pesto de tomate & amêndoa

pesto-de-tomateAdoro quando resolvo o que vou fazer para o jantar já no meio da tarde e fico com aquela sensação de certeza e de firmeza de que vou chegar em casa e, pá pum, em menos de meia hora o jantar já vai estar na mesa. Quando isso acontece, quase sempre fruto de um mero acaso, eu ganho o dia. Porque chegar em casa depois de um dia de trabalho e ficar naquele abre e fecha neurótico de porta de geladeira e de despensa, é para abalar até os que têm nervos de aço.

Foi a maior felicidade encontrar essa receita de pesto Trapanese ou pesto de amêndoa e tomate. Eu tinha todos os ingredientes, e todos fresquinhos. Fiz o pesto num minuto. E só mudei um pequeno detalhe—a Deb usa linguine e eu usei espaguete integral.

3/4 xícara de amêndoas em fatias
1 punhadão de folhas de manjericão fresco
1 ou 2 dentes de alho grande
Sal marinho
6 tomates bem maduros [orgânicos] cortados em quatro
1/2 xícara de queijo Pecorino ou Parmesão ralado [*usei Pecorino]
1/3 xícara de azeite
500 gr de linguine [*usei espaguete integral]

Numa frigideira, refogue as amêndoas num pingo de azeite até elas ficarem tostadas. Deixe esfriar. Moa no processador, remova e reserve.

Coloque o manjericão, o alho e o sal [umas pitadas, a gosto] no processador e moa bem. Adicione as amêndoas pré-moídas, adicione os tomates, o queijo ralado e o azeite. Pulse até obter um creme. Tempere com pimenta do reino moída na hora.

[Arrume a mesa]

pesto-de-tomate_2S.jpg

Cozinhe o macarrão em bastante água salgada até ficar al dente. Escorra. Misture o macarrão com o molho pesto. Adicione um pouquinho da água do cozimento do macarrão se precisar [*pra mim não precisou]. Sirva morno ou na temperatura ambiente, com mais queijo salpicado por cima, acompanhado de uma taça de vinho branco gelado. Serve 4 pessoas ou 2 com sobras para o dia seguinte.

pesto-de-tomate_3S.jpg

pesto-de-tomate_4S.jpg

12 comentários sobre “pesto de tomate & amêndoa”

  1. Fer,
    Aqui na Sicilia essa receita é conhecida como Pesto alla Trapanese (serà o mesmo?), por ser originàrio de Trapani, uma linda cidade litoranea.
    Jà fiz também sem tostar as amendoas e fica muito bom.
    Fiquei feliz em ver uma receita da minha nova terrinha por aqui, nesse blog maravilhoso.
    Beijo grande.
    Ciao,ciao.
    R: é exatamente a mesma receita, Lulu! beijo
    LuLu.

  2. Querida Fer!
    Fiz esta receita hj para o almoço em um dia MEGA quente de primavera no interior de SP. Substitui a amêndoa por Castanha do Brasil. Ficou algo DIVINO, Perfumado delicioso.
    Sobrou uma boa quantidade, sabe se dá para guardar como o pesto tradicional?
    Bjos e amo seu blog, vista diária!
    Dani
    R: adorei saber, Dani! acho que pode guardar normalmente, na geladeira. beijo

  3. Tambem me sinto hiper aliviada quando sei o que vai rolar na hora do jantar…
    Gostei dessa receita, por algum motivo me escapou, eu visito sempre a Smitten Kitchen
    Lindas as fotos, Fer…

  4. Há dias estou presa nesse blog. Não saio por nada. Tive surtos de sorvete e picolé. Agora estou lendo tudo sobre os gatos. Aqui, tenho o Caramelo, que observa todos os meus passos na cozinha como um aprendiz.
    Esse é o melhor blog em português do reino virtual!
    Pela linguagem, temas e fotos.
    Você tem Facebook?
    Sei que tem Twitter, mas eu cansei de lá.
    Um grande abraço,
    Socorro Acioli
    R: Socorro, muito obrigada! você me deixou feliz! já te chamei pro meu FBK. beijo

  5. olá
    num ápice, diariamente, atravesso o atlântico e venho aqui….
    acho este blog delicioso – adoro cozinhar
    hoje o pormenor do “abre-e-fecha-neurótico-da- geladeira”, deixou-me a rir….. como eu a compreendo….
    🙂
    Bjs do norte de Portugal e obrigada pela partilha das experiências
    a.
    R: bem-vinda, Ana! e obrigada pelas visitas de além mar! beijo

Deixe a sua pitada: