pasta com pesto & abobrinha

pesto-abobrinha_1S.jpg
Na cartinha da fazenda orgânica daquela semana veio uma receita de pesto zucchini, que eu li por cima e não entendi bem o que realmente era. Anunciei aos quatro ventos que iria fazer o pesto de abobrinha—já pensaram que bacana, pesto de abobrinha! Mas quando li a receita com atenção, caí na real. Era pesto com abobrinha, não pesto de abobrinha. Tudo bem, fazia mais sentido. A abobrinha não iria segurar o pesto e para adicioná-la teria que remover o manjericão? Não, isso não pode!
Apesar da decepção com a pseudo-novidade, fiquei com a idéia na cabeça. Pesto de abobrinha. Resolvi preparar um pesto, que fiz sem medidas, usando bastante folhas de manjericão fresco, queijo parmesão ralado na hora, um dente de alho, um punhadão de sementes de girassol torradas, um pouquinho de sal e muito azeite.
Cozinhei um macarrão integral al dente em bastante água com sal. Cortei abobrinhas e temperei com sal e azeite e grelhei na churrasqueira—pode fazer no forno ou grelha no fogão.
Temperei o macarrão com o pesto. Use um pouco da água do cozimento para dissolver o pesto, se achar necessário. Misturei as abobrinhas grelhadas e servi com bastante queijo parmesão ralado na hora.

4 comentários sobre “pasta com pesto & abobrinha”

  1. Fernanda
    Adorei o Blog e a receita, anotei principalmente duas coisas, o endereço do Blog que coloquei nos meus favoritos e a receita que pretendo preparar e servir acompanhada de um bom vinho tinto aqui da Serra Gaúcha, ainda mais agora por conta do frio que tem feito ultimamente…
    A harmonização dos ingredientes da pasta está perfeita e a do Blog também, principalmente por conta dos ingredientes emocionais que estão presentes em todo Blog, fazem parte de sua identidade única e fazem toda diferença na hora de ler, cozinhar e de servir, é claro.
    Beijos e parabéns;
    Fabi Artmann´
    R: muito obrigada, Fabi! um beijo pra voce, :-*

  2. Fer,
    Que dica preciosa vc deu!! Pesto com semente de girassol, que eu adoro! Uso sempre na massa de pão, inteirinhas mesmo, não ficam duras depois de assar o pão e dão um crocante delicioso … E o pinholi italiano é muito caro aqui! Já fiz pesto com nozes e até com o nosso pinhão de araucária, mas a sua receita vou reproduzir com certeza!
    bjs,
    marlene
    R: Marlene, dá pra fazer pesto com qualquer semente, de abobora, girassol, nozes, castanhas, etecetera! beijao!

  3. essas duas ultimas receitas (polenta e a pasta) me parecem deliciosas, faz anos que nao como polenta, vou tentar. Eu nao tenho grelha, nem sei direito o que é essa grelha de fogao, entao grelho numa frigideira tfal, mas sempre tenho q colocar um tiquinho de azeite de oliva. beijo grande.
    R: na frigideira também funciona, Ana. ou no broiler do forno, se voce tiver no seu. bjo!

Deixe a sua pitada: