Mousse de chocolate

moussechocolate.jpg

Peguei essa receita de mousse de chocolate no jornal Folha de São Paulo. Gostei dessa versão, que eles chamam de “light”, por não conter as gemas, mas sim as claras de ovos. Resolvi experimentar. É um doce que vai agradar muito aos chocólatras e que de light só tem o nome. Achei bem forte e não consegui comer nem um potinho inteiro. Tem que ser servido com frutas frescas, pra contrabalançar a robustês do chocolate. Usei uma barra de Lindt 85% cacau e não coloquei as raspas de laranja, pois elas estavam na lista de ingredientes, mas não apareceram no modo de fazer, portanto eu deixei passar. Mas acho que as raspas adicionariam um toque elegante extra. Como fiquei com medo de misturar o chocolate nas claras muito vigorosamente, o mousse ficou com brancos do suspiro visíveis. Mas não comprometeu em nada o sabor, só o visual que ficou funky.
Mousse de chocolate
Tempo de preparo: 20 minutos, mais 2 horas para resfriar
Rendimento: 4 porções
100 g de chocolate escuro [com, pelo menos, 70% de cacau] quebrado em pedaços
3 claras de ovos
1/2 colher de chá de vinagre de framboesa ou de maçã
100 g de açúcar de confeiteiro
raspa da casca de 1 laranja
morangos ou framboesas, para decorar
Ponha o chocolate em uma vasilha refratária, sobre uma panela de água fervente. Aqueça-o até que derreta, mexendo de vez em quando.* pode derreter no microondas também.
Misture as claras de ovos, o vinagre e o açúcar em uma vasilha refratária, colocada sobre uma panela com água começando a ferver. Bata a mistura com uma batedeira elétrica de mão, por 5-8 minutos, até que fique firme. * não deixe a água ferver, nem a vasilha encostar na água—esse processo vai cozinhar as claras, o que é muito importante [lembrem-se da odiosa salmonela!]
Tire as claras em neve do fogo, depois misture com cuidado o chocolate derretido, até que fique homogêneo. Coloque em 4 forminhas. Deixe esfriar, depois refrigere por, pelo menos, 2 horas. Decore com os morangos e sirva.

as sobremesas do Ano Novo

Quando há uma festa ou eu tenho visitas, sempre fico animada para experimentar receitas novas e fazer coisas que normalmente não faço, como sobremesas. Para o Ano Novo decidi fazer uma pumpkin pie, porque o meu irmão e minha cunhada adoram essa torta. E quis experimentar uma torta de chocolate e pêra.

tortasanonovo1.JPG

Pumpkin Pie
da edição de novembro da revista Martha Stewart Liviing
Prepare a massa – graham crust
2/3 xícara de farinha de trigo
1/3 xícara de farinha de trigo integral
3 colheres de sopa de germe de trigo ou pepitas [sementes verdes de abóbora] tostadas
1/2 colher de chá de sal
1/4 colher de chá de canela em pó
1 tablete de manteiga sem sal, amolecida
1/3 xícara de açúcar mascavo
No food processor misture as farinhas, o germe ou pepitas, sal e canela. Adicione a manteiga e o açúcar, misturando até a massa ficar bem consstente. Forre a forma redonda, leve ao freezer por 15 minutos e então asse em forno pré-aquecido em 350ºF/176ºC até ela ficar dourada.
Prepare o recheio:
1 abóbora pequena assada – remover casca e sementes, usar só a polpa
3 ovos ligeiramente batidos
3/4 xícara de açúcar mascavo
1 colher de sopa de maizena [eu omiti]
1/2 colher de chá de sal
1/4 colher chá de allspice
1 pitada de pimenta cayenne em pó
1 pitada de cravo em pó
1 1/2 xícaras de leite evaporado [evaporated milk]
Bata todos os ingredientes no food processor. Deixe descansar por 20 minutos. Coloque essa mistura na massa já assada e coloque novamente no forno em 325ºF/162ºC por 40 minutos. Sirva em temperatura ambiente ou gelada. Eu servi com chantily feito com creme de leite fresco.

tortasanonovo2.JPG

Chocolate Pear Tart
da edição de dezembro da revista Everyday Food
1 tablete de manteiga sem sal na temperatura ambiente
1 xícara de amendoas sem pele
3/4 xícara de açúcar
3 ovos
1/3 xícara de cacau
1 colher de chá de extrato puro de baunilha
1/2 colher chá de sal
3 pêras [Bartlett] bem firmes
Pré-aqueça o forno em 350ºF/176ºC. Unte uma forma redonda com o fundo removível com manteiga. No food processor misture as amêndoas e o açúcar. Moa bem fininho. Adicione a manteiga, cacau, baunilha, sal, e misture bem. Coloque a massa na forma untada. Descasque as pêras e corte em fatias. Vá arranjando as fatias sobre a massa de maneira decorativa. Coloque a forma numa assadeira plana e asse por 40 minutos. Desenforme depois de fria e sirva. Parece um brownie bem fino, com as fatias da fruta – perfeito!!

hot chocolate

hotchocolate.JPG

Quando li a Anna contando numa das passagen da sua viagem a Argentina, de como os argentinos colocam barras de chocolate no leite quente, fiquei passada! Como nunca pensei em fazer isso antes? Que idéia genial! Então arregacei as mangas e mandei bala. Sob os olhares desconfiados do Uriel, mergulhei no leite uns quadradinhos super finos de chocolate amargo da Lindt que tenho sempre guardados num vidro. Eles são pra aquele eventual “craving”, que raramente acontece. Gosto desses porque são fininhos e têm 70% de cacau. Pois coloquei três deles para cada xícara grande de leite bem quente. Não precisa colocar mais nada. Pro nosso gosto de açúcar ficou perfeito, já que não gostamos de nada doce demais. Mas pra quem é formiguinha, uma colher de mel faz o truque. Bom pra dias frios, ou não tão frios—qualquer dia!

BROWNIE do Lau

Estreando no Chucrute com Salsicha, por convite da Fer, resolvi colocar uma receita que tem feito muito sucesso. Embora seja algo comum, o brownie é uma sobremesa que nem sempre as pessoas sabem como fazer. Testei várias receitas e algumas variações até chegar a esta que mais me agradou.
Ingredientes –
250gr de chocolate meio amargo picado
50gr de nozes picadas*
1 e 1/3 xícara de açúcar
4 ovos
150gr de manteiga
1 xícara de farinha de trigo
Preparo –
Colocar a manteiga e o chocolate picado em uma tigela e levar ao microondas ou banho maria. Se for no microondas, retire de tempos em tempos e mexa. No banho maria, vá mexendo aos poucos, até derreter por completo. Depois de derretido, colocar os ovos, o açúcar, as nozes e misturar bem. Por último, acrescentar a farinha de trigo e misturar até ficar uma massa homogênea.
Untar um tabuleiro retangular (30 x 20cm) com manteiga e polvinhar farinha de trigo antes de despejar a massa uniformemente.
Forno: 180ºC
Tempo: 30 minutos
Dicas para o sucesso –
Substitua as nozes por castanhas de cajú ou do pará ou mesmo amêndoas, conforme sua preferência. Quanto melhor os ingredientes que você utilizar, melhor será o resultado. Portanto, use um bom chocolate. Esta receita não requer o uso de batedeira. Basta usar uma tigela para misturar os ingredientes e um fouet. Substitua a farinha de trigo por chocolate em pó após untar a forma, como uma variação.

give me the chocolate and nobody gets hurt

Eu gosto, é claro, mas não sou viciada, nem louca por chocolate. Também não sou uma formiga, sempre atrás do açúcar. Mas todo mundo tem seus dias, quando acontecem coisas inesperadas, que nos fazem agir de maneira pouco comum. Ontem foi um desses dias pra mim.
Fui ao dentista para a minha limpeza semestral. Eu tenho uma história com dentista. Não é uma história feliz, apesar de eu ter uma dentista fenomenal, com uma equipe fenomenal. O problema é que eu nasci assim, com essa propensão para ter problemas dentários. Never mind, isso não interessa. O que interessa é que eu fico toda tensa e estressada quando visito minha dentista. Ontem não foi diferente, tive até uma dor de cabeça.
Quando voltei pro trabalho o inusitado aconteceu. Me deu um desejo incontrolável de comer chocolate. Podia ser qualquer um, bad American chocolate, cheio de caramelo e peanut butter, eu encarava qualquer coisa. Catei 3 mangos e corri pra maquininha de tranqueiras mais próxima. Peguei uma barra de Crunch [dark, edição especial!], um pacote de M&Ms de amendoim e um saco de sour gummy bears!! Eu ADORO tudo o que é sour, isso é uma fraqueza que não posso negar. Mas M&M e Crunch foi novidade. Nem preciso dizer que devorei tudo enlouquecidamente e depois bebi água pra digerir a culpa.
Acontece…. Hoje já estou mais tranquila e voltei pro chá branco, frutas desidratadas, iogurt e barrinhas de cereal!

Chocolate Ganache Tart

Essa foi a sobremesa que decidi fazer para o Thanksgiving. Peguei a receita da edição nº 27 [novembro] da revista Everyday Food da Martha Stewart. É uma torta bem pesada, bem rica. Pra quem gosta de chocolate é um manjar! Precisa ser servida com uma fruta, tipo uva, pra quebrar um pouco o sabor pesadíssimo do chocolate. Mas fica muito boa!
Pré-aqueça o forno em médio [350ºF ou 176ºC].
Faça a massa: no food processor moa 3 colheres de sopa de amendôas sem casca. Acrescente 6 colheres de sopa de açücar, 1 1/4 xícara de farinha de trigo e 2 colheres de chá de casca de limão ou laranja ralada [opcional]. Misture bem na opção ‘pulsar’. Acrescente 6 colheres de sopa de manteiga gelada cortada em pedacinhos. Vai acrescentando a manteiga aos poucos e pulsando até a massa ficar uma farofa. Coloque a massa numa forma de 22 cm [9 inch] com o fundo removível. Aperte bem dos lados e no fundo, tentando deixá-la o mais fininha possível. A massa fica uma farofa, não fica grudenta. Asse no centro do forno por mais ou menos 20 minutos, até ficar firme e dourada. Transfira para uma grade e deixe esfriar completamente por mais ou menos uma hora.
Faça o ganache: coloque 340 gramas [12 ounces] de chocolate amargo quebrado em pedaços numa vasilia. Numa panela pequena coloque 1 1/4 de heavy cream pra ferver. Coloque o creme fervendo em cima do chocolate – passe o creme por uma peneira. Bata bem até o chocolate ficar todo derretido e a consistência cremosa. Adicione 1 colher de chá de baunilha.
Monte a torta: desenforme a massa e ponha numa travessa. Coloque a mistura de chocolate no centro. Deixe descansar por duas horas. Pode gelar por uma hora antes de servir. Mas como estamos no inverno, a visita à geladeira não foi necessária. Serve dez pessoas.