laranja sanguínea com calda de caramelo e cacau nibs

orange-caramel

Essa foi outra receita que achei numa daquelas revistas velhas da Martha Stewart que estavam esquecidas numa cestinha num canto do quarto. Como ainda tinha umas laranjas sanguíneas compradas no mercadinho, foi a oportunidade de usá-las. Fica uma sobremesa chique e delicada, e não dá trabalho pra fazer.

5 laranjas sanguíneas [ou outro tipo de laranja]
1/2 xícara de açúcar
3 colheres de sopa de manteiga sem sal cortada em pedaços
Sal grosso
3 colheres de sopa de nibs de cacau

Corte a parte superior e inferior de 3 laranjas. Coloque cada laranja na posição vertical e corte a casca em tiras verticais. Fatie as laranjas reservando o suco que sair em uma tigela. Esprema as 2 laranjas restante, adicionando ao suco coletados das laranjas descascadas, até obter 1/2 xícara de suco. Reserve.

Faça o molho de caramelo: Prepare uma vasilha com um banho de gelo e água. Leve o açúcar e 2 colheres de sopa de água para ferver em uma panela média. Cozinhe, mexendo até dissolver todo o açúcar. Continue cozinhando até que a mistura fique dourada, por aproximadamente 6 minutos. Retire do fogo e cuidadosamente adicione a manteiga, o suco das laranjas e uma pitada de sal, mexendo até ficar um creme homogêneo. Transferir a panela para o banho de gelo e água e deixe esfriar por 15 minutos. O molho vai esfriar e engrossar um pouco mais.

Divida fatias de laranja entre 4 tigelas rasas, cubra com molho de caramelo e salpique com os nibs de cacau. Sirva imediatamente.

blood orange orange-caramel

bucatini a carbonara com limão

lemony-carbonara

Não sou muito chegada em carbonara porque tenho um pouco de aflição do ovo cru misturado, embora sei que ele cozinha no molho. Mas essa receita vai limão, então tive que fazer. Usei o limão Meyer, porque era o que eu tinha, mas a receita pede o siciliano. Comi metade no jantar e a outra metade levei na marmita pro almoço no trabalho. O carbonara não fica tão bom no dia seguinte, mas mesmo assim eu devorei. As pessoas que almoçaram comigo não tiravam os olhos do meu prato e pediram a receita.

1 colher de sopa de azeite
150 gr de guanciale, panceta ou bacon comum cortado em pedacinhos
2 chalotas finamente picadas
4 dentes de alho cortados em fatias finas
1 colher de chá de pimenta do reino moída
350 gr de bucatini ou outro tipo de massa longa
Sal kosher
55 gr de queijo parmesão, ralado, mais mais
2 gemas de ovo caipira
1 colher de chá de raspas de limão [*usei o limão Meyer]
2 colheres de sopa de suco de limão

Aqueça o óleo em uma frigideira e frite o bacon até dourar e ficar crocante, uns 6-8 minutos. Adicione as chalotas e o alho e cozinhe, mexendo ocasionalmente até amolecer, por cerca de 5 minutos. Adicione a pimenta e cozinhe, mexendo sempre, até ficar perfumado, cerca de 1 minuto.

Enquanto isso, cozinhe a massa em uma panela grande com bastante água fervente salgada, mexendo ocasionalmente, até ficar al dente. Escorra, reservando 1½ xícaras de líquido de cozimento de massa.

Adicione a massa na panela com o refogado de bacon juntamente com 1/2 xícara do líquido de cozimento do macarrão e metade do queijo parmesão. Mexa bem, retire a panela do fogo e junte as gemas. Misture de novo, adicionando mais líquido de cozimento de macarrão se precisar. Adicione as raspas e o suco do limão e o restante do queijo parmesão. Sirva imediatamente, com mais raspas de limão e queijo ralado por cima, se quiser.

bolo de limão inteiro [com cobertura de azeite & iogurte]

meyerlemon-cake

Procurei muito por uma receita onde eu pudesse usar uns limões Meyers que estavam na portinha de estragarem. não posso, de jeito nenhum, perder nenhum desses limões, que eu geralmente ganho de amigos ou colegas. Coincidiu que achei essa receita e fiz o bolo na véspera do Valentine’s day, então levei para dividir com meus colegas de trabalho. Ele foi devorado com entusiasmo. Fui pegar uma fatia para guardar para um dos meus amigos que estava numa conferência e quando cheguei não tinha nem farelo. Não é muito fácil achar os limões Meyer fora da Califórnia, então use o limão siciliano, que vai ficar bom também.

para o bolo:
1/2 xícara [113 gr] de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 xícara de farinha de trigo
2 limões Meyer [ou outro limão como o Siciliano]
1/2 xícara de farinha de semolina
1/4 de colher de chá de sal marinho
1/4 de colher de chá de fermento em pó
1/8 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 xícara de açúcar
2 ovos caipiras em temperatura ambiente
para o glacê:
1 xícara de açúcar de confeiteiro peneirado
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sopa de iogurte grego
1 colher de chá de raspas da casca de limão
1 colher de chá de suco limão

Pré-aqueça o forno a 325ºF/ 162ºC. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com açúcar. Reserve. Corte os limões em fatias e remova as sementes. Coloque os limões em um processador de alimentos e pulse até obter um purê. Deve dar cerca de 1 xícara de purê. Numa tigela pequena misture 1 xícara de farinha de trigo com a 1/2 xícara de semolina, o sal, o fermento em pó e o bicarbonato de sódio.

Bata a manteiga com o açúcar em velocidade média até formar um creme. Juntar os ovos, um de cada vez. Adicione o puré de limão e bata até combinar. Adicione a mistura de farinhas e bata até ficar uma massa homogênea. Despeje a massa na forma untada. Leve ao forno e asse por 40 – 45 minutos. Remover o bolo do forno, deixar esfriar e desenformar.

Para fazer o glacê, misture todos os ingredientes até ficar homogêneo. Despeje o glacê sobre o bolo frio e deixe descansar um pouco para absorver. Sirva.

meyer lemons meyer lemons

o inverno dos cítricos

Nosso inverno é iluminado pelas frutas cítricas. A natureza é muito sábia e nos oferece o que precisamos para enfrentar os percalços das estações. Sem os cítricos como iríamos sobreviver às gripes e resfriados? Passei uns dias doentes, bebendo infusões de limão cravo com mel. Ajudou muito! E adoramos fazer aquele clássico chá de limão com gengibre, que pode ser servido quente ou frio. Neste inverno eu praticamente ganhei quase todas as frutas cítricas que tenho consumido. Limões rosa, siciliano ou Meyer, laranjas, tangerinas, grapefruits e pomelos. Minhas vizinhas me presentearam com laranjas e mexericas, meus colegas de trabalho me inundaram com todos os outros tipo, incluindo um pomelo do tamanho de uma bola de futebol, que me rendeu um litro de polpa rosada e doce. Fora as laranjinhas kinkans e os limões que peguei no campus. Estou fazendo tanta receita com cítricos—gelatina com limão rosa, saladas de grapefruit, molhos pesto, cocktails, refiz esse curd com azeite usando os preciosos limões Meyer para presentear amigos no Valentine’s day. E bolos, de laranja, kinkans e limão. Fiz também os limões rosa preservados no sal. Ainda tenho ainda muitos cítricos para usar. Vou congelar o suco dos limões rosa, para poder usar quando essa estação ensolarada dos cítricos terminar.