti

  2. Ai que saudades de ruibarbo (não tinha idéia de como era em português!). Será que não cresce por essas bandas?? Se cresce aí na Califórnia, deve crescer por aqui, em princípio, né?
    bjs,
    Cris

  3. Acabei de conhecer o famoso ruibarbo. Foi um prazer, ou nem tanto. Só experimentando para saber. Parece um salsão com o ponta vermelha, só que mais duro. Também nunca imaginaria cozinhá-lo se alguém não me ensinasse. (Outra coisa mnemônica: esse nome me lembra o barba-ruiva, que eu não gostava deste personagem quando eu era criança).
    Bjs

  4. Ahh, mas a trota ficou bonita hein Fer?!!! Adorei, deu mesmo vontade de comer um pedaco, sua massa ficou bonitona, eu gosto de massa de torta com esse tom assim mais natural!
    Ana

  5. Conheci quando fiz intercâmbio e gostei! Acho que tive sorte com as famílias que morava, pois cozinhavam bem e a torta de ruibarbo foi uma surpresa para mim. Bjs!

  6. Quem esse Rui Barbo…? ;-D rs!
    Bem, adoro ruibarbo. Em França, é muito comum. Em Portugal, começa a aparecer. Já experimentou fazer doce ou compota…? É bom demais!

  7. Fer, só tinha visto ruibarbo em uma receita da Nigella e em uma torta da Tatu.
    Como nunca provei, não posso dizer se é bom, mas levando morangos, parece deliciosa!
    Bjo,
    Manú

  8. Nossa Fer,
    Diferente demais este Ruibarbo !!!
    Parece uma éspecie de, como posso dizer,sei lá uma planta, rs.
    Muito legal, mais a sua torta parece ter ficado divina viu, lindas suas fotos.
    Beijos

  9. Hey! Os Ruibarbos não são feios!
    E eu adorei as fotos, Fer! E ainda quero ver o Sr. Cooper em outras grandes produções gastro-cinematográficas, hein?!
    Hehhee
    Bjuuu
    Luiz

  10. hoje fui em 3 grandes hortifrutis, um alias que eu sempre acho tudo oq euro e nao encontrei ruibarbo. sorte que nao estou gravida, pq senao meu filho ia ficar feinho…bjos

  11. Conheci o ruibarbo quando morava em IOWA, o povo lá tem verdadeira adoração. Até hoje, ainda não me me convenci se gosto ou não. Mas também, eu tive umas experiências traumáticas com umas tortas que deveriam ser maravilhosas e no fim pareciam verdadeiras empadas mal-feitas, cheias de Crisco e um grude vermelho dentro. Depois do seu post estou tentada a mudar de perspectiva.

Deixe a sua pitada: