refrigerante de vinho

O Uriel de vez em quando pede vinho sem álcool em restaurantes, porque ele parou de beber wine-sodajá faz alguns anos. Eu acho os tais vinhos de-alcoolizados gostosinhos, mas esse refrigerante de vinho da Vignette é muito melhor. Eles são feitos com as uvas Chardonnay e Pinot Noir. Eu provei os dois e gostei um pouco mais do de uva vermelha. Mas os dois refrigerantes são muito bons, com uma lista de ingredientes mínima, sem conservantes e porcarias mil. Uma opcão para quem gosta de bebidas borbulhantes, mas não quer consumir os refrigerantes comuns.

9 comentários sobre “refrigerante de vinho”

  1. Fernanda, cá por estas bandas se faz muito “Schorle”, ou seja, diluir alguma bebida (suco de frutas, vinho ou até cerveja) em água com gás. O mais comum é o Apfelschorle, suco de maca diluído. No verao, quem dirige mas quer tomar sua cerveja, opta por Radler (que é cerveja misturada com soda limonada) e em Frankfurt, que é produtora de vinho de maca (que é azeeeeeeeeeedo), consome-se muito o vinho de maca misturado com água com gás ou soda, pra ficar mais suave.
    De vez em quando eu compro suco de uvas verdes, mas é doce demais pra tomar puro. Misturo com água e voilá, fica uma delícia, possivelmente bem parecido com esses refris que vc mostrou.

  2. Ola, Fernanda!
    So pra te situar um pouco, sou belorizontina, mas moro em Paris. Achava que adorava cozinhar ate que passei a ter que faze-lo todos os dias. Ai, virou um inferno. Pra completar tenho um marido frances que, como todo frances, gosta e esta acostumado a comer muito bem.
    Na verdade nem é o fato de cozinhar que me desanima, mas decidir o que fazer, todo dia. Acho chato, chatissimo.
    Dai, que achar seu blog foi uma verdadeira maravilha. Além de me divertir com a sua maneira de escrever, encontro aqui algumas sugestoes e inumeras dicas importantes.
    Seu blog esta me reaproximando do prazer de cozinhar. Minha primeira receita foi o espaguetti à carbonara com abobrinhas, e foi um sucesso. Meu marido e o seu irmao, que apareceu por aqui ao acaso, adoraram, especialmente o toque do limao.
    Virei muitas vezes e na certa te pedirei alguns esclarecimentos para eventuais adaptaçoes aos produtos locais.
    Parabens pelo blog
    A bientot.

  3. Fer,sabes que o pai do Rui fazia algo parecido há muitos anos atrás,com as uvas colhidas na fazenda deles, ele colocava (não deve ser exatamente assim) as garrafas em banho-maria e deixava fermentar um período,ficava bem gasoso,e era puro suco caseiro,uma delícia total!!!depois que ele ficou doente nunca mais alguém se animou,beijo!!

  4. Esse eu nunca tinha visto, mas fico com o vinho mesmo pois nao sou fa de bebida com gas nao.
    Acho q meu marido ia gostar, ele adora vinho e ate gosta de um refri.
    Ana

  5. que bacana. esses refrigerantes são pouco populares aqui, nao sei porque… Recentemente bebi um refrigerante chamado ginger beer, fabricado na australia, que nao tem nada de cerveja…uma delicia!
    R: Raul, meu marido que adora essas bebidas. as de ginger ele prova todas. tem muito refrigerante quase artesanal, sao muito bons. abracos!

  6. Oba, vou experimentar. Será que encontro no Trader Joe’s? beijo pra vc
    R: Maryanne, eu comprei no Nugget–mas ai deve ter em qualquer super–naquele em frente ao Chez Pannise com certeza! 🙂 beijo, Fer

Deixe a sua pitada: