carne feita de planta

Já comprei muito hambúrguer vegetal nessa vida. Parei quando comecei a ler os rótulos e ver que, baseado nos ingredientes, eu não estava comendo algo tão saudável assim. Mas a demanda por produtos vegetarianos e veganos aumentou imensamente nos últimos anos, e também a exigência por produtos de qualidade. Num restaurante, no ano passado, comi o Impossible Burger e achei bem sem graça. Talvez porque tenha pedido pra retirar o queijo e não sobrou muita coisa além do hambúrguer dentro do sanduíche. Depois disso recebi um cupom pra comprar o Beyond Meat e achei infinitamente melhor. Talvez pelo fato de ter preparado em casa, acompanhado de outras comidas e não servido socado no meio de um pão. Mas achei essa versão muito estranha, porque ele tem uma textura muito próxima da carne, com aquela aparência de medium-rare por causa da beterraba que é incorporada na massa de uma maneira absurdamente eficiente e calculada para ficar parecendo meio-mal-passada. Comi, mas não fiquei entusiasmada. Depois comecei a olhar para outros produtos veganos no supermercado. E lendo os rótulos, como é do meu costume, percebi que alguns dos produtos melhoraram muito em termos de ingredientes. Comprei duas versões do Good Seeds, feitos com sementes de cânhamo. Achei gostoso, mas também nada que me deixasse impressionada. O da marca Hillary’s ainda não comi, mas não estou antecipando ficar apaixonada. De todas essas versões que já provei, o melhor hambúrguer de todos é sem dúvida o feito em casa. Repito muito essa receita com feijão preto [removo o queijo] ou esse de lentilha. No dia que achar algo melhor fazer esses hambúrgueres em casa, venho correndo contar!

Um comentário em “carne feita de planta”

  1. Fer, eu faço de grão de bico com cenoura, e dou a liga com farelo de aveia. Não coloco ovo. Bato tudo no processador, o grão de bico cozido, cebola, alho, cenoura, aveia, tudo meio no olho mesmo. Tempero com cúrcuma, sal, orégano seco, pimenta do reino e o que mais me der na telha. Modelo e congelo entre folhas de plástico filme. Quando quero, deixo uns minutos fora do congelador e frito no azeite. É bom colocar um pouco de farinha de pão também, que dá mais firmeza na hora de fritar. Fica uma delícia e rende bem!

    R: que ideia ótima! obrigada por compartilhar. vou fazer! beijao

Deixe a sua pitada: