salada de espinafre & tâmara

saladaespinafre.jpg
Preparei essa salada duas vezes, porque ela ficou uma delicia. A receita veio do livro Jerusalem do Yotam Ottolenghi e Tamimi Sami, que agora não sai mais da bancada da minha cozinha. O Tim do blog Lottie + Doof também fez essa salada e lá você poderá ver fotos melhores das etapas e resultado final. Essa receita entrou pra categoria das que eu considero O Fino da Bossa.
1 colher de sopa de vinagre de vinho branco
1/2 cebola roxa média cortada em fatias finas
100g de tâmaras Medjool cortadas em quatro
2 colheres de sopa de manteiga sem sal
2 colheres de sopa de azeite de oliva
2 pães pita cortados em pedaços pequenos
1/2 cup de amêndoas sem sal picadas
2 colheres de chá de sumac
1/2 colher de chá de pimenta vermelha em flocos
150 gr de folhas de espinafre
2 colheres de sopa de sumo de limão
sal a gosto
Coloque o vinagre, cebola e as tâmaras em uma tigela pequena. Adicione uma pitada de sal e misture bem com as mãos. Deixe marinar por 20 minutos e escorra todo o vinagre.
Enquanto isso, aqueça a manteiga e metade do azeite de oliva em uma frigideira média em fogo médio. Adicione os pedaços de pão pita e as amêndoas e cozinhe por 5 a 6 minutos, mexendo o tempo todo, até que o pão fique crocante e dourado. Retire do fogo e misture o sal colher de chá de sumac, os flocos de pimenta vermelha. Deixe esfriar e reserve.
Na hora de servir, misture as folhas de espinafre com a mistura de pita em uma travessa grande. Adicione as tâmaras e cebola, o restante do azeite, o suco de limão e outra pitada de sal. Misture bem e sirva imediatamente.

2 comentários sobre “salada de espinafre & tâmara”

  1. Agora imagina provar tds esses sabores in loco, com vistas de tirar o folego e praticamente pisando em história?
    Passear pelo Shuk A Carmel (mercado de rua bastante famoso de Jerusalem) não tem igual. Os pães, queijos, legumes, frutas, são divinos, rústicos e delicados ao mesmo tempo.
    A culinária árabe/israelense/judaica (elas se misturam mto..) são de babar!!!!
    O David Leibowitz esteve em Israel a pouco e fez uma série de matérias. Caso não tenha visto, vale a pena!
    Parabéns pelo trabalho! Sou leitora assídua, mas nunca comentei! Tô sempre aqui salivando e me deleitando com as lindas fotos!!!
    Beijo grande!
    R: Thais, esse é um roteiro que um dia terei que fazer. acompanhei a viagem do Leibowitz pelo blog e twitter e logo em seguida vi o documentario do Ottolenghi e fiquei mais do que encantada. obrigada e comente sempre! um beijo :-*

  2. Estou muito tentada a comprar esse livro…
    essa salada parece incrivel, alem do que me da’ a chance de usar um pouco do meu sumac 😉
    vou ver se faco ainda essa semana
    R: Sally, recomendo, o livro, a salada, tudo dessa dupla. 🙂

Deixe a sua pitada: