ruibarbo com zabaione

ruibarbo-zabaione_1S.jpg
Essa sobremesa aparentemente super modesta, acabou dando um certo trabalho. Na edição de abril da revista Martha Stewart Living a receita me saltou aos olhos exatamente pela simplicidade e pelo diferencial nos ingredientes. Ruibarbo, ovos e licor. Fui atrás do detalhe evidenciado como o segredo da receita—o licor de elderflowers. O imbróglio é que parece que só existe uma marca desse licor, o St-Germain. Fui investigar com o moço da seção das bebidas no supermercado, argumentando que eu precisava somente de três colheres de sopa e ele me falou se desculpando que infelizmente não existia nenhum outro licor similar, nem numa embalagem menor, nem num preço mais barato.
A sobremesa seria o encerramento do almoço de Páscoa, então quis adiantar tudo no sábado à tarde, preparando o ruibarbo com antecedência. Descasquei, piquei, fiz a calda e [CHICOTADAS] resolvi que não faria o banho de gelo por pura preguiça. Entrei pelo cano quando vi o ruibarbo se desfazendo dentro da panela [MAIS CHICOTADAS]. Como não sou mulher de desistir tão fácil, voltei no supermercado depois do jantar e comprei mais ruibarbo.
No dia seguinte pela manhã comecei tudo do zero e desta vez OBEDECI às ordens da Martha. E deu tudo certo. O licor é realmente importante. O sabor suave e floral das eldeflowers dá um toque especial ao zabaione e combina incrívelmente bem com os ruibarbos cozidos. O zabaione não pode esperar muito pra ser servido. O ideal seria preparar na hora e servir imediatamente. Os ruibarbos devem ficar inteiros e não muito moles. O resultado agradou à todos. Essa sobremesa fica bem delicada e primaveril.
serve 4 porções
3 xícaras de água
2 xícaras mais 2 colheres de sopa de açúcar
1/2 fava de baunilha
[cortada ao meio, sementes removidas com a ponta da faca]
Um tira de casca de limão [sem a parte branca]
800 gr de ruibarbo, descascado e cortado em pedaços
4 gemas de ovos grandes
3 colheres de sopa de licor de elderflower—St-Germain
[ou outro licor floral se não achar o de elderflower]
Prepare um banho de gelo—uma vasilha encaixada sobre uma outra vasilha maior com metade gelo/metade água.
Numa panela, coloque a água, as 2 xícaras de açúcar, a fava e sementes de baunilha e a casca de limão. Leve ao fogo e cozinhe em fogo médio por 10 minutos. Adicione o ruibarbo e cozinhe por 3 minutos. Transfira o ruibarbo para a vasilha em cima da água com gelo. Deixe esfriar completamente.
Num double boiler—uma panela com água quente [em fogo baixo sem deixar ferver] com uma vasilha em cima, coloque as gemas, as 2 colheres de sopa de açúcar e o licor. Vai batendo com a batedeira manual em velocidade baixa até formar um creme denso, mais ou menos uns 6 ou 8 minutos. O creme vai triplicar em volume. Sirva o zabaione mais rápido possível, sobre os ruibarbos.
»com a primeira leva de ruibarbo cozido que se defez, apurei no dia seguinte e transformei o fracasso numa geléia.

7 comentários sobre “ruibarbo com zabaione”

  1. Fernanda,
    Uma dica é fazer um coquetel misturando o licor St.Germain com sparkling wine. Uma delícia!
    R: que dica ótima! obrigada, Magda—um beijo!

  2. Fer,
    Adoro o seu blog, tô sempre de olho, mas nunca dei “pitada” nenhuma… só que ultimamente tenho estado curiosa em saber: como vc arranja tempo pra fazer tudo isso? Amo cozinhar, cuidar da casa, mas parece que nunca tenho tempo pra nada, e quando surge um tempinho, tô tão cansada que só penso em dormir… qual o seu segredo?
    Beijos e parabéns!!!
    R: oi Adriana, que bom que decidiu comentar! na verdade, eu tenho pouquissimo tempo livre, faço quase tudo durante o final de semana. acordo cedo. mas tambem durmo cedo. a noite estou sempre cansadíssima. tambem queria ter mais tempo pra fazer mil outras coisas. beijos e obrigada!

  3. Não sei o que seria elderfllower, pesquisei e vi que é sabugueiro em Português. Mas desconheço o licor, ruibardo também nunca provei mas tenho muita curiosidade 🙂

  4. Fer,
    Podes fazer também uma gelatina fantástica quando os ruibarbos se desfazem.
    Adoro elderflower, aqui bebemos muito como refresco, e usamos em receitas de sobremesas. Tal como a água de rosas dá mesmo uma outra leveza e aroma a qq sobremesa não é? Fiquei até com água na boca a ver a tua receita.
    um abraço e bom fim-de-semana
    R: Ana, por aqui as bebidas com elderflower estao começando a chegar, mas na Ikea dá pra comprar o xarope. é muito gostoso mesmo. beijo e bom finde pra voce tambem!

Deixe a sua pitada: