frango com sumac
[cebolas & amêndoas]

frongo-sumac.jpg

Mais uma receita de frango, essa também do livro Moro East. Fico sempre animada com qualquer oportunidade de usar o sumac, uma especiaria muito usada na cozinha do oriente médio. Sumac são sementes de uma planta, que depois de secas e moídas concentram um sabor bem cítrico. Só substitui os pinoles que eu não tinha, pelas amêndoas que são sempre abundantes na minha cozinha. Servi esse frango com um arroz basmati integral muito aromático, produto local daqui do norte californiano.

1 frango caipira médio cortado em partes
[*usei somente as sobrecoxas já desossadas]
4 colheres de sopa de azeite de oliva
6 cebolas pequenas cortadas em tiras
2 colheres de sopa de sumac
50gr de pinoles [*usei amêndoas cruas sem pele]
3 colheres de sopa de água

Pré-aqueça o forno a 425ºF/ 220ºC. Coloque 3 colheres de sopa de azeite em uma frigideira larga que possa ir ao forno e aqueça em fogo médio-alto. Tempere os pedaços de frango com sal e pimenta do reino moída na hora. Frite os pedaços de frango no azeite virando no meio tempo para ficar dourado dos dois lados. Remova o frango da frigideira e reserve.

Na mesma frigideira onde fritou o frango coloque as cebolas e polvilhe com metade do sumac, a colher de sopa restante de azeite e um pouco de sal e pimenta do reino. Arrume os pedaços de frango por cima das cebolas, com a pele voltada para cima se tiver, e polvilhe com os pinoles ou amêndoas e o sumac restante. Coloque a panela em fogo médio por 5 minutos e em seguida transfira para ao forno. Asse por 15-20 minutos, até que o frango esteja completamente cozido.

Transfira o frango para uma travessa, adicione a água sobre as cebolas e mexa bem com uma espátula para fazer um molho espesso. Despeje esse molho sobre os pedaços de frango e sirva.

4 comentários sobre “frango com sumac
[cebolas & amêndoas]”

  1. Adorei a receita, vou fazer amanhã, aproveito a oportunidade para te perguntar se eu posso levar esta receita para meu blogue.
    Obrigada
    R: pode sim, deixa o link.

  2. Oi Fer. O frango ficou com uma cara ótima. Desde que comecei a ler seu blog noto sua preocupação em consumir produtos organicos e/ou locais. Esta é uma dificuldade imensa aqui no Brasil, como vc deve bem saber. Moro numa cidade de porte pequeno pra médio no interir de MG, e por incrivel que pareça, nossos produtos vem de hortifrutis de cidades maiores; nada é organico.Até temos uma feirinha semanal de produtores locais, mas não tenho a menor confiança de que eles não usem pesticidas de fundo de quintal, o que é ainda pior. Por aqui a ignorancia ainda é muito grande…
    Abraços.
    Valeria, que tristeza saber disso. você conhece o blog da Neide Rigo–o “Come-se”? talvez lá voce possa dar uma pesquisada, achar solucoes. ela da muitas dicas de coisas do Brasil. um beijo!

  3. Voce tem feito frango com mais frequencia esses tempos, ne’? Aqui temos acesso a frango de boa qualidade e faz uma diferenca incrivel no gosto (e principalmente textura)
    eu tambem curto muito sumac e vou guardar essa receita em mente, estou sempre procurando jeitos de usar.
    talvez eu de uma adaptada para o forno, aproveitando que ainda nao esta’ aquele calorao que vai chegar por aqui
    R: Sally, realmente foi uma coincidencia o frango aparecer duas vezes. culpa do livro Moro East! aqui tambem so entra free-range, outro nao consigo comprar, fazer e comer. acho que daria pra fazer na churrasqueira tambem, eu pensei nessa hipotese. beijo!

Deixe a sua pitada: