Quivira [zinfandel]

quivira-zin_1S.jpg
Pra mim escolher vinho nesta terra ultra produtiva é praticamente uma sessão de tortura. Fico desesperada, atrapalhada, cheia de dúvidas. Vou separando as variedades de uvas que gosto e em primeiro lugar está a zinfandel. Já é o primeiro passo. Mas tenho tentado experimentar outras uvas, alargar os horizontes. Também escolho pelo preço—nem muito barato, nem muito caro. Um vinho de $20 vai te garantir uma boa experiência, talvez até uma mais do que boa. Também me seduzo pelo rótulo, pelo design e criatividade. Meu entendimento de vinhos para ai, com o detalhe que minha opinião geralmente oscila entre GOSTEI e NÃO GOSTEI. Mais que isso é pedir muito, para alguém que não entende nada do assunto. Gosto de beber um bom vinho e aprecio muito as novidades. Quando a loja oferece ajuda, dando dicas sobre o que você está comprando, me sinto muito mais segura para escolher. No dia que comprei esse vinho, fiquei muito tempo lendo a ficha de cada um. Esse, produzido pela vinícola Quivira localizada na belissima região de Healdsburg no condado de Sonoma, me conquistou pelo uso das técnicas biodinâmicas nos vinhedos. E o vinho delicioso passou pelo meu rigoroso critério de avaliação e ganhou o selo de aprovação com a nota GOSTEI. Acho que para este vinho eu deveria acrescentar uma subcategoria, para uma nota GOSTEI MUITO. Bebi sozinha, um pouquinho por dia, até a última gota.

3 comentários sobre “Quivira [zinfandel]”

  1. Fer,
    Também sou do time GOSTEI e NAO GOSTEI … hehehe!
    É dificil decidir ne?
    Fico passeando entre as prateleiras e geralmente um rótulo com design bacana acaba me ganhando…
    Beijo

  2. Fer, esse final de semana meu marido abriu um vinho chamado Layer Cake, eh um primitivo – o Italiano equivalente ao zinfandel – eu lembrei de voce enquanto nos tomavamos. O vinho era muito gostoso! Eu nao sou de vinho tinto, gosto mais de vinho branco docinho tipo Riesling, mas esse Primitivo era muito bom, um dos tintos mais gostosos q meu marido comprou ultimamente!
    Gostei da sua dica, vou passar p/ o marido!
    Por aqui a maioria dos vinhos locais sao feitos com muscadine grapes.
    Beijos!
    Ana

Deixe a sua pitada: