gratinado de batata doce

gratinado-batatadoce_1S.jpg
Me apaixonei por esse gratinado. Foi assim curto e simples. Embora não dê pra colocá-lo no clube das comidas salgadas nem no das doces, esse prato é um excelente acompanhamento para qualquer tipo de refeição. Eu nunca tinha feito manteiga clarificada e segui mais ou menos as instruções que achei na internetesfera. Apenas cozinhei a manteiga em fogo baixo e fui retirando a espuma que ia formando. Mas acho que dá pra arriscar fazer usando apenas a manteiga derretida.
5 ou 6 batatas doces
230 gr de manteiga
1 xícara de vinho Porto
10 ameixas secas sem caroço
Derreta a manteiga e clarifique. Aqueça o Porto e coloque as ameixas de molho nele, por pelo menos 20 minutos. Escorra e pique as ameixas. Pré-aqueça o forno em 450ºF/ 232ºC. Unte uma forma redonda de 8 cm com um pouco de manteiga. Corte as batatas doces em fatias finas. Use um mandoline, se tiver. Forre a forma com uma camada de fatias de batata, sobrepondo uma sobre a outra. Pincele com a manteiga. Vá colocando as camadas, temperando cada uma com um pouquinho de sal e pimenta do reino moída na hora e pincelando com mais manteiga. Coloque as ameixas mais ou menos sobre duas das camadas centrais. Termina com a última camada de batata pincelada com mais manteiga. Leve ao forno por mais ou menos 1 hora, até as batatas ficarem macias e um pouco crocantes dos lados. Remova do forno, deixe esfriar uns minutos, inverta num prato e sirva.

3 comentários sobre “gratinado de batata doce”

  1. Demais, suas receitas são surpreendentes e diferentes de tudo que já vi. Vejo muita poesia em seus escritos pois nos remete a um “doce lar” de verdade. Suas laranjas, limas e limões que depois de usados oferecem as cascas para atiçar e aromatizar o fogo da lareira … são também pura poesia.
    Obrigada.

  2. Interessante não saber a que categoria pertence, eu diria que se enquadrava mais no doce mas, depois de provar deve ser diferente. O paladar é que conta e eu aposto que deve ser bom 🙂

Deixe a sua pitada: