carbonara com abobrinha

carbonara-abobrinha_1S.jpg

Ovos crus no molho—essa era a razão pela qual eu nunca tinha cogitado preparar um macarrão carbonara. Receitas pipocavam aqui e ali, mas nunca tive vontade de fazer ou provar essa mistura que me provocava mais desconfiança do que apetite. É que tenho algumas divergências com os ovos. Vocês já sabem, não suporto a idéia de misturar ovos com carne, tenho nojo do cheiro e detesto a gema. Basicamente, considero esse ingrediente um tanto repugnante. Mas essa receita, que estava na segunda edição da revista do Jamie Oliver, me interessou muito por causa da adição da abobrinha. E além do mais—concluí—os ovos cozinham rapidamente quando adicionados ao macarrão quente, não é? Então decidi me aventurar. O meu primeiro carbonara ficou bem gostoso. Comemos, mas não adoramos. Achei que fica um prato bem pesado. Agora já testei, okay. E a receita já ficou registrada, okay. Mas não acho que vou refazê-la tão cedo.

Serve duas pessoas
2 ovos grandes
300 ml de creme fraiche [*usei sour cream]
25 gr de queijo parmesão ralado bem fininho
2 colheres de chá de azeite
60 gr de pancetta cortada em cubos [*usei bacon]
1/4 de cebola roxa em fatias
1/2 abobrinha amarela cortada julienne ou ralada
1/2 abobrinha verde cortada julienne ou ralada [*usei só a amarela]
Casquinha ralada de 1 limão
Ervas frescas picadas para servir

Cozinhe o macarrão em bastante água salgada fervendo. Numa vasilha bata os ovos como o creme fraiche [ou sour cream], adicione o parmesão e uma pitada de pimenta do reino moída na hora. Aqueça o azeite numa panela robusta e frite a pancetta [ou bacon] até ficar bem crocante. Adicione as fatias de cebola e frite por mais dois minutos. Adicione as abobrinhas à mistura de pancetta e cebola, frite até murchar. Quando o macarrão estiver cozido al dente, escorra. Junte o macarrão à mistura de abobrinha e desligue o fogo. Junte a mistura de creme fraiche e ovos, misture bem para incorporar. Sirva imediatamente, acompanhado de mais parmesão ralado fininho, as raspinhas de limão e as ervas picadinhas. *Misturei parte das raspas de limão no creme com ovos.

10 thoughts on “carbonara com abobrinha”

  1. Ola, Fer!
    Sempre q posso dou uma olhada no seu blog, q eh uma delicia de ler e ver! As receitas sao sempre interessantes, as fotos lindas e os textos fluem super bem.
    Nesta visita resolvi botar a timidez de lado e deixar um recadinho, pois achei uma mega coincidencia termos feito a mesma receita!
    http://temperinhos.blogspot.com/2009/06/penne-de-abobrinha-carbonara.html
    Eu gostei, mas a minha nao ficou tao certinha nao… Tentaria de novo, mas nao sou muito fa de massa a carbonara, mas sou muito fa de abobrinhas, portanto acho q na proxima tentaiva vou cortar o creme e ovo.
    Beijos

  2. Oi Fer!
    Estava com saudades… pelo visto curtiu uns dias na companhia da tua amiga numa cidade que parece ser bem interessante.
    Sobre o carbonara do Jamie: vi na televisão e achei meio estranho. Vi e provei de uma amiga italiana e gostei muito. Tentamos em casa e não deu muito certo. Qual será o segredo?
    Fica a nossa dúvida…
    beijo
    Ps. a minha Gris caiu da janela do meu apê, 2 m e meio. Não quebrou nada, mas deu edema pulmonar, tadinha, passou uma semana meio ofegante. Que pena e culpa que me deu…mas estes gatos são curiosos e metidos demais, só estou descobrindo agora q tenho um exemplar em casa.

  3. eu faço um carbonara “falso”, pq tbém tenho nojo de ovo cru – embora tenho passado a infância toda comendo gemadas. depois de misturas as gemas e o creme de leite, deixo no fogo até cozinhar. é o único macarrão que meu filho come 🙂

  4. minha mae me fazia comer gemada, como a Ameixinha – so’ que as vezes ela batia com chocolate junto com acucar, e minha avo’, portuguesa que era, o fazia com vinho do Porto. Flash back gastronomico!
    Concordo com voce, carbonara e’ pesado pacas. Acho que eu omitiria os ovos, o creme e o bacon… 🙂

  5. Olá, sempre faço carbonara, mas tenho medo dos ovos crus então depois do molho pronto quando adiciono os ovos deixo no fogo mais um tiquinho…
    Adorei a ideia da abobrinha já que é um legume que gosto muito…da próxima vez vou colocar também…
    Bjinhus e boa semana!!!

  6. Fer, eu tambem fiz esta receita, se bem que no livro do Jamie Oliver ela esta um pouco diferente. Publiquei no blog Ragazze nella Cucina Italiana, se voce quiser ver. Eu gostei!! Um beijo

  7. Fer, que revista é esta do Jami Oliver? Só existe aí eu acho né?
    Beijos
    R: Fer, vai no link que eu coloquei pra revista, que la tem muitas receitas. Dah pra vc ter uma ideia. bjo, Fer

  8. Durante muitos anos comi-a uma gemada batida com um pouco de açúcar todos os dias. Não falhava um dia 🙂 Até te daria uma coisinha má, né? he he
    A verdade é que enjoei e já não tenho muita ligação com ovos a não ser nos bolos 🙂

Deixe a sua pitada: