granita de chá verde & pêssego

tea-peach-granita

Quando o tempo começa a esquentar eu faço muitas infusões frias de chá para beber no trabalho. Coloco o chá, com um pouco de limão, num vidrão e bebo o dia todo. Uma das infusões que tenho feito é de chá verde. Comprei um da Tazo de chá verde com melissa, capim santo e hortelã. Num domingo eu já tinha uma jarra desse chá pronto e resolvi fazer uma sobremesa rápida. Bati o chá no liquidificador com fatias de pêssego [pode ser pêssego congelado] adocei e coloquei num pirex retangular. Levei ao congelador por algumas horas. Na hora de servir é só remover a mistura do congelador, raspar com um garfo e colocar as raspas numa tacinha com morangos picados no fundo. Eu adicionei uns tubinhos recheados com matcha na decoração, mas nem precisa. Sirva imediatamente e retorne o pirex com as sobras no congelador.

aspargos grelhados com chimichurri de alho verde

Estou comendo muitos aspargos desde que a temporada começou, há algumas semanas. Eu não sou boba e aproveito, enquanto eles estão abundantes, baratos e no pico do sabor. Esse aspargos são produzidos localmente aqui na minha região. Pra variar o onipresente aspargos grelhado, tenho feito receitas diferentes, como esta do NYT. Usei o queijo de cabra, ao invés do feta, pois era o que eu tinha. O alho verde também está abundante e tenho recebido semanalmente na minha cesta orgânica. Se não achar o alho verde, use o alho comum, ou cebolinha com a parte branca incluída [que eu pessoalmente preferiria ao alho comum].

3 colheres de sopa de alho verde finamente picado
1/2 xícara de salsinha finamente picada
2 colheres de chá de orégano fresco picado
[ou 1 colher de chá de orégano seco]
1/2 xícara de azeite de oliva extra virgem
Sal e pimenta do reino moída na hora
500 gr de espargos frescos
1 colher de sopa de vinagre de vinho tinto
100 gr de queijo feta [*usei de cabra]
Um punhado de azeitonas pretas
Flocos de pimenta vermelho a gosto

Faça o molho chimichurri: em uma tigela pequena misture alho verde picado, a salsinha, o orégano, o azeite e 1/4 xícara de água. Tempere a gosto com sal e pimenta. Coloque os aspargos em uma assadeira, regue levemente com azeite e polvilhe com sal. Transfira os aspargos para uma frigideira de ferro ou uma grelha que será colocada em cima de carvões em brasa. Eu fiz colocando direto na grelha da churrasqueira, sem carvão, só a gás. Funciona também grelhando sobre a chama do fogão, numa frigideira própria. Cozinhe os aspargos por 4 a 5 minutos, até eles ficarem levemente tostados nas pontas. Não deixe cozinhar muito, eles devem manter a cor verde forte. Coloque espargos cozidos em uma travessa. Adicione o vinagre no molho chimichurri e distribua generosamente sobre os aspargos. Decore com queijo feta e azeitonas, salpique com a pimenta vermelha e sirva.

aspargos com chimichurri aspargos com chimichurri

hamburger de lentilha

hamburger de lentilha

Adoro testar esse tipo de receita, que substitui a carne por grãos. Por muitos anos eu comprei hamburgers vegetarianos, que é um produto que abunda por aqui, até que um dia eu decidi ler a lista dos ingredientes. Nunca mais comprei. Mesmo os mais orgânicos e naturebas. Não vale a pena e fazendo em casa fica muito melhor. Esse era para ser bolinhos, mas eu fiz como hamburger. Os primeiros, cozinhei na chapa da churrasqueira, porque estava com pressa e não queria esperar meia hora pros hamburgers assarem. Guardei o resto da massa na geladeira, coberto com filme plástico, e no dia seguinte assei o restante no forno. Essa receita faz uma quantidade grande, então congelei alguns para levar na marmita. Achei que os que fiz na churrasqueira ficaram mais úmidos, no forno eles ficam mais secos, então é bom servi-los com um molhinho, pesto, ou chimichurri. Eu usei uma mostarda com whiskey e jalapeño que eu tinha na geladeira. Esses hamburgers de lentilha ficam extremamente saborosos!

2 xícaras de lentilhas
1/4 de xícara mais 2 colheres de sopa de azeite
1 cebola grande picada
2 cenouras picadas
2 talos de salsão picados
1 dente de alho picado
1 colher de sopa de tomilho fresco picado
2 colheres de chá de sal
3 colheres de sopa de extrato de tomate
250 gr de cogumelos fatiados
2 ovos caipiras grandes
1/2 xícara de queijo parmesão ralado
1/2 xícara de farinha de pão [*usei panko]
1/2 xícara de salsinha picada
1/4 de xícara de nozes finamente picadas

Combine as lentilhas e 2 litros de água em uma panela média e leve para ferver em fogo alto. Reduza o fogo e cozinhe até que as lentilhas estejam macias, mas não desmanchando, por cerca de 25 minutos. Escorra as lentilhas e deixe esfriar.

Coloque 1/4 xícara de azeite numa frigideira grande e refogue a cebola, as cenouras, o salsão, o alho, o tomilho e o sal fogo médio-alto, mexendo sempre, até que os legumes estejam macios e começando a dourar. Adicione o tomate e continue a cozinhar, mexendo por uns 3 minutos. Adicione os cogumelos e cozinhe, mexendo por mais 15 minutos, ou até que todo o líquido seja absorvido. Transfira a mistura para uma tigela grande e deixe esfriar completamente. Então junte as lentilhas à mistura de legumes. Adicionar os ovos, o queijo parmesão, a farinha de pão, salsinha e nozes. Misture tudo muito bem com as mãos e leve à geladeira por 25 minutos.

Pré-aqueça o forno a 400ºF/ 205ºC. Forre uma assadeira com papel vegetal ou alumínio e regue com as 2 colheres de sopa restantes de azeite. Faça os bolinhos e coloque na assadeira preparada. Leve ao forno e asse por 30 minutos. Deixe esfriar um pouco antes de servir.

alcachofras [de frente e fundo de quintal]

Hortas comunitárias e hortas no fundo e na frente das casas não são uma coisa nova. No inicio do século 20 já tínhamos os Victory Gardens, adotados em vários países. Mesmo sem guerras mundiais, a prática continua extremamente comum. Na esquina da minha casa tem uma horta comunitária, onde muitas famílias de imigrantes produzem coisas lindas num pedacinhos demarcados de terra. Em Davis há também muitas hortas comunitárias, cuidadas por imigrantes, estudantes e hippies. Todo mundo pode plantar legumes, verduras e ervas, mesmo morando em apartamentos ou casas pequenas com pouco quintal. E quem tem quintal faz a festa. Muitos fazem horta até na frente da casa, onde geralmente bate mais sol. Na minha vizinhança tem várias casas com horta na frente, algumas tem até árvores de frutas, além de flores e ervas. As alcachofras estão na estação e é impossível não notá-las, tão altivas, nas hortas das frentes das casas. Essas eu vi em Davis, numa das minhas caminhadas durante meus breaks no trabalho. São tão lindas e tão deliciosas!

peixe com creme & salsinha
[e um purê diferente]

peixe-creme-salsinha

Descongelei dois pacotes de filés de peixe que tinha recebido na minha CSF. Achei que teríamos a companhia do Gabriel e da Joy pro almoço, mas não foi possível. Fiquei com um monte de peixe na geladeira e quis fazer uma receita rápida e fácil. Abri o livrinho so Nigel Slater — Eat: The Little Book of Fast Food e achei algo que gostei. Fiz o peixe no creme e um purê de batata, que não está na foto. Esse purê de batata com azeite e limão é simplesmente o fino da bossa. Experimente fazer!

Tempere os filés de peixe com sal e pimenta do reino moída na hora. Frite os filés em manteiga, virando para dourar dos dois lados. Coloque um pouco de vinho branco sobre o peixe e cozinhar por um minuto. Junte um monte de salsinha picada e regue com creme de leite fresco até formar um molho cremoso. Remova do fogo e sirva com um purê de batatas temperado com azeite e suco de limão. Cozinhe as batatas em água e sal, na hora de servir amasse bem [pode usar um mixer de mão] e junte azeite e suco de limão. Fica incrível.

gelatina de morango & kefir
[feita com agar agar]

gelatina de morango

Improvisei essa gelatina pro nosso almoço [super simples] de Páscoa. Tivemos um dia frio, com muita chuva e não tivemos convidados, então não me preocupei muito com comida. Comprei duas barras de chocolate, daquelas super diferentes e artesanais, uma com matcha a outra com avelãs e sal. Servi a gelatina e ficamos felizes!

1 e 1/2 xícara de morangos frescos
2 xícaras de kefir de leite
Açúcar ou mel a gosto
1 colher de chá de água de rosas
1 envelope de 4g de agar agar

Bata o morango com 1 e 1/2 xícara de Kefir. Adoce a gosto e adicione a água de rosas. Coloque a outra 1/2 xícara de kefir numa panela e leve ao fogo, deixe ferver. Desligue o fogo e misture o kefir com a agar com a mistura de morango. Coloque numa forma, leve á geladeira até firmar e gelare. Desenforme e sirva.