olha, chegou a cesta!

chegou-a-cesta_4S.jpg
Toda semana é essa mesma cena, que tem se reproduzido por anos e anos. Quando chega a cesta—que na verdade não chega sozinha, pois eu tenho que ir buscar—os gatos fazem a inspeção geral, cheirando cada micro centímetro e o Roux, quem mais, mordisca o que estiver mais apetitoso. No verão ele ataca a palha do milho. Depois do cheira aqui, cheira acolá, morde aqui, morde acolá, eles seguem com o que estavam fazendo, o que geralmente envolve dormir, comer, usar o banheiro e para o Roux, quem mais, perseguir o Misty ou pinotear pela casa atrás de um rato de pano.
chegou-a-cesta_3S.jpg
Muito antes de iniciar o Chucrute com Salsicha eu já era adepta dos orgânicos e falava deles no meu outro jurássico blog. E muitos anos antes de aportar aqui na Califórnia, eu já tinha minhas idéias naturebas, que aqui pude por quase cem por cento em prática. Nasci com essa tendência, então nada mais natural do que divulgar o que eu acredito e pratico. Vivo citando essa minha cesta orgânica, pois é ela que me traz a materia prima para os meus almoços e jantares. O centro é a cesta e o resto é acréscimo, que eu faço questão de que seja também orgânico. E não só orgânico, mas sazonal, local e sustentável. E o que não for local que seja pelo menos fair trade. E o que for do reino animal que seja produzido sem antibióticos e principalmente que não envolva nenhum tipo de confinamento torturante e crueldade. Esse é o meu moto, meu mantra.
Nesta cesta chegaram muitos tomates de três variedades, abobrinhas de duas variedades, pimentões verdes de duas variedades, pimenta jalapeño, pepinos, espigas de milho, um maço gigante de manjericão, batatas, rainbow chard, cebola amarela e roxa, alho, um repolho roxo, tomatillos, dois melões e um pacote de damascos. Tava pesada pacas, viu?
chegou-a-cesta_1S.jpg
A minha cesta é uma CSA da fazenda dos estudantes da Universidade da Califórnia, campus Davis. Se você, como muitos outros visitantes do Chucrute com Salsicha, estiver pensando em adotar os alimentos orgânicos, sazonais, locais e sustentáveis e quiser saber se tem algo do gênero na sua cidade ou região, dá uma olhada nesta página de links que eu organizei um tempo atrás. Pode ser que você encontre o que está procurando. E se souber de algo legal que não esteja lá, me avisa que eu adiciono.

14 comentários sobre “olha, chegou a cesta!”

  1. Oi moça! Quando tiver notícias de cestas orgânicas em Brasília, divulge pleeease! Pq aqui a coisa tá braba… e cara! Só sei da malunga.com.br , mas é sempre bom ter outra opção! Bjo.

  2. Ai, Fer, essa sua cesta maravilhosa faz a minha cestinha de orgânicos brazuca parecer tão xoxinha… 🙁
    Gatinhos são mesmo curiosos, né? Os meus sempre querem saber de onde veio e por onde passou cada coisa!
    Bjs
    R: Angela, é que no verao a cesta fica realmente abundante. beijao! Fer

  3. Não resisto. Como sou previsível…..
    Mas quando tem fotos desses peludos, PRECISO comentar.
    São lindos, as fotos são belíssimas e a idéia é maravilhosa.

  4. Fer, achei uma tabela dos produtos sazonais no Brasil..Coloquei no meu site.
    Vou te enviar por e-mail ok?
    Quem sabe voce queira colocar no teu site tb.
    Beijocas
    Kaká
    R: quero sim, Kaká, pode mandar! beijo, Fer

  5. Respondi seu comentario lah no blog, viu? Bjos…
    Mariana, obrigada pela dica de Barcelona. Morei aih 1 ano e teria adorado saber dessa opcao! Mas comprava muitas coisas de fazendeiros locais no mercado de Gracia… Jah marquei na minha lista de links para quando eu voltar a Barcelona.

  6. Fer, amei esse post, seus gatinhos a cesta e lindos produtos fresquinhos!
    Eu sou de Niterói e morava lá, mas ha um ano e meio estou na Paraíba em João Pessoa e não achei nada por aqui. Verdura bonita é um parto para achar e o pior e que eu não vivo sem elas.
    Bjks

  7. Fer,
    não sei de que gosto mais, se das coisas gostosas da sua cesta ou se da cesta em si, que é super charmosa. 🙂 Legal é ver os ingredientes que vc anda usando por aí e já ficar na ansiedade, esperando o verão chegar. Por aqui, mandioquinha, abóbora, funcho, mexericas… 😀
    Beijos!

  8. poxa, queria que aqui houvesse um serviço assim. também concordo com a idéia de consumir o que a estação oferece, e que seja orgânico.
    adorei os gatos dando uma conferida no conteúdo da cesta!
    beijos
    R: Cintia, dah uma olhada na minha lista de links, talvez voce ache algo por ai. nao sei onde voce esta. logo terei info sobre organicos em Brasilia. beijo, Fer

  9. Eu acho fantástica a ideia. É uma pena que os produtos biológicos continuem a ser extraordinariamente caros. Mesmo que queiramos comer mais saudável, a falta de dinheiro é um impeditivo que não dá para contornar. Tenho agricultores aqui na minha aldeia e acabamos por comprar alguns produtos sazonais a eles mas todos acabam por usar produtos para controlar as pragas. É uma tristeza porque já comi produtos biológicos e não têm comparação nenhuma no sabor. São deliciosos 🙂
    R: eu nao conheco a realidade agricola portuguesa, mas sei de uma coisa: o consumidor que tem poder de compra eh quem decide o perfil do mercado. aqui ha uma demanda enorme por produtos organicos e sustentaveis. muita gente escolhe pagar $7 por uma duzia de ovos caipiras, embora no supermercado voce possa pagar $1,99 por duas duzias de ovos comuns [de galinhas torturadas, com bicos cortados, enclausuradas em cubos iluminados com luz artificial, comendo uma dieta cheia de coisas artificiais]. aos poucos o mercado vai se modificando, os precos caindo um pouco, porque nos temos o poder de fazer nossas escolhas, do que vamos comprar e consumir.

  10. Oi Fê!
    Linda a cesta!
    “E não só orgânico, mas sazonal, local e sustentável. E o que não for local que seja pelo menos fair trade. E o que for do reino animal que seja produzido sem antibióticos e principalmente que não envolva nenhum tipo de confinamento torturante e crueldade.”
    Esse é meu objetivo também. Tenho valorizando muito os produtos locais. Não assino uma CSA mas todos os sábados compro verduras, frutas e legumes numa lojinha no Kensington Market que só vende produtos orgânicos e tem contatos com vários fazendeiros locais. Quarta-feira que vem vou começar a ir num farmers’ market que tem não muito longe aqui de casa. Tenho sorte com os produtos animais pois moro praticamente ao lado de um açougue que só trabalha com carnes de fazendas locais, animais criados da melhor maneira. Só compro carne lá mas não tenho comido muita carne. Nas últimas semanas se como uma vez por semana é muito…
    Comcei recentemente um blog sobre comidas, dá uma passadinha lá…
    Beijos,
    Alexandra

  11. Olá!
    Passei para dizer, mais uma vez, que adoro o seu blog, as suas escolhas (de receitas, de ingredientes…), a forma como escreve e as fotografias que faz, com muito estilo.
    Cada fotografia que vejo de uma receita dá-me vontade de a experimentar e acho que só por isso o seu blog vale a pena!
    Bom fim de semana
    Bjs

  12. Querida Fernanda, um pouco inspirada por vc comecei a pedir minha cesta biológica. Moro em Barcelona e estive buscando por um tempo até das com a Associação Pachamama. Tenho gostado bastante, e além dos legumes e verduram entregam um pão delicioso. Ai vai o link: http://www.pachamama.cat. Um abraço, Mariana.
    ah, e fiz várias receitas suas. Já é um must lá em casa a sopa fria de grão de bico e pepino!

Deixe a sua pitada: