biscuits de manjericão roxo e queijo parmesão

biscuit-basil_1S.jpg
Os biscuits são pãezinhos muito fáceis e rápidos de fazer, bom pra um lanche de domingo à noite. Esses, publicados na edição de julho de 2009 da revista Cooking Light, me chamaram a atenção por causa do manjericão roxo. Por coincidência naquela semana eu tinha um mação dessa variedade super aromática. Como eu não tenho muita experiência fazendo esse tipo de receita, pequei somente por abrir a massa muito fina. A receita pede para deixar a massa com uma altura de três centímetros e eu deixei com muito menos, então os meus biscuits ficaram mais fininhos, mas com certeza não menos gostosos. Se você não tiver acesso ao manjericão roxo, faça com o verde mesmo.
faz 12 biscuits
2 xícara de farinha de trigo
2 colheres de sopa de açúcar
4 colheres de chá de fermento em pó
1 colher de chá de sal
1/4 xícara de manteiga gelada cortada em cubinhos
2/3 de xícara de manjericão roxo picadinho
1/2 xícara de queijo parmigiano-reggiano ralado fininho
2/3 xícara de leite
1 ovo grande
Pré-aqueça o forno em 425ºF/ 220ºC. Meça a farinha, nivelando com uma faca. Misture a farinha com o açúcar, fermento e sal numa vasilha média, misturando bem com um batedor de arame. Adicione a manteiga e vá misturando com um cortador de massa ou com duas facas [*que foi o que eu fiz] até ficar uma farofa grossa. Junte o manjericão e o queijo ralado. Numa vasilha pequena misture o ovo e o leite, batendo bem com o batedor de arame. Adicione a mistura de leite e ovo à de farinha e misture até ficar úmida. Jogue a massa numa superfície enfarinhada e abra com o rolo numa expessura de 3 cm. Corte com cortador de biscoitos de 5 cm de diâmetro ou com a boca de uma xícara ou tijelinha bem pequena. Coloque os biscuits numa forma untada com óleo ou azeite ou forrada com papel alumínio [*ou forrada e untada, que foi o que eu fiz]. Asse por 15 minutos. Remova do forno e deixe esfriar.

15 comentários sobre “biscuits de manjericão roxo e queijo parmesão”

  1. Ficou com a textura que eu gosto: crocante por fora e sequinho por dentro, sem ser duro. Delicioso! Super recomendado. Acabei de fazer com ervas finas e queijo fresco. Obrigada pela receita.

  2. Oi Fer
    Fiz agora os biscuits. Ficaram deliciosos, iguais aos da foto. Fiz eles fininhos como os teus. Ótima receita!
    Beijos
    R: adorei saber, Rebeca! 🙂 beijo.

  3. Li a receita a tarde e visualizei todos os ingredientes na minha geladeira, passei na casa da minha vó depois do trabalho e colhi um ramalhete pomposo de manjericão verde e felpudo.
    Troquei o queijo sem dó na consciência, usei queijo ralado de saquinho mesmo, sem remorsos.
    Aumentei a quantidade de manteiga, quase meia xícara, aproveitando que a manteiga era caseira que a minha tia de Goiás fez.
    Não entendi aquela história de usar duas facas (???), usei a mão para incorporar a manteiga e a farinha.
    Usei uma xicrinha (gosto mais que xicarazinha) de café que moldaram biscuits quase redondos, morenos, e deliciosos!
    Não vejo a hora de repetir a receita com salsinha e alecrim e quem sabe até com alho.
    Beijocas Fezoca!
    R: Marilia, acho o maximo qdo as receitas sao transformadas e adaptadas! way to go! um beijo, Fer

  4. Fer, essa receita tá com cara de que vai ser como a da tortilla de abobrinha de outro dia, que fiz umas três vezes seguidas…
    A luz dessa foto também está super apetitosa, um desbunde!

  5. Fernanda,
    O seu blog foi mencionado hoje numa matéria no Correio Braziliense sobre blogs gastronomicos, vc. viu?
    Parabéns! te acompanho quase todos os dias e babo nas suas comidas.
    Abs
    Sílvia
    R: Silvia, vi, obrigada! e beijo.

  6. Fer, sobre a CL, a parte do comeco com ginastica/beauty stuff eu tbem pulava, nao eh o q eu buscava na revista. O q eu gostava eram as materias q ligavam receitas/food com pessoas, tinham sempre uns artigos bacanas de ler. E as receitas tbem, eu sempre gostei das tasty and healthy recipes q a revista oferecia.
    Fiquei um tanto disapointed com o novo layout e achei q eles perderam um pouco o foco de receitas leves, fora q vi muito mais receitas usando produtos industrializados, o q eu nao curto muito nao.
    Espero q melhore e vc aproveite mais seu subscription. As vezes o q nao da certo com um funciona melhor com o outro ne!
    Ana
    R: Ana, como leitora nova, nao pesquei tanto as mudancas, mas vou ficar de olhao. como a revista nao me entusiasmou tanto–vejo isso pelo numero de post-it que colo marcando as receitas–espero que isso melhore ate o final da minha assinatura. 😉 bjo!

  7. acabei de fazer esse biscuit e é perfeito – fácil e rápido. ficou igualzinho o da foto…obrigada por disponibilizar a receita! *fiz com o verde mesmo…
    R: que legal, obrigada por me contar! 😉

  8. Este ano semeei o manjericão mas não deu nada… nem roxo nem verde. Vou ter que comprar. O pior é que agora ele morre com o frio! Esses biscuits são bem a cara da nova estação, apesar do muito calor que faz 😉
    R: que pena. Ameixinha, mas tem anos que sao assim mesmo…


  9. Ahei esta receita deliciosa, vou tentar fazer ainda hoje…
    Que tal uma opção de impressão nas receitas da tua página???? 🙂
    Paty (Brasil)
    R: Pat, saudades! 🙂 eu estou para colocar o print aqui, mas nao tenho tido tempo pra ver nada disso. mas um dia coloco! um beijo

  10. Olha e eu tinha marcado essa receita p/ fazer mas nao cheguei nela ainda…
    Cooking Light “era” minha revista preferida, eu assino desde 2001, mas voce viu o q fizeram com ela Fer? Deu vontade de chorar quando eu abri a edicao de setembro… eles acabaram com a revista. Ela tinha um que de classe sabe, nao era uma gourmet mas tinha artigos legais e receitas bacanas, agora vc abre a revista e feels like o magazine ta gritando com voce, parece a revista da Rachel Ray… eu fiquei triste com a minha CL.
    Pelo menos as receitas antigas sao boas!
    Beijao!
    Ana
    R: Ana, eu assinei essa revista ha uns poucos meses, entao a mudanca nao me chocou muito. mas vou te falar que nao estou achando ela grandes coisas–tem bastante dicas, mas aquela parte de ginastica e exercicio simplesmente nao fala pra mim. mas tenho muitos meses pela frente, qdo vou pensar se renovarei a assinatura ou nao. um beijo!

  11. Oi Fer, eu já tinha até esquecido…e como brasiliense “recente” devo te parabenizar pela matéria no correio!!O proximo passo tem que ser um livro do chucrute hein!bjao Fe. 😉
    R: obrigada, Fê! :-*

Deixe a sua pitada: