Hoes Down Fall Festival

hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival
hoes down fall festival hoes down fall festival
hoes down fall festival

Me diverti à beça no passeio que fizemos com nossos amigos da Unicamp na Full Belly Farm no dia do Hoes Down Harvest Festival, o festival do outono e da colheita. A Full Belly é uma fazenda orgânica localizada no Capay Valley e organiza essa festa, bastante famosa, há quase trinta anos. Além de poder conhecer a fazenda, ver o que eles produzem e como eles produzem, pode-se aprender muito com vários workshops e entender um pouco como funciona essa tal de agricultura sustentável. Mas a melhor parte dessa festa é mesmo a diversão—música, dança, comida e bebida. Nos vários palcos montados pela fazenda, tocava música ao vivo ininterruptamente e toda a comida servida era feita com ingredientes orgânicos. Desde o cachorro quente e os hamburgueres, feitos com carne grass-fed de animais criados de maneira humanitária, até os tomates e as salsinhas das saladas, vindos das fazendas da região. Tudo uma delícia, até a cerveja orgânica da cervejaria Thirsty Bear de San Francisco e os vinhos orgânicos de vinícolas locais.
Toda energia usada na festa era solar, o lixo era todo reciclado e o orgânico compostado, um mercado vendia frutas, legumes e verduras, tinha muita atividade para entreter a criançada, muita coisa legal pra ver e fazer. Nas fotos, um pouquinho de cada coisa: as crianças ajudando a moer a maçã para fazer apple cider, a apresentação dos alunos da escola Waldorf de Davis, o galpão cujo teto estava forrado de flores secas, os produtos feitos com a lavanda orgânica desta fazenda que visitamos na primavera, centenas de abóboras para quem quisesse fazer sua própria jack-o-lantern, artesanatos com flores, lã, panos e tintas para colocar as mãos na massa, e muita coisa boa para comer e beber, incluindo os mais deliciosos e mais criativos picolés do mundo vendidos pelas meninas do Fat Face de Davis.
O festival durou dois dias e teve música e dança até tardão da noite. Quem quisesse podia acampar na fazenda. Nós fomos somente no sábado e não ficamos até o final, porque já tínhamos outro compromisso. Foi a primeira vez que participei, mas com certeza não será a última. No próximo ano estarei lá novamente—nem dúvide, pois já marquei na agenda!

16 comentários sobre “Hoes Down Fall Festival”

  1. Querida Fer, gostaria muito que existisse essas atrações por aqui. Para variar suas fotos sempre belíssimas nos fazendo praticamente participar do evento.
    Bjos da Dani

  2. Oi Fer, adoro quando vc vem contar pra gente sobre seus passeios.
    Q vontade que deu de estar lá!!!!! Lindas fotos! Linda festa! Amei!
    Beijocas.

  3. Ferzíssima!
    Que delícia de festa! Fechos os olhos e viajo na sua narrativa, em meio à vibração de cores, aromas que dançam ao redor, texturas sonoras, energia, tantas idéias…
    Cousa linda por demais esse passar de estações, tão bem registrado por você…
    Obrigada sempre pela generosidade ímpar em compartilhar =D
    Welcome Fall, welcome…

Deixe a sua pitada: