arroz vermelho com frango amarelo

comida-da-neide_2S.jpg

Aproveitei que a Neide está em Portugal, se deliciando com azeites, azeitonas e tudo mais que aquele lindo país tem a oferecer, para tomar posse de uma das suas receitas. Coincidentemente tinha comprado dois pacotes de arroz no inicio do mês—um de arroz proibido, que a Neide disse ser o arroz negro produzido no Brasil e outro de arroz vermelho butanês, que parece muito similar ao arroz vermelho do Pantanal, que a Neide usou nessa comidinha brejeira. Tinha preparado o arroz proibido, que servi com salmão selvagem, comemos e adoramos, eu fotografei tudo, só pra depois deletar as fotos da câmera num daqueles acidentes sem explicação plausível. Mas o arroz vermelho do Butão eu ainda não tinha preparado. A receita da Neide chegou no melhor momento. Aproveitei também para fazer o franguinho com açafrão da terra. Foi até engraçado, pois o Uriel se serviu, olhou pra comida, olhou pra mim e perguntou quase incrédulo—é frango? Porque realmente não temos consumido muita carne por aqui. Mas esse prato, preparado com peito de frango caipIRRa, ficou realmente delicioso. Um treat, que acompanhou muito bem o saboroso e substancioso arroz vermelho.

serve 3 pessoas
Arroz vermelho do Butão
1 xícara de arroz vermelho
2 colheres de chá de óleo de semente de uva
2 dentes de alho finamente picados
2 xícaras de água quente
1/2 colher (chá) de sal
Lave bem o arroz e reserve. Aqueça o óleo numa panela e doure aí o alho. Coloque o arroz e refogue, mexendo, até aquecer. Junte a água quente, o sal. Deixe ferver, abaixe o fogo e tampe a panela. Deixe cozinhar até secar toda a água e o arroz ficar macio.
Peito de frango com cúrcuma
250 g de cubos de peito de frango
1/2 colher (chá) de sal
Pimenta-do-reino a gosto
1 colher (sopa) de suco de limão
1 colher (chá) de cúrcuma em pó—açafrão-da-terra/tumeric
2 colheres (chá) de maisena
1 colher (sopa) de óleo de pequi [*usei o de nozes]
1 colher (sopa) de azeite
1 cebola fatiada
2 pimentas vermelhas sem sementes, em tiras (opcional)
2 colheres (sopa) de salsinha picada [*usei coentro]

Numa tigela, tempere os cubos de frango com sal, pimenta-do-reino e suco de limão. Misture bem. Junte a cúrcuma misturada com a maisena e misture com as mãos para que todos os pedaços fiquem impregnados. Em volta de cada pedaço deve formar uma camada úmida. Numa frigideira antiaderente aqueça o óleo de pequi com o azeite em fogo alto e junte o frango. Mexa até os pedaços ficarem dourados. Coloque na frigideira a cebola, as pimentas, se for usar, e refogue até que fiquem macios. Junte cerca de meia xícara de água quente, chacoalhe bem e assim que ferver, desligue o fogo. Prove o sal e corrija, se necessário. Junte a salsinha e sirva com o arroz vermelho.

10 comentários sobre “arroz vermelho com frango amarelo”

  1. Acabei de fazer esse frango, mas troquei a maisena por farinha de trigo e a cúrcuma por páprica picante. Muito gostoso mesmo!
    E parabéns pelos 4 anos de blog!!! Que você continue inspirada para me dar idéias de receitase livros!

  2. Olha q coincidencia, nos compramos um pacote de arroz negro outro dia mas ainda nao o fiz.
    Adorei a foto do post de hoje, esta tao linda, o frango amarelo com o arroz vermelho formou um prato muito apetitoso, confesso q fiquei com vontade aqui!
    Beijos Fer!
    Ana

  3. Fer,este arroz vermelho fica delicioso cozido e,no final,colocas um pouco de leite e mistura,deixa cozinhar mais um pouco até ficar cremoso,acerta o sal e rala queijo fresco a gosto por cima.Bom demais, aliás,acho que a Neide deu a dica de algo parecido,este arroz,se não me engano, fiz numa das vezes que vieram em casa.Beijo!!

  4. Ai, que pena o lance do arroz proibido nao vai virar post num futuro proximo… 🙁
    Eu fiz so’ uma vez e virou um grude pavoroso, certamente pisei na bola em algum ponto do preparo.
    nunca mais tentei de novo, mas seu post me deu vontade de arriscar
    bjs
    R: Sally, eu vou refazer o arroz proibido, pois ainda tenho metade do pacote. quanto ao preparo, para os dois arrozes eu simplesmente segui as instrucoes que vieram escritas no pacote. deu certinho. um beijo!

Deixe a sua pitada: