bolo de chocolate [com batata doce e farinha de espelta]

No domingo à tarde resolvi que iria fazer um bolo, abri o livro A Modern Way to Cook da Anna Jones e a primeira receita que vi foi essa. A isca foi a farinha de espelta e o barley malt. Mais uma oportunidade de usar essa farinha de espeta germinada que comprei outro dia. O xarope de barley malt é um adoçante bem aromático, mas pode ser substituído pelo melado. Esse bolo ficou bem rústico, e não é nada doce, uma opção bem natureba para o clássico e delicioso bolo de chocolate com recheio em camadas e cobertura.

para o bolo:
200 gr de batata doce
2 e 1/4 xícara de farinha de espelta [*usei a germinada, mas pode ser uma farinha integral]
1/2 colher de chá de canela em pó
4 colheres de sopa de cacau em pó de boa qualidade
2 colheres de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
1/3 de xícara de iogurte grego [ou outro iogurte integral]
150 gr de manteiga em temperatura ambiente
150 gr de açúcar mascavo claro
1 colher de chá de extrato de baunilha
3 ovos caipiras grandes

para o recheio/cobertura:
1/3 xícara de amido de milho [tipo maisena]
2 e 1/2 xícaras de leite de amêndoas [sem açúcar—ou outro leite]
1 xícara de açúcar mascavo claro
2 colheres de sopa de extrato de cevada [barley malt—ou melado]
1 xícara de cacau em pó de boa qualidade peneirado
1 colher de chá de extrato de baunilha

Pré-aqueça o forno em 400ºF/200ºC. Unte duas formas redondas de bolo com óleo e forre o fundo com papel vegetal ou manteiga.

Pique a batata doce e coloque numa panelinha, cubra com água e leve ao fogo alto até elas ficarem macias. Coloque a batata num processador de alimentos e pulse, adicionando um pouco da água do cozimento, até formar um creme sedoso. Se quiser pode assar ou cozinhar a batata no vapor. Reserve.

Numa vasilha peneire junto a farinha de espelta, a canela, o cacau, o sal e o fermento. Reserve. Numa outra vasilha misture o creme de batata com o iogurte e misture bem até obter um creme.

Na batedeira coloque a manteiga e o açúcar e bata até obter um creme. Adicione a baunilha e os ovos, um de cada vez, batendo sempre em velocidade média. Adicione os ingredientes secos, batendo para misturar. Adicione a mistura de batata e iogurte. Misture bem e despeje a massa nas duas formas preparadas, dividindo uniformemente. Espalhe com uma espátula. Leve ao forno e asse por 35 minutos, ou até os bolos estarem completamente cozidos no centro. Remova do forno, deixe esfriar um pouco, desenforme e deixe esfriar completamente.

Enquanto isso faça o creme. Misture o amido de milho com 1/3 do leite e mexa para dissolver bem. Coloque o restante do leite numa panela com o açúcar, o cacau e o extrato de cevada [ou melado] mexendo com um batedor de arame. Quando começar a ferver, adicione a mistura com o amido de milho e mexa constantemente até o leite engrossar, formando um creme. Remova do fogo, adicione o extrato de baunilha. Mexa bem, deixe esfriar.

Para montar, corte os bolos ao meio [eu faço um corte em volta com uma faca, depois passo um fio de linha pelo meio.]. Tome cuidado pois esse bolo fica mais denso do que fofo. Distribua o recheio pelas camadas e o restante coloque sobre o bolo, como cobertura.

bolo de figo & chocolate

Meu chefe viajou com uma amiga dele, que me deixou com a “posse temporária” da figueira do quintal dela. Fui lá três vezes e colhi figos até dizer chega. Foi como estar no paraíso, ter uma árvore carregada de figos só pra mim! Fiz bastante coisas com eles, além de devorá-los puros. Uma das coisas que fiz foi esse bolo de chocolate e figos. Mudei um pouquinho a receita, pra poder usar uma farinha de trigo germinado integral que tinha comprado.Também troquei um ovo de galinha por um de pata, que eu tinha recebido da fazenda e queria gastar. Acabei fazendo sem colocar as nozes torradas, porque pisquei e esqueci delas [ops!]. Por isso achei que o bolo cresceu muito mais do que aparece nas fotos da receita original. Ficou super gostoso, nem um pouco pesado como eu imaginei que ficaria. Acho que vou fazer a receita novamente e tentar congelar pra poder comer um delicioso bolo de figo quando não houverem mais figos frescos disponíveis—o que será muito em breve, infelizmente.

1 e 1/2 xícaras de figos frescos picados
2 ovos caipiras grandes [*usei um de galinha outro de pata]
1/2 xícara de açúcar
1/2 xícaras de óleo de semente de uva ou outro óleo vegetal
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo [*usei 1 xícara de farinha integral germinada e 1/2 de farinha branca]
1/3 xícara de cacau em pó
1 colher de chá de fermento em pó
1/4 colher de chá de sal
1/2 xícara de nozes torradas e picadas [*esqueci de colocar!]
3/4 copo de gotas de chocolate amargo
3 figos cortados ao meio

Pré-aqueça o forno a 350°F/ 176°C e unte uma forma de pão pão com óleo vegetal e forre com papel vegetal ou manteiga. Deixe uma aba sobrando nos dois lados, pra poder puxar na hora de desenformar.

Em uma tigela grande amasse 1/2 xícara dos figos com um garfo. Adicione os ovos, o açúcar, o óleo e a baunilha e misture até combinar.

Em outra tigela grande misture farinha, o cacau em pó, o fermento em pó e o sal. Adicione a mistura de ovos na de farinha e misture delicadamente com uma espátula. Coloque os figos restantes, 1/2 xícara de chocolate e as nozes na massa. * Eu esqueci de por as nozes.

Despeje a massa uniformemente na forma preparada e enfeite com o restante do chocolate e dos figos picados. Leve ao forno e asse por 45 a 50 minutos. Remova do forno, deixe esfriar um pouco, desenforme puxando o papel pelos lados. Coloque numa travessa, remova o papel com cuidado, puxando. Deixe esfriar totalmente, fatie e sirva.

bolo de cenoura & nibs de cacau [com cobertura de chocolate]

bolo de cenoura

Outro dia fiquei com vontade de comer o bolo de cenoura brasileiro, o amarelinho com cobertura de chocolate. Por aqui essa versão não existe, só há aquela com nozes, passas e cobertura de cream cheese. Prefiro esse nosso, bolo de cenoura da minha infância. Fui procurar receitas e é basicamente a mesma coisa, com pequenas variações. Quis fazer um bolo um pouco mais rústico, usar um pouco de farinha de trigo integral e gastar um açúcar de coco que eu tinha guardado. Fiz essa daptação. Não fica um bolo super amarelinho, mas ficou muito bom. A cobertura de chocolate é uma que eu já fiz várias vezes, em outras receitas aqui no blog.

200 gr de cenouras cortadas em rodelas finas
1 xícara de óleo vegetal [*usei o de semente de uva]
4 ovos caipiras
1 xícara de açúcar mascavo [*usei o de coco]
1 e 1/2 xícaras de farinha de trigo comum
1/2 xícaras de farinha de trigo integral
1 colher de sopa de fermento em pó
Um punhado de cacau nibs

Pré-aqueça o forno a 400ºF /200ºC. Unte uma forma de bolo com óleo e polvilhe com farinha de trigo ou com açúcar. No copo do liquidificador coloque as fatias de cenoura, o óleo e os ovos e bata em velocidade alta por 3 minutos. Numa vasilha peneire juntos todos os ingredientes secos e misture com um batedor de arame. Acrescente o creme de cenouras, mexendo com uma espátula, até a massa ficar completamente homogênea. Junte as nibs de cacau. Despeje na forma preparada e leve ao forno por 20 minutos. Abaixe a temperatura do forno para 356ºF/ 180ºC e asse por mais 20 minutos. Quando o bolo estiver completamente cozido por dentro, remova do forno e deixe esfriar um pouco. Desenforme num prato e deixe esfriar completamente. Enquanto o bolo esfria, faça a cobertura de chocolate.

cobertura de chocolate
Raspas da casca de 1 laranja
1/4 de xícara de suco de laranja
100 gr de chocolate amargo [70 a 72%] picado
2 colheres de chá de azeite de oliva extra- virgem frutado
1/4 colher de chá de extrato de baunilha
1/8 colher de chá de sal fino

Combine as raspas, suco da laranja e chocolate em uma panela pequena. Cozinhe em fogo baixo até que o chocolate comece a derreter. Retire do fogo e mexa até que o chocolate esteja completamente derretido. Misture o azeite, a baunilha e o sal. Despeje numa tigela de vidro e deixe esfriar à temperatura ambiente durante 20 a 25 minutos. Misture algumas vezes com um batedor de arame antes de usar. Despeje sobre o bolo e alise com uma espátula.

laranja sanguínea com calda de caramelo e cacau nibs

orange-caramel

Essa foi outra receita que achei numa daquelas revistas velhas da Martha Stewart que estavam esquecidas numa cestinha num canto do quarto. Como ainda tinha umas laranjas sanguíneas compradas no mercadinho, foi a oportunidade de usá-las. Fica uma sobremesa chique e delicada, e não dá trabalho pra fazer.

5 laranjas sanguíneas [ou outro tipo de laranja]
1/2 xícara de açúcar
3 colheres de sopa de manteiga sem sal cortada em pedaços
Sal grosso
3 colheres de sopa de nibs de cacau

Corte a parte superior e inferior de 3 laranjas. Coloque cada laranja na posição vertical e corte a casca em tiras verticais. Fatie as laranjas reservando o suco que sair em uma tigela. Esprema as 2 laranjas restante, adicionando ao suco coletados das laranjas descascadas, até obter 1/2 xícara de suco. Reserve.

Faça o molho de caramelo: Prepare uma vasilha com um banho de gelo e água. Leve o açúcar e 2 colheres de sopa de água para ferver em uma panela média. Cozinhe, mexendo até dissolver todo o açúcar. Continue cozinhando até que a mistura fique dourada, por aproximadamente 6 minutos. Retire do fogo e cuidadosamente adicione a manteiga, o suco das laranjas e uma pitada de sal, mexendo até ficar um creme homogêneo. Transferir a panela para o banho de gelo e água e deixe esfriar por 15 minutos. O molho vai esfriar e engrossar um pouco mais.

Divida fatias de laranja entre 4 tigelas rasas, cubra com molho de caramelo e salpique com os nibs de cacau. Sirva imediatamente.

blood orange orange-caramel

pudim de chocolate

chocolate-flan

Tenho feito muitos “flans” porque eles são fáceis de fazer e tenho usado as receitas do site da Nestlê, porque imagino que elas foram bem testadas. Esses pudins fazem um sucesso enorme com os americanos, porque são diferentes. E agradam os brasileiros, porque é nossa comfort food. Perdi a conta de quantas fatias desse pudim de chocolate o meu filho repetiu. Usei um cacau em pó da Valrhona que deixou o pudim bem chocolatudo. Servi como sobremesa para um almoço com amigos acompanhado de fatias de laranja sanguínea temperadas com mel.

1 xícara de açúcar para fazer a calda
1 lata de leite condensado
1 xícara de cacau em pó
2 vezes a mesma medida [lata] de leite integral
3 ovos caipiras

Para fazer a calda coloque o açúcar numa panela e derreta em fogo baixo até formar uma calda dourada. Forre uma forma com furo no meio com essa calda e reserve.

Pré-aqueça o forno em 356ºF/180ºC. Bata no liquidificador o Leite condensado, o leite, o cacau e os ovos até que fique tudo homogêneo. Despeje na forma caramelizada. Cubra a forma com papel alumínio, coloque sobre uma assadeira com bordas e despeje água fervendo na assadeira até quase a borda. Leve ao forno e asse em banho-maria por 1 hora e 30 minutos. Remova do forno, deixe esfriar e leve à geladeira por cerca de 6 horas. Desenforme com cuidado numa travessa e sirva.

bloodoranges

torta tenerina—torta italiana de chocolate

Eu precisava de uma sobremesa fácil e ótima pra levar num jantar na casa das minhas vizinhas e vi essa receita. Achei perfeita e fiz na sexta à noite, pra servir no sábado. É uma torta/bolo tradicional da cidade de Ferrara, perto de Bolonha, na Itália. Conhecida como la torta tenerina ela fica densa e meio cremosa por dentro, com uma crosta bem fina por cima. Eu decidi servir com um creme de leite batido em chantilly, adoçado só com um pouquinho de nada de mel e o creme ajudou a quebrar o doce da torta. Ela é levíssima e meio que derrete na boca. Minhas vizinhas adoraram e no dia seguinte me mandaram uma mensagem dizendo que aquela tinha sido a melhor sobremesa que elas tiveram na vida. Isso é que é elogio!

7 colheres de sopa de manteiga sem sal amolecida
1/2 xícara de açúcar de confeiteiro peneirado
113 grs de chocolate meio-amargo de boa qualidade [uns 70% cacau]
2 ovos caipiras grandes, clara e gemas separados
2 colheres de sopa de fécula de batata
3 e 1/2 colheres de sopa de açúcar super fino

Aqueça o forno a 350ºF/176ºC. Unte uma forma redonda com manteiga e forre o fundo com papel vegetal.Reserve. Na tigela da batedeira bata as 7 colheres de sopa de manteiga com o açúcar de confeiteiro até ficar um creme. Derreta o chocolate e despeje sobre a mistura de manteiga e o açúcar e bata até ficar homogêneo. Misture as gemas dos ovos, uma de cada vez. Misture a fécula de batata. Em outra tigela bata as claras em neve até formar picos moles. Gradualmente acrescente o açúcar e continue batendo até obter picos firmes. Junte as claras na mistura de chocolate. Coloque a massa na forma untada. Leve ao forno por 18 minutos. Retire do forno e deixe esfriar completamente, por cerca de 2 horas. Bolo vai afundar um pouco. Desenforme o bolo, remova o papel do fundo e inverta para um prato ou travessa, com crosta fina para cima. Peneire açúcar de confeiteiro por cima, corte em fatias e sirva.

bolo de chocolate & azeite
[com figos frescos e calda de chocolate]

chocolate-fig cake

Com a segunda leva de figos da estação inundando a minha cozinha, com frutas compradas ou ganhadas, precisei fazer algo com eles além de devorá-los ao natural. Quis fazer algo com chocolate e procurei incessantemente pela receita que me atraísse até que encontrei essa aqui, que me seduziu por causa da mistura de chocolate e pimenta do reino. Gostei também que faz apenas seis bolinhos, porque assim não fica sobra nenhuma. E não ficou mesmo.

para o bolo
1/3 xícara de azeite extra virgem
1/2 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de cacau em pó
1/4 colher de chá de sal
1/3 colher de chá bicarbonato de sódio
1/2 xícara de açúcar
1 ovo caipira grande, mais 1 gema de ovo
1/2 colher de chá de extrato de baunilha
1/2 colher de chá de raspas raspas de limão
6 figos frescos, cortados ao meio
para a calda
115 gr de chocolate meio amargo picado
2 colheres de chá de mel
2 colheres de chá azeite de oliva extra virgem
Pitada grande de sal
1/2 colher de chá de pimenta do reino moída na hora

Pré-aqueça o forno a 350ºF/176ºC. Untar uma forma de 6 muffins com azeite e polvilhe com farinha de trigo. Misture bem o cacau em pó e 1/4 xícara de água quente em uma tigela pequena. Deixe esfriar um pouco. Combine a farinha de trigo, o sal e o bicarbonato de sódio em outra tigela.

Combine o açúcar, o ovo e a gema extra, a baunilha e as raspas de limão em uma batedeira misture em velocidade média-alta até formar um creme pálido e espesso, cerca de 1 minuto. Diminua a velocidade da batedeira e regue a massa com o azeite. Adicione a mistura de cacau e bata até ficar tudo bem incorporado. Reduza mais a velocidade da batedeira e adicione a mistura de farinha misturando até ficar tudo incorporado.

Divida a massa uniformemente entre as formas de muffin preparadas. Leve ao forno e asse por 10 minutos, então coloque uma metade de figo sobre cada bolinho e continue assando por mais 10 minutos. Remova do forno, deixe esfriar na forma por 20 minutos. Desenforme os bolinhos e deixe esfriar completamente sobre uma grade.

Coloque o chocolate, o mel, o azeite, sal e pimenta do reino em uma tigela e leve ao microondas, parando para mexer em intervalos de 30 segundos, até o chocolate derreter e formar um glacê. ais pimenta. Decore os bolinhos com esse creme e decore com o restante dos figos frescos.

chocolate-fig2   chocolate-fig2