Grace Higgens na cozinha de Charleston

Grace-Higgens

Assisti Life in Squares, uma série britânica sobre as irmãs do grupo Bloomsbury, Vanessa Bell e Virginia Woolf. Sempre achei a vida dessas duas artistas fascinante. Em especial a Vanessa Bell, que teve uma vida muito peculiar, fez as pinturas mais lindas e decorou com elas as casas onde viveu. Numa dessas pinturas ela retrata Grace, a empregada-governanta que trabalhou com ela por muitos anos.

Grace tinha 16 anos quando foi contratada em junho de 1920 para trabalhar como criada na Gordon Square, a casa de Vanessa Bell. Ela permaneceu com a família por mais de 50 anos como empregada doméstica, enfermeira, cozinheira e, finalmente, governanta em Charleston, a casa de campo isolada onde a família Bell passou os últimos anos da grande guerra. A propriedade não tinha eletricidade, apenas aquecedores de carvão, lâmpadas de óleo e velas, e a água era bombeada diariamente à mão. Grace era uma mulher alto astral, com um senso de humor robusto. Sem ter tido uma educação formal, tudo o que ela aprendeu foi lendo. Grace era bonita e muitas vezes posou para Vanessa Bell e seu companheiro Duncan Grant. Após a morte de Vanessa Bell, Grace permaneceu em Charleston, jardinando, limpando e cozinhando para Duncan Grant até 1971, quando se aposentou.

Grace foi imortalizada em 1943, no auge da juventude, neste quadro da Vanessa Bell. Na pintura ela está na cozinha com as mãos numa tigela; cenouras e maçãs no primeiro plano; alho e cebolas penduradas no teto. Grace Higgens morreu em 1983.

alguém na cozinha

maridonacozinha
Essa imagem é uma daquelas visões que enchem o seu coração de amor e conforto. Alguém na cozinha preparando alguma coisa pra você comer [ou lavando a louça enquanto você termina de bebericar o vinho]. Neste dia, jantamos no quintal e meu marido entrou para preparar a sobremesa—sorvete de chocolate com shrub de cereja e morangos frescos. ♥