sopa fria de beterraba

sopafria-beterraba_1S.jpg
As sensuais sopas frias ingressaram definitivamente no meu menu de comidas de verão, principalmente para levar de almoço no trabalho. Elas são refrescantes, nutritivas e super práticas. Eu coloco em potes de vidro com tampa e muitas vezes nem uso a colher, bebo como se fosse um suco. Tenho feito muitas variações com pepino ou abobrinha [das verdes e amarelas], junto uma folha verde como sorrel e ervas frescas como hortelã, manjericão ou tomilho, junto buttermilk ou kefir, tempero com sal, pimenta do reino moída na hora, azeite e vrrrumm! Deixar gelar antes de servir ou acrescentar uma pedra de gelo junto com os ingredientes antes de bater.
Para a minha alegria e inspiração a revista Martha Stewart Living de julho trouxe algumas receitas de sopa fria e fui correndo fazer a primeira delas, com beterraba crua. Fiquei imensamente surpresa com a deliciosidade dessa sopa, que já preparei duas vezes. É super simples de fazer, só é preciso os poucos ingredientes e um liquidificador. Coloque as baterrabas cruas no copo do liquidificador. Eu não descasquei as minhas, só lavei bem e cortei em pedacinhos. Junte um punhado de cebolinha verde [eu usei a ciboulette], sal, pimenta do reino moída na hora, azeite e buttermilk. Bata bem e coloque numa jarra. Deixe gelar e então sirva com um fio de buttermilk por cima e ciboulettes picadinhas. Eu levei para o meu almoço na universidade usando os meus famosos copos de geléia e coloquei um fio extra de azeite por cima. Deixe na geladeira até a hora de comer/beber. A cor dessa sopa é tão divinamaravilhosa que você vai ter vontade de fazer o que eu fiz e sair com o copo na mão mostrando a lindeza cor púrpura pra todos os seus colegas de trabalho. Confiem em mim, mes amis—essa sopa vale até pagar esse mico, que por ser um mico gourmand ninguém julga, nem critica, nem repara!

2 comentários sobre “sopa fria de beterraba”

  1. esta sopa está um espetáculo! adorei a cor e a foto! vou experimentar assim que me curar da mega gripe que carrego desde sábado 🙁
    btw, sobre as fotos do instagram, também adoro e utilizo para disfarçar meus parcos conhecimentos de fotografia, acentuados pela ausência de uma boa câmera na mão. O que definitivamente não é o seu caso, pois suas fotos sem instagram também são ótimas, como a deste post!
    R: Pietra, espero que voce melhore e possa fazer essa sopa! fotografia é um pouco de treino tambem e aos poucos voce vai pegando jeito, desenvolvendo o seu estiilo. 🙂

  2. Fer, minha querida
    Vou fazer essa sopa hoje, aproveitando que o frio deu trégua em SP. E bem sei o que você diz sobre a equação [ingrediente estranho + cor esquisita/intensa] = estupefação alheia =), faço em casa um suco com salsinha fresca, apenas ela batida com pouca água, gelo e açúcar, que é dos sucos mais deliciosos que já provei. Quando trago para o trabalho é um deus nos acuda, todo mundo fica pasmado/enojado/enjoado com minha preciosidade… Prove, é uma delícia (minha mãe costuma coar, mas eu gosto do resíduo que ele deixa)!
    Bjs.
    Ana
    R: Ana, os estupefados não sabem o que estão perdendo! um beijo 🙂

Deixe a sua pitada: