onde colocar [tanta] coisa?

ponhaqui_1M.jpg ponhaqui_1M.jpg

U—foi na loja dos gatinhos hoje?
F—fui.
U—ah, comprou mais pratos! que bom, a gente TAVA MESMO precisando de mais pratos!
F—ha.. ha.. ha..

As minhas garimpagens semanais já estão começando a ficar um bocado problemáticas. Apesar de que não é só na loja dos gatinhos que eu faço a minha peregrinação. Onde quer que eu vá, estou sempre com o radar ligado para coisas interessantes, peças novas, antigas, vintage, modernas, dando preferência para as baratinhas, que vou poder usar como props de fotos no blog sem me sentir esfolada e esfaqueada financeiramente. Afinal de contas este blog é apenas hobby, eu não faço nem um tostão furado com ele, na verdade só gasto. Mas o blog é realmente apenas uma desculpa. O negócio é que garimpar por coisas de cozinha é um vício tão grande que acaba virando outro hobby, porque é muito divertido, além de prático.

O único problema é que essas garimpagens resultam numa quantidade inacreditável de cacarecos. Vejamos, eu não comecei essa prática por causa do blog. Já venho fazendo essas visitas à thrift stores, lojas de antiguidades e pontas de estoque há muitos anos. Só intensifiquei com o blog e acabei expandindo os horizontes, acrescentando lojas mais refinadas, mais especificas. E o que está acontecendo agora é que não tenho mais NENHUM MILÍMETRO de espaço em lugar nenhum da casa—nem na cozinha, que tem coisas até no teto dos armários, nem nas salas, lavanderia e garagem. E a maioria dessas coisaradas estão muito mal ajambradas em pilhas e mais pilhas, uma atrás da outra, em linhas horizontais e verticais, num caos tão absurdo, que toda vez que tiro ou coloco algo, seguro a respiração esperando um súbito desabamento.

Sem falar que não acho mais nada e não lembro que tenho outro mundo de coisas, porque não consigo mais enxergar o que está guardado na escuridão da infindável caverna. O Uriel vive sugerindo que eu doe parte dos meus pertences culinários, mas isso não vai acontecer. Amo todas as bandejas, jarras, cubucas, xícaras, copos, pratinhos e pratões. Mas antes que alguma desgraça aconteça e prateleiras despenquem, estou pensando em reorganizar tudo aquilo. E montar umas prateleiras maiores na garagem. Fazer uma espécie de central de utilitários, numa versão micro nano e modesta da fantástica área de props para fotos da musa e maga Martha S.

8 comentários sobre “onde colocar [tanta] coisa?”

  1. ahaha
    tralha ou como os americanos dizem : clutter …
    mas os utensílios de cozinha não pertencem a essa categoria ! 🙂
    esta é sempre uma boa desculpa para trazer mais uns pratos vintage para casa …

  2. Meu marido observou que da última vez que nos mudamos, 1/3 de tudo o que estava encaixotado eram utensílios de cozinha. Eu tenho me segurado, mas tem um brechó que estou super de olho aqui pertinho de casa! ai ai… adoro suas coisinhas de cozinha, ai nos EUA é tudo tão mais barato, mesmo coisas novas. Já aqui no BR, as vezes ate um prato duralex no brechó é o olho da cara!

  3. Oi, Fer!
    Conheci seu blog há algumas semanas e sou fãzona. Amo culinária (e artigos de cozinha) mas, vamos reconhecer: e impossível dizer que precisamos de tudo o que temos e guardamos. Por algumas coisas temos carinho. Outras, guardamos por guardar. Você tem certeza que não há nenhuma instituição americana – ou mesmo uma família – precisando desesperadamente de alguma coisa que você só guarda por guardar?
    Se eu estiver falando bobagem, me perdoe, porque você é supercosciente. Mas o Batal taí. Quem sabe, uns cinco ou seis ítens que você nem lembrava mais que tinha, comporão a mesa da ceia de alguém…
    De novo, sou uma recém chegada. Se meu comentário estiver equivocado (afinal, estou me baseando na realidade brasileira), ignore, tá?
    Beijos mil
    R: oi Tatiana, bem-vinda e obrigada! claro que tem pra quem dar, eu mesma às vezes faço doações de volta pra lojinha dos gatinhos, onde compro as coisaradas. mas da maioria eu nao quero me desfazer. gosto de cada uma das coisinhas que tenho. beijo!

  4. Eu queria muito ter mais pratos e panelinhas minusculas pra fazer pudin chomeaur, mas nao tenho espaço e nao sou super organizada…
    Onde geralmente vc compra as suas louças??? Alguma dica sobre que marcas comprar?
    um abraçao
    k
    R: compro em todo canto–Marshalls, La Sur Table, Crate & Barrel, Pier 1, Word Market, Anthropologie, e ate no meu Co-op que tambem tem coisas bacanas. tô sempre de olho, onde quer que eu vá. abs!

  5. Fezoca, é por um bem maior que compras tudo isso. Afinal estás a ajudar os animaizinhos e a dar às tuas leitoras imagens lindas de todas as tuas loiças 🙂 Podes sempre fazer um backyard sale he he

  6. Fer, tive que rir, pois eh assim mesmo:) As coisas empilham, nao se acha mais nada e, no meu caso, as vezes tenho que remover uns tres ou quatro layers de utensilios ateh chegar naquele necessario/desejado. Fora nao lembrar onde foi que guardei, ja que no lugar certo nao cabia mais. Juro, me da ateh calor as vezes..hehe
    Bjs!!

  7. Wow, que legal o prop room da Martha!
    Eu nao tenho muitas loucas, nao temos muitos copos ou talheres, e na verdade tenho somente um jogo de pratos brancos q eu gosto demais. So que eu adoro bowls (pequenas p/ comer aveia, sopa sabe?!) e canecas. As canecas sao minhas perdicoes e eu tenho muitas delas, e estao ficando igual vc falou, uma empilhada em cima da outra, fazendo malabarismos dentro dos armarios (q na minha cozinha sao poucas). Mas eu adoro, e quando vejo uma mais legal ja me da coceira e vontade de comprar. Fora q quando viajamos p/ algum lugar eu sempre trago uma caneca, hehe! Sorte q a gente nao viaja muito, mas mesmo assim, as canecas estao tomando conta dos armarios da cozinha.
    E eu nao tomo jeito mesmo, pois essa semana comprei mais uma 🙂
    Ana

  8. J’adore!!!
    Essa parte do “ah, comprou mais pratos! que bom, a gente TAVA MESMO precisando de mais pratos!” lembrou minha mãe, falando das minhas canecas 😀
    Adoro fazer essas garimpagens também! E agora que estou de mudança, percebi o quanto de cacarecos (ok, cacarecos especiais) que eu tenho 😀
    beijukkkkka

Deixe a sua pitada: