chocolate quente parisiense

chocolatequente1S.jpg
Este chocolate quente é para ser bebido com alegria e prazer e sem nenhuma crise de consciência. David Lebovitz conta no seu livro The Sweet Life in Paris, que essa é a bebida que os turistas buscam quando visitam a cidade e nem sempre encontram a autêntica. Segundo ele, muitos lugares apenas misturam um pozinho no leite quente. Mas ele recomenda um bom lugar para se beber o melhor chocolate quente parisiense, denso e aromático—La Pâtisserie Viennoise. Ou então fazer em casa, usando essa receita super fácil.
faz duas porções americanas ou quatro parisienses
2 xícaras – 500 ml de leite integral
140 gr de chocolate meio amargo da melhor qualidade que puder encontrar e comprar—eu usei o semi-sweet da Scharffen Berger.
1 pitada de sal
Coloque o leite, o chocolate em pedaços e a pitada de sal numa panela e leve ao fogo, mexendo com um batedor de arame, até o leite ferver. Nisso, abaixe o fogo no mínimo e cozinhe, mexendo sempre, por três minutos. Sirva imediatamente. Pode decorar com chantily ou colocar açúcar, mas eu achei desnecessário. Esse chocolate pode ser preparado com até cinco dias de antecedência, guardado na geladeira e reaquecido na hora de servir.

10 comentários sobre “chocolate quente parisiense”

  1. ahhhh, eu tenho essa colher, minha favorita! gostei da xicara, parece de hotel… e bom saber que dura cinco dias, informacao nova pra mim.
    R: acho que a colher é da Ikea. a xícara é thrifty. 😉

  2. Obrigada pela receita!
    Fiz com o chocolate ao leite (era o que tinha em casa!) e ficou uma delícia, pra quem gosta de coisas mais doces!
    Foi perfeito para completar o dia cinzento de ontem aqui em Portugal!
    Beijinhos
    Nina

  3. Fer, eu simplesmente amo chocolate quente, mas esse aí como você fez, nada de leite com duas colheres de chocolate em pó ou achocolatado…! Deve ficar uma delícia e mais ainda pela adição do sal!
    Preciso comprar os livros do Lebovitz!!!
    Beijos!

  4. se alguém tiver a oportunidade, o chocolate quente do “Le Deux Magots” (Paris) também é inesquecível, assim como a cidade…
    Lala

  5. Confesso que não sou grande fã de chocolate quente, só bebo quando me dá uma vontade incontrolável e isso deve acontecer uma vez no ano 🙂 Mas também devo dizer que nunca provei chocolate quente parisiense… até tenho medo, não vá ficar viciada no dito 🙂

Deixe a sua pitada: