Portland, Oregon

Portland Portland Portland
Portland Portland Portland
Portland Portland Portland
Portland Portland Portland
Portland Portland Portland
Portland Portland Portland
Portland Portland Portland

Assim que chegamos em Portland, rumamos direto para a nossa primeira visita na cidade—a imensa livraria Powell’s. Ela é praticamente um ícone na cidade, pois ocupa um quarteirão inteiro, com três andares, vende livros novos, usados, raros, além daquelas inúmeras bugiganguinhas que se vende em livrarias e que nos coloca em modo de consumismo faniquito. Passamos uma hora dentro da Powell’s perdidos entre andares e corredores lotados de livros. É um lugar pra voltar mais vezes, muitas vezes, mas desta vez fizemos somente essa parada. E comprei umas coisinhas, quem resiste?

A cidade é super arborizada e cortada ao meio pelo rio Willamette. Tem vários parques e locais para se caminhar a pé, além das várias pontes que cruzamos pra lá e pra cá indo do nosso hotel para muitos lugares. Minha primeira impressão de Portland foi a de uma cidade cheia de bicicletas e cachorros. Em todo canto se via potinhos de água nas calçadas, na frente dos estabelecimentos comerciais para os animais se refrescarem. Isso pode ter sido reflexo da onda de calor que afetou também o Oregon ou pode ser uma coisa que se faz normalmente por lá. Achamos Portland bem cheia andarilhos e mendigos e eles são de todas as tribos e idades. Ouvi dizer que em Portland até os mendigos são hipsters. Ela não é uma cidade imensa, mas tem uma concentração impressionante de food carts e food trucks. É uma cidade super bonita, com muitos prédios históricos e áreas antigas, bem servida de transporte público, como os street cars que te levam pra todo canto com um ticket de uma pataca válido por duas horas.

»Nossa primeira parada no estado para abastecer o carro nos causou a maior surpresa. No Oregon você não pode colocar a gasolina no seu carro como é aqui na Califórnia. Lá self service é proibido por lei e todo posto tem frentistas para fazer o full service. Depois de tantas décadas enchendo nós mesmos o tanque do carro, achamos isso muito estranho. [ more to come…]

Um comentário sobre “Portland, Oregon”

  1. Tambem estranhamos quando estivemos la’, e recentemente por uma viagem pela costa leste em um dos estados que passamos, nao me lembro qual agora, os estados sao tao pequenos comparados com o midwest… 🙂 Tambem tinha esse lance.
    acho incrivel a diferenca entre estados, leis diferentes, haja jogo de cintura para ir de um canto ao outro
    R: é verdade, Sally. tem que prestar atenção pra nao infringir nenhuma lei e levar multa. :-/

Deixe a sua pitada: