torta salgada/ torta doce

strawberry-tart_1S.jpg torta de aspargos & queijo apple cheese tart torta de maçã & queijo A massa usada foi a mesma para as duas tortas—uma caixa com duas folhas de massa folhada [puff pastry] congelada, mas daquelas feitas somente com farinha e manteiga.
Para a torta salgada, tempere os aspargos com sal e azeite e grelhe na churrasqueira. Mas pode-se grelhar na frigideira ou assar no forno ou cozinhar levemente no vapor. Abrir a massa, colocar numa assadeira forrada com papel vegetal ou alumínio, fazer um corte nas laterais, salpicar o centro com um queijo ralado. Eu usei o Comté, mas pode ser o Gruyère ou o Cheddar. Ajeitar os aspargos grelhados sobre o queijo, salpicar mais queijo ralado por cima e levar ao forno pré-aquecido em 365ºF/ 185ºC até que a massa fique bem dourada nos lados e o queijo tenha derretido. Sirva quente ou fria.
Para a torta doce, cortar uma maçã em fatias bem fininhas [use o mandoline se tiver um] e regar com suco de limão. Misturar bem. Abrir a massa, colocar numa assadeira forrada com papel vegetal ou alumínio, fazer um corte nas laterais, ajeitar as fatias de maçã no centro da massa. Pincelar com geleia de damasco diluida num pouquinho de suco de laranja, salpicar as maçãs com bastante queijo Comté [ou o Cheddar] ralado. Levar ao forno pré-aquecido em 365ºF/ 185ºC até que a massa fique bem dourada nos lados e o queijo tenha derretido. Sirva quente ou fria. Essa tortinha de maçã com queijo ficou absolutamente incrível. Servi ela fria no lanche do domingo à noite e não sobrou nem um mísero farelo.

Um comentário em “torta salgada/ torta doce”

  1. Fe,
    Alguns são aborrecentes (adolescentes que aborrecem. Outras, véiacentes (..que aborrecem), segundo minha filha.
    Bom, se for este o caso, ignore esta mensagem e a
    apague. Juro que não fico emburrada.
    Em todo caso, quero agradecer pelo todo compartilhado e, principalmente, pelas receitas com maçãs – esta de hoje eu já faria se não fosse quase 23h por estas bandas.
    Também amei a foto da Audrey H.com o então marido M.F.(fev-12). Gosto demais da atriz, fui aa(não achei a crase neste teclado novo) Suiça para conhecer o último lugar onde ela viveu. Até rezei no túmulo. Amei a casa, mas o filho não quis me receber.
    Segundo minha filha, ele deve ter pensado que ainda temos(brasileiros) o ritual da antropofagia. Eca!!
    Abração,
    Dalva Maraci
    R: Dalva, adorei sua historia com a Audrey. faça a torta de maçã assim que puder! beijo 🙂

Deixe uma resposta para Dalva Maraci Cancelar resposta