torta de marmelo
[com maple & amêndoa]

marmelo-biscuit_1S.jpg
Comprei os marmelos da cunhada da Deborah Madison e ela, que já me conhece de outros carnavais, perguntou—o que você vai fazer com eles? Respondi que não sabia, mas na verdade eu já tinha essa receita de quince biscuit pie guardada e esperando a sua vez de aparecer e brilhar sob os holofotes.
Marmelos são simplesmente deliciosos. Troco dez goiabas por um marmelo. O único problema é que eles não são comestíveis crus e dão um trabalho razoável pra se descascar e remover o centro fibroso com as sementes. Mas felizmente eu tenho um ajudante com muito muque, daqueles acostumado a apertar e desapertar parafusão de maquinaria agrícola. Ponho uma faquinha afiada nas mãos dele e esmiuço as instruções verbalmente—remove todo o centro, corta em quatro, ou melhor, corta em oito. E voalá, em tempo recorde tenho meus marmelos prontos para irem pra panela.
Essa receita precisa ser um pouco planejada, porque além dos descascamentos, os marmelos precisam virar um doce antes de virar torta. Eu fiz em duas etapas, primeiro o doce e no dia seguinte a torta. Quanto mais cozinhar o marmelo, mais cor de rosa escuro ele vai ficar. A cor dessa fruta cozida é simplesmente linda!
para o recheio
5 xícaras de água
1 xícara de maple syrup puro
3/4 xícara de açúcar
5 marmelos descascados, sem sementes e cortados em 4
1 fava de baunilha cortada ao meio e as sementes raspadas com uma faca
2 colheres de chá de maizena
para a massa
1 e 3/4 xícara de farinha de trigo
1/3 xícara de cornmeal
1/3 xícara de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
Pitada de sal
12 colheres [170 gr] de manteiga sem sal gelada cortada em cubos
1 xícara de creme de leite fresco
3 colheres de sopa de amêndoas em fatias
para o creme de maple [*eu não fiz]
1 xícara de creme de leite fresco gelado
1/4 xícara de maple syrup puro
Numa panela grande, coloque a água, maple syrup, açúcar, marmelos e a fava e as sementes da baunilha e leve ao fogo médio. Deixe ferver, abaixe o fogo, cubra com a tampa, deixando um espacinho aberto e deixe cozinhar por pelo menos 2 horas. Remova as favas de baunilha [e guarde, deixando secar e use para aromatizar açúcar].
Pré-aqueça o forno em 375° F/ 190ºC. Numa vasilha peneire a farinha, cornmeal, fermento e o sal. Passe essa mistura pela peneira mais uma vez. Junte os cubinhos gelados de manteiga e misture apertando com os dedos, até formar uma farofa grossa. Faça um buraco no centro e jogue o creme de leite. Misture bem.
Remova o marmelo cozido da panela usando uma escumadeira. Se sobrar liquido do cozimento, guarde para beber com iogurte. Misture a maizena nos marmelos cozidos e coloque tudo num refratário de 22 cm de diâmetro. Coloque colheradas da massa por cima, deixando um espaço no centro. Salpique com as fatias de amêndoa e leve ao forno por 50 minutos. Espere esfriar totalmente e sirva.
Para fazer o creme de maple, bata o creme de leite até formar picos médios. Junte o maple syrup, misture e sirva.

7 thoughts on “torta de marmelo
[com maple & amêndoa]”

  1. Oi,
    este fim de semana inventei pizza de marmelo…ahahah…( chamei assim para a filhota querer pelo menos provar).
    Espalhei uma massa folhada, coloquei marmelo em meias luas ( tipo tarte de maça), polvilhei com açucar, canela e pincelei com geléia de marmelo que fiz há uns tempos… levei no forno..e ficou delicioso…o povo lá de casa adorou…vale mesmo a pena repetir a invenção…
    Quanto a comer o marmelo cru? depende os que usei no fim de semana eram bem gostosos…mas tem outros que báaaaaa….è que gosto tanto do cheiro deste fruto que nunca resisto a provar…

  2. Nega, minha vó era fã da marmelada em lata, mas eu nunca vi um marmelo ‘in natura’… da outra vez, posta a foto pra gente ver?… Marmelada tem um gostinho tão bom! Toda vez que caio em tentação e compro a bendita da lata, lembro direto da minha querida vó – que Deus a tenha!… Imagino que deva ser uma gostosura poder pegar um marmelo na mão e fazer o doce… delícia! BeijÃO, Lu

  3. oi, fernanda,
    moro aqui do outro lado do mundo, em istambul. e aqui nao há de ver que o povo come o marmelo cru mesmo? fazem também um purê para acompanhar carnes, que fica muito bom. eu tb amo os doces feitos com esta fruta, atee por quê me lembram muito minha infância. e esta torta está mesmo com uma cara maravilhosa!
    bjs daqui do outro lado
    R: sheila agora você atiçou minha curiosidade–vou ter que morder um marmelo cru! um beijo!

  4. Nunca descasquei, nunca cozinhei um marmelo, nem sequer para fazer marmelada! Mas acho que vou esperar primeiro por um ajudante benemérito he he A tarte ficou linda, a cor por dentro deve ser maravilhosa!

Deixe a sua pitada: