o avental do John Wayne

John Wayne de avental John Wayne de avental
John Wayne de avental John Wayne de avental
John Wayne de avental John Wayne de avental
John Wayne de avental John Wayne de avental
John Wayne de avental John Wayne de avental

O filme é fraquinho, fraquinho e tem até umas passagens um tanto cansativas. Também é cheio de clichês e de situações excessivas às quais não se pode dar crédito. Mas A Lady Takes a Chance [de 1943] é protagonizado por uma das minhas atrizes favoritas de todos os tempos—a talentosa e divertida Jean Arthur. Então aguentei assistir do começo ao fim, com John Wayne e tudo. Ele é um cowboy que se recusa a casar e ter uma vida confinada. Ela é uma garota da cidade grande, assediada por três pretendentes e que resolve tirar umas férias e viajar de ônibus pelo país. Tralalá-tralalá trelelé-trelelé, num belo dia o Jonh Wayne cai em cima dela num rodeio, ela se apaixona pelo brutamontes, perde o ônibus e hospedada num motelzinho prepara um jantar para ele, com flores na mesa, sobremesa, eteceterá. Ele detesta tudo que ela serviu, mas no final acaba na cozinha e numa situação constrangedora. Enquanto ela fala com ele, com aquela voz de marreca que era um dos maiores charmes dessa atriz, vai colocando um aventalzinho nele, para ele poder ajudá-la com a lavação da louça. Ele vai deixando ou nem percebe, até se ver na frente de um espelho. Não recomendaria esse filme pela qualidade da história, nem pelas atuações. A não ser que você seja fã da Jean Arthur, como eu sou. Ou do John Wayne, como eu nunca fui.

5 comentários sobre “o avental do John Wayne”

  1. LINDOS. Mas acho que femininos demais (even for me)
    rs
    Adorei a loja toda! FOFA… e tem varios utensilhos maravilhosos, sua cara, inclusive.
    R: isso é verdade! pra homens é melhor comprar um liso ou entao nessas lojas que customizam camisetas, voce pode customizar avental com dizerem divertidos! bj!

  2. Eu sou muito burro ou não tem nenhum avental nesse site que você passou? rs
    Não achei, não…
    =(
    R: poxa, eu clico e vejo um monte de aventais. :-/ tenta ESTE LINK ou vai em AT HOME, IN THE KITCHEN. beijo

  3. Nossa, vc acabou com o filme! hahaha
    Engraçado você ter colocado essa cena do avental, pois justamente hoje estava pesquisando aventais na net.
    Queria achar um bem… bem… como posso dizer? Bem gay!
    Retrô, talvez… sei lá.
    Me ajuda?
    Bjos!
    R: hahaha! o filme é bem fraquinho. voce já viu os aventais da Anthropologie? no Etsy também deve ter bastante, faz um search lá. beijo!

  4. Fernanda, eu adoro a Jean Arthur,com aquela vozinha de taquara rachada. Vc assistiu com ela o filme The More Merrier? Um filme delicioso,dirigido pelo grande George Stevens, bem engraçado, principalmente por causa do Charles Coburn, que faz uma personagem impagável. Esse filme foi refilmado depois com Cary Grant (o último que ele fez) e Samantha Eggar, só que passava em Tóquio durante as Olimpíadas. Tem suas qualidades, mas a primeira versão é muito melhor que teve no Brasil, inexplicavelmente, o nome de Original Pecado. Se não viu, veja. É excelente!
    Esse que vc comentou, assisti há muitos anos e nunca mais.
    R: Siomara, The More The Merrier é um dos meus filmes favoritos com a Jean Arthur e tambem com um ator que eu adoro, o Joel McCrea. já escrevi sobre ele aqui no meu blog de cinema. revi muitas vezes o remake com o Cary Grant nas sessões da tarde da vida, mas prefiro mil vezes essa primeira versão. 🙂

Deixe a sua pitada: