salada de abóbora crua
[com cenoura e tâmara]

salada-aboboracrua_3S.jpg

Essa salada foi a primeira receita que marquei na edição de fevereiro da revista Martha Stewart Living. O que capturou a minha atenção foi o inusitado do ingrediente principal—a abóbora crua. Acho que nunca tinha comido abóbora assim e fiquei muito surpresa com o fato de que ela é super comível au natural. O segredo é usar o mandoline para fazer fatias bem fininhas. Tudo nessa salada combina perfeitamente bem. Recomendo que você faça para entender exatamente o que estou dizendo.

2 colheres de sopa de vinagre balsâmico branco [ou de vinho branco]
1 colher de chá de mostarda rústica [com grãos]
2 colheres de chá de echalota picada [*omiti]
Sal marinho e pimenta moída na hora a gosto
3 colheres de sopa de azeite
120 gr de abóbora butternut squash descascada
3 cenouras pequenas descascadas
50 gr de tâmaras cortadas em fatias finas [cerca de 1/2 xícara]
1/4 xícara de sementes de girassol torradas
120 gr de rúcula [*usei uma mistura de folhas verdes]

Numa vasilha pequena combine a mostarda, o vinagre, a echalota, 3/4 colher de chá de sal e 1/2 colher de chá de pimenta do reino moída. Derrame o azeite devagar, mas num fluxo constante, enquanto vai batendo constantemente até formar um molho.

Usando um descascador de legumes ou um mandoline faça fitas com a abóbora e as cenoura. Coloque numa tigela grande e adicione as tâmaras, as sementes de girassol, as folhas de rúcula e tempere com o molho de vinagre. Misture bem, coloque tudo numa travessa e sirva imediatamente.

salada-aboboracrua_2S.jpg

6 comentários sobre “salada de abóbora crua
[com cenoura e tâmara]”

  1. Oi Fer,
    eu comecei a me interessar por alimentos crus,( que a gente só comia cozido
    desde pequena) e foi uma revelação! Os sabores são intensos e com temperos suaves, fica delicioso. Eu já faço uma salada de abóbora crua com a beterraba crua tb cortada no mandoline, com manjericão e fica uma delícia. (vale colocar o que quiser mas a base é essa!). Sou suspeita, amo saladas!
    Aqui em casa fazemos tb a com a abóbora verde(abobrinha, não sei nomes específicos) com hortelã e trigo triturado que tb é deliciosa…
    Continuo encantada com seu blog…
    Bjos, ótima semana p/vc.
    R: Conceição muito obrigada por essas dicas super preciosas! a abóbora ja entrou pra minha lista de legumes pra se comer cru! otima semana pra vc tambem e beijao :-*

  2. Fer eu vih esse post outro dia no phone, mas soh a foto..estou doidinha pra provar essa receita..
    Como a Ana, eu adoro butternut squash crua..Da uma crocancia super legal pra saladas, assim como zucchini. Eh soh cortar Julienne style. 🙂
    Thanks for sharing a receita. vou provar:)
    Bri

  3. Fer, voce sempre da’ um jeito de me mostrar algo inedito, interessante e que eu morro de vontade de tentar RIGHT AWAY… 🙂
    Eu adoro esse tipo de approach, um uso diferente, uma tecnica diferente… certamente vou tentar essa receita

  4. Fer, q delicia!! Eu adoro a butternut squash ate crua, sempre como varios pedacinhos qdo corto p assar, fazer sopa/puree/etc.
    Adorei a ideia e os sabores dessa salada, vou experimentar!!
    Ahhh e preciso te contar q ganhei o Plenty e o Jerusalem de natal um do marido e um do filho!! ameeeeei os livros Fer, sao lindos demais! 🙂
    Beijos
    Ana
    R: Ana, aproveite muito seus livros, que sao maravilhosos! eu agora vou começar a comer abóbora crua, ninguem me segura! 🙂 beijo

Deixe a sua pitada: